Ameaças | Fábio Campana

Ameaças

Da CBN Curitiba
O desembargador afastado Edgard Lippmann Junior revelou que sofreu ameaças de morte em 2008, mesma época em que proibiu o ex-governador Roberto Requião de fazer uso indevido da TV Educativa. A acusação era a de que Requião utilizava o canal para se promover e atacar adversários políticos.


19 comentários

  1. esperança
    sexta-feira, 11 de março de 2011 – 11:14 hs

    Poxa este Desembargador foi muito corajoso de enfrentar o Requião. Infelizmente, sofreu e está sofrendo represálias até hoje. Pelo menos alguém tem coragem!!! Parabéns a ele……

  2. GIOVANNA
    sexta-feira, 11 de março de 2011 – 11:15 hs

    Só para avisar, estamos em 2011 tá?

  3. Ricardo Silva
    sexta-feira, 11 de março de 2011 – 11:53 hs

    Sofreu ameaças de ser afastado do cargo por favorecimentos e ligações indevidas, não é? Afinal, foi afastado pelo CNJ em processo disciplinar.

    Para quem não sabe, o “desembargador foi desembargado”, ou seja, afastado até a conclusão das investigações. O afastamento só aconteceu porque os indícios eram fortíssimos contra o insigne guarapuavano.

  4. fátima gomes
    sexta-feira, 11 de março de 2011 – 12:00 hs

    Se ele é tão correto assim, pq está afastado pela justiça? aliás, pq não denunciou em 2008?

  5. oswaldo
    sexta-feira, 11 de março de 2011 – 12:21 hs

    ué por k não denunciou!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  6. Geraldo
    sexta-feira, 11 de março de 2011 – 12:29 hs

    Deve ter sido algum capanguinha do Delazari, ou o próprio que fez as ameaças.

  7. ANALISTA
    sexta-feira, 11 de março de 2011 – 12:34 hs

    Sem dúvida alguma que tais ameaças partiram do ex, porque a condenação no Tribunal é que vai levar à cassação do mandato do despota, como ficha suja. Alias a mesma condenação no TRF da 4a região onde este juiz foi relator, foi confirmada – depois da eleição – POR UNANIMIDADE PELO STJ. REIquião ficha suja mesmo.

  8. Sergio Silvestre
    sexta-feira, 11 de março de 2011 – 12:38 hs

    Acreditar na peça ai hen,tinha que ir a fundo e colocar os caras
    na cadeia,ele como procurador seria bem fácil.Mas uma coisa é uma coisa outra coisa é outra coisa,com essa indole tinha que ser funcionário da camara e não procurador

  9. luis tormenta
    sexta-feira, 11 de março de 2011 – 12:43 hs

    Este juiz aí que não deveria ser nem juiz de futebol, tem é que se preocupar em se defender na justiça junto aos seus pares, contra a acusação de vender sentenças e não tentar mudar o foco. Se recebeu ameaças porque não falou na época.

  10. elvis gimenes
    sexta-feira, 11 de março de 2011 – 12:55 hs

    O melhor que este senhor poderia fazer é permanecer em silencio, nada justifica alguns votos seus, especialmente nos processos dos pedágios paranaense.

  11. JANGO
    sexta-feira, 11 de março de 2011 – 13:12 hs

    Tá querendo vender muiito caro o passe dele. Não tá com essa bola toda.

  12. rock
    sexta-feira, 11 de março de 2011 – 13:23 hs

    Tudo que Requião falou dele é verdade, agora ele quer pousar de vitima, sendo que ele proprio esta colhendo tudo que plantou la atras, merece o desprezo da sociedade por não ter dado o merecido valor ao cargo que exerceu. Já nos meros mortais temos que nos curvar quando estamos diante dum traste desses, não pela sua pessoa mas sim pelo cargo que exerce na justiça o qual temos que respeitar.

  13. néia
    sexta-feira, 11 de março de 2011 – 14:12 hs

    É hora de mudar..

  14. Patobranquense irritado
    sexta-feira, 11 de março de 2011 – 15:16 hs

    Será que o que lhe ameaçou foi o mesmo que “atentou” contra o Valdirzão hoje pela manhã?

  15. GELADEIRA
    sexta-feira, 11 de março de 2011 – 15:27 hs

    Esse ai, não tem moral nenhuma. O melhor é que fosse logo aposentado.

  16. marcão
    sexta-feira, 11 de março de 2011 – 16:01 hs

    E o pedágio…continua ameaçando a sociedade!

  17. SYLVIO SEBASTIANI
    sexta-feira, 11 de março de 2011 – 16:49 hs

    Vejam e conheçam mais o ex-Governador Roberto Requião, eu posso dizer que o conheço bem. Em 1990, na primeira eleição de Requião para Governador, o Desembargador Edgard Lippmann, ajudou este ingrato ex-Governador.Bem, meu grande e bom amigo Desembargador Lippmann, deixa pra-lá, ele gosta de ser ingrato com os amigos, mas o povo paranaense o está conhecendo.

  18. VERDADE
    sexta-feira, 11 de março de 2011 – 19:39 hs

    Também conhecemos bem este Lippmann e podemos garantir que ali tem de tudo, menos moral…Porque não fez a denúncia em 2008? Estranho não “meretríssimo”!!! Agora???Tá bom.

  19. ofaxineiro
    sábado, 12 de março de 2011 – 10:36 hs

    Lipmann é gente boa…….merece nosso respeito…….

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*