Empresa japonesa de reciclagem anuncia investimentos no Paraná | Fábio Campana

Empresa japonesa de reciclagem anuncia investimentos no Paraná


Foto: Sec.Planejamento

Da Aen

O secretário do Planejamento e Coordenação Geral, Cassio Taniguchi, esteve reunido no Palácio das Araucárias, sede do governo do Paraná, com executivos japoneses da Hamaya, empresa que pretende abrir uma filial no Estado.

A empresa atua no ramo de reciclagem de materiais ferrosos, não-ferrosos e equipamentos eletrônicos de informática. No Paraná, os executivos japoneses estão fazendo uma prospecção para escolher a melhor região para se instalarem.

Segundo o secretário Cassio Taniguchi, o Paraná já tem uma logística e infraestrutura avançada, além de incentivos fiscais para empresas investidoras.

“Após oito anos fora do circuito de novos investimentos empresariais, o governo do estado está retomando os laços com as empresas que pretendem investir no Paraná. Estamos dando prioridade ao aumento da geração de emprego e renda que faz parte do Plano de Governo do governador Beto Richa”, destaca o secretário.

O diretor da empresa, Roberto Itai, disse que a parceria vai sair logo. “Num primeiro momento, nossa intenção era nos instalarmos no estado somente em 2014. Contudo, estamos realmente impressionados com as novas propostas do governo para desenvolver a região,” avaliou.

O encontro contou com a presença do presidente da Comec, Rui Hara, e de representantes da Câmara do Comércio e Indústria Brasil Japão-Paraná, incluindo o presidente Yoshiaki Oshiro, o vice-presidente Gilberto Hara e o diretor Fujio Takamura no trabalho de assessoramento.


3 comentários

  1. sábado, 5 de março de 2011 – 17:27 hs

    Deve ser na região do ICI, sob a gerência do Gustavo.

  2. Vigilante do Portão
    domingo, 6 de março de 2011 – 11:40 hs

    Não daria para RECICLAR político?

    Poderiam começar pelo compatriota.

    KKKKK

  3. Anônimo
    domingo, 6 de março de 2011 – 18:57 hs

    Que não seja na região Metropolitana…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*