Acidente com trator mata vice-prefeito de Teixeira Soares | Fábio Campana

Acidente com trator mata vice-prefeito de Teixeira Soares


Miguel Belinoski (PPS), vice-prefeito de Teixeira Soares, foi encontrado morto em sua fazenda na madrugada desta terça-feira. Ao que tudo indica, o trator que ele operava em sua propriedade caiu sobre ele.

A Polícia Militar da cidade nos Campos Gerais informou que foi acionada por um funcionário da fazenda. O colaborador avistou o vice-prefeito caído a uma distância de 10 metros da máquina – já na madrugada.

Quando a PM chegou ao local, por volta da 0h45, foi constatado que Belinoski estava morto. Peritos da Polícia Civil foram acionados e fizeram análises na área. Familiares e funcionários da fazenda começam a ser ouvidos hoje.


3 comentários

  1. Adir de Souza
    quarta-feira, 16 de março de 2011 – 8:43 hs

    Lamentável o ocorrido está acontecendo tanto acidente do trabalho em nosso país, que até um vice prefeito morre no Trabalho.

    o crescimento econômico e do emprego com carteira assinada também tem feito ocorrer um numero enorme de acidentes do trabalho as estatísticas em nosso país que não são confiáveis, mesmo assim o numero é alarmante, em média 3.000 mortes ao ano, 15 MIL inválidos, e os acidentes Fatais no Trabalho desde 1970 chega a mais de 130 Mortes no Trabalho, nenhuma guerra Mata mais que o Trabalho, além do salário que é um mixaria.

    Em tempo Dia 28 de Abril é dia Mundial em memória da Vitimas de
    de Acidentes do Trabalho.

  2. Paulo
    quarta-feira, 16 de março de 2011 – 10:33 hs

    Por se tratar de político, podemos imaginar outros motivos para sua morte além de um acidente, que também pode ter acontecido.

  3. Carla Romanelli -
    quarta-feira, 16 de março de 2011 – 11:32 hs

    Este Paulo é Burro, este á papel da Policia, que so pode falar algo apos as análises dos dados do ocorrido.

    Mas assim como noticia que apararece na mídia, porque que ningem fala que foi acidente do Trabalho, que ná área rural no Paraná ocorrem centenas todos os Anos

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*