Tribunal de Justiça do PR suspende o PSS | Fábio Campana

Tribunal de Justiça do PR suspende o PSS

Do Blog da Joice Hasselmann

O Processo de Seleção Simplificado dos professores contratados pelo governo do estado foi suspenso ontem à noite. A informação foi confirmada em nota oficial divulgada pela secretaria de educação. Na quarta-feira, a APP Sindicato, que representa os professores da rede estadual de ensino, obteve uma liminar favorável à revisão do concurso. A decisão foi tribunal de justiça do Paraná.

Os sindicalistas entraram com um mandado de segurança para questionar o resultado. Segundo eles, o sistema de inscrição não considerou informações importantes dos candidatos como tempo de serviço e especializações, por isso alguns professores foram prejudicados. A secretaria de educação informou na nota que vai entrar na segunda-feira com um pedido de reconsideração às liminares emitidas pelo Tribunal de Justiça do Paraná. O processo de seleção simplificado teve mais de 440 mil inscrições. O PSS visa contratar nove mil e quinhentos professores temporários para o ano letivo que começa no dia 8 de fevereiro.


38 comentários

  1. jones
    sábado, 5 de fevereiro de 2011 – 13:06 hs

    muito bem é isso mesmo devido a bagunça realizada agora suspende que vergonha pra Educação que deveria ser um dos Departamentos mais organizado. Resolva esse Abacaxi Sr Flavio Arns.

  2. Rafael
    sábado, 5 de fevereiro de 2011 – 13:26 hs

    Como pode, professores não sabem ler Edital e erram em suas inscrições agora os grandes prejudicados como sempre são os alunos.
    Acho que os prof queriam q continuasse a bagunça do governo anterior.

  3. Thiago de Alencar
    sábado, 5 de fevereiro de 2011 – 14:06 hs

    concordo com a decisão de suspensão do PSS, porém temos que abrir o olho, será que foi somente dessa vez que o sistema falhou, no ano de 2009 eu fui classificado como estudante ainda, apesar de estar formado em geografia desde 2008, onde estava a APP Sindicato em 2009 quando vários professores entraram com recursos sobre erros do sistema e de classificação, acho correto suspender todo o processo pelas falhas, mas ter um Sindicato que só age quando o é oposição ao governo é complicado, pois no governo anterior o Sindicato “abaixava a cabeça” e cumpria com os seus acordos com o governo e não faziam nada, professores fiquem de olho nesse Sndicato e comparem sua atuação no governo anterior e agora durante esse governo. E só pra constar não apóio esse governo e muito menos o governo anterior.

  4. Ana sábado, 5 fevereiro 2010 -
    sábado, 5 de fevereiro de 2011 – 14:18 hs

    E uma vergonha saber que a APP sindicato só quer bagunça.
    Onde fica o direito de quem acertou a sua inscrição?
    Somos nós meus colégas professores, que acertamos nossa inscrição que devemos questionar a APP.

  5. Maria
    sábado, 5 de fevereiro de 2011 – 14:24 hs

    Onde fica qualidade de Ensino num país onde um professor não sabe nem efetuar uma inscrição para PSS?

  6. Joao
    sábado, 5 de fevereiro de 2011 – 16:46 hs

    e os outros mais de 100 mil candidatos que se increveram, leram o edital e ficaram atentos ao processo não tem direito de assumir? Além do mais esse sistema é feito mais de 2 anos muito desses que não se classificaram conheciam como eram o processo.

  7. Mãe indignada
    sábado, 5 de fevereiro de 2011 – 16:52 hs

    É inacreditável que alguns Professores tenham tamanho problema de interpretação. Não conseguem efetuar uma inscrição de maneira correta, o que esperar deles em uma sala de aula? Quanto ao sistema de inscrição, sempre foi o mesmo. Não mudou nada nos últimos anos, assim, gostaria de saber o que eles alegam? O que estava errado? Mas só perceberam isso agora? Poupem-me! O processo é simples, o grande problema é que não sabem interpretar um simples edital e muito menos manusear um mouse. Agora quem paga o preço são os meus filhos, por exemplo, que iniciarão o ano letivo sem Professor em sala de aula. Tudo por causa de alguns desclassificados que querem ganhar a coisa “no tapetão”. Quanto a APP sindicato, me desculpem, mas acredito que existam coisas muito mais importantes para reivindicar, para aqueles Professores que realmente são verdadeiros mestres e merecem nosso respeito, e não para alguns aprendizes de Professor. Depois disso, acredito que as escolas deverão aplicar recuperação 1, 2, 3, 4, 5, 6, …… afinal de contas qualquer aluno merece ser aprovado, se é que me entendem.

    Ob.: Desculpem-me os verdadeiros mestres, como bons interpretadores, vcs sabem que isso não foi para vcs.

  8. Carol
    sábado, 5 de fevereiro de 2011 – 16:54 hs

    só querem bagunçar o processo

  9. João Gabriel
    sábado, 5 de fevereiro de 2011 – 16:55 hs

    e eu começo o ano sem aula de novo, ooo professorada burraaa

  10. ainat
    sábado, 5 de fevereiro de 2011 – 17:05 hs

    APP, sindicato petralha, bando de pelegos do Requião.
    O tempo que entram na justiça contra o PSS, porque não entram pedindo para o Requião falar onde está todo o dinheiro do Paraná Previdência com a conivência de vocês ele fez desaparecer?

  11. Pedro Augusto Silva
    sábado, 5 de fevereiro de 2011 – 19:01 hs

    Senhores! Faco PSS a dez anos (ou CLT antes). E infelizmente a situacao sempre foi critica, uma verdadeira bagunca, como esta sendo agora. O erro se repete ano a ano. Para os funcionarios o que parece e que eles nos fazem um favor em nos atender. Nao e visto como uma seriedade, nao durante o tempo que faco CLT e agora PSS. E a APP so se revoltou agora, e verdade, somente porque e oposicao ao governo, porque nunca havia se manisfestado antes. O PSS e ruim, a forma de distribuir as aulas para quem ja foi classificado e pessima, e o resultado e uma bagunca total, que dificilmente sera mudado. Mas e a unica forma de nos professores temporarios darmos aulas. Mas, uma coisa e certa muitos foram prejudicados mesmo, mais do que os oito mil, e mesmo os que foram classificados certos ainda continuam sendo prejudicados.
    Pedro

  12. Profa Vivi
    sábado, 5 de fevereiro de 2011 – 20:28 hs

    Nunca fui PSS mas se inscrever pela internet e só apresentar os documentos depois podem gerar resultados não verdadeiros, e as pessoas inescrupulosas podem se aproveitar disto. Como disse o senhor Flávio Arns, o processo tem que ser feito antes do final do ano, Isto dará tempo para possíveis recursos serem examinados. O governo anterior, na pressa de encerrar o ano, fez várias coisas erradas com os professores concursados, sem dar tempo para arrumar. O governo atual foi arrogante e não quis nem pensar na possibilidade de erro no processo pss. Agora um acusa o outro e os alunos… bom, os alunos vão esperar um pouco mais para terem todas as aulas que têm direito e nós professores efetivos, vamos trabalhar até a exaustão, porque nossos horários de hora-atividade serão preenchidos com aulas nas turmas que estão sem professor.

  13. José R
    sábado, 5 de fevereiro de 2011 – 20:29 hs

    Sou professor há mais de vinte anos, já fui aprovado em quatro concursos, mas em momento algum fui “chamado”, pois não tenho apoio de “figurões”. Sei o que é passar vergonha junto com meus colegas no momento da “distribuição de aula”, como dizem. Para dar um exemplo, no ano passado em nosso município a distribuição foi até à 1h30 da manhã, e nem todos pudemos ter nossas aulas de direito, sendo que tivemos de voltar no dia seguinte. Muitos professores foram prejudicados nos últimos 15 anos, por assim dizer e nunca a APP-Sindicato se importou com estes meus colegas. Agora minha classificação ficou novamente como vem ficando há 5 anos abaixo das anteriores, não pude pegar aulas até o momento.
    Mas o problema maior é que professores municipais acabam somando seus tempos de serviços com o do Estado, e nos que só lecionamos pelo Estado, acabamos ficando em segundo plano. Isto é justo?
    Me desculpe Mãe indignada Sábado (5 de Fevereiro de 2011 – 16:52 h), Maria (Sábado, 5 de Fevereiro de 2011 – 14:24 h), João Gabriel (Sábado, 5 de Fevereiro de 2011 – 16:55 h), e outros comentários acima, mas eu assim como meus colegas de trabalho somos sim MUITO COMPETENTES EM NOSSO OFÍCIO DE TRABALHO. O que falta é respaldo e uma distribuição de aulas digna e em tempo hábil. Se leciono por acaso há mais de vinte anos, quantos certificados meus há arquivado no NÚCLEO de educação e na SEED, por que todo ano pedirem a mesma coisa, e não apenas acrescentarem novos documentos, há classificação minha por exemplo nos últimos cinco anos, variou apenas um ponto.
    Sinto-me prejudicado, mas o erro já vem há muitos anos. Por que não fazer um concurso interno e tornar estes professores com mais de cinco e ou dez anos estatutários.Assim todo início de ano não faltariam professores.

  14. Ronaldo
    sábado, 5 de fevereiro de 2011 – 21:08 hs

    Caros Companheiros e Companheiras da Educação
    Com certeza não é dessa forma que gostariamos que a educação seja tratada, mas, se com Requião foi ruim, agora esperem um governo péssimo para a Educação pública do Paraná. Sabemos ou pelo menos devemos saber a experiência dos docentes do estado de São Paulo na gestão do governo neoliberal do PSDB. APP-sindicato, 63 anos de história, de luta e resistência a favor da classe trabalhadora da educação do estado, nunca deixou a categoria sem resposta e sempre esteve em defesa do professor. Infelizmente, nossos companheiros do PSS não entendem muito bem as questões políticas que envolvem todo esse processo de tensionamento entre governo e categoria (APP), pois, na mobilização realizada em frente a SEED, para pressionar a Secretaria para rever os processos dos profs. “injustiçados”, o que vi lá foi de uma falta de interesse extremo, poucos profs interessados no seu emprego, se todos aqueles que realmente foram prejudicados estivessem lá, com certeza teriamos resultados mais rápidos. Por isso, companheiros/as nossa luta é para sempre, e não esqueçam: QUEM LUTA, TAMBÉM EDUCA!.

  15. Fabi
    sábado, 5 de fevereiro de 2011 – 21:29 hs

    vou citar uma frase de um blog!

    (Quem está lá a 10 anos dando aula sem passar em concurso deve ir mesmo para o final da fila, acredito que professor nenhum poderia dar aulas mais de 5 anos pelo PSS)

    fonte : barracomix

  16. Joana
    sábado, 5 de fevereiro de 2011 – 23:48 hs

    Sou professora há 26 anos, já passei por varios momentos na Educação.
    Parabelizo a SEED pela postura, profissionalismo e ética em suas decisões.
    Vocês tiveram a nobreza de dar um basta.
    Saibam q professores que não conseguiram comprovar informações prestadas no concurso de 2007 foram excluídos do processo. Onde estava a APP nessa hora?

  17. João Pimentão .
    domingo, 6 de fevereiro de 2011 – 0:19 hs

    Bom professores , acho que não devemos culpar o atual governo porque essa inscrição foi elaborada pelo ex Governador Pessuti. E outra coisa sinceramente acho que a App mais diretamente “PT” quer tumultuar as coisas , isso tudo é jogo politico.
    Me desculpe os professores PSS , mais inscrição foi clara , só precisava ler com atenção . E agora??? nós professores concursados e pais de alunos precisamos começar as aulas com transtornos nas escolas? porque não é somente os alunos que tem prejuizos , somos nós também que precisamos cobrir as aulas das matérias que ainda não tem professores PSS.

  18. domingo, 6 de fevereiro de 2011 – 1:53 hs

    A APP SINDICATO, DEVERIA LUTAR PELO CHAMAMENTO DOS APROVADOS NO CONCURSO DE 2007. MAS SEMPRE FOI ATRELADO AO GOV. ANTERIOR.

  19. Pedro Augusto silva
    domingo, 6 de fevereiro de 2011 – 10:41 hs

    Concordo plenamente com o José R.
    Infelizmente não temos um sindicato sério para nos defender. Nós do PSS estamos sofrendo e vamos continuar sofrendo, porque as autoridades não tomam uma atitude coerente. Para eles nós somos apenas pessoas em busca de emprego, subempregado, e assim podem nos tratar como qualquer um, sem respeito, porque é isso que vemos no PSS no processo de inscrição e na distribuição de aulas. Uma grande, enorme falta de respeito por parte dos funcionários que nos atende, e a APP sindicato só ve isso agora, isso não é política é politicagem da APP sindicato.

  20. Sordi
    domingo, 6 de fevereiro de 2011 – 11:18 hs

    Que vergonha esta tal APP defender professor que não le edital e não sabe preencher a inscrição, por isso que a educação no Paraná é uma vergonha professores sem as minimas condições são defendidos pela APP.Quem não soube se inscrever deve ficar fora do processo.

  21. Sordi
    domingo, 6 de fevereiro de 2011 – 11:22 hs

    A APP é um bando de pelegos do Requião, que só sabem mentir para a classe dos professores e espalhar um monte de intrigas contra o governador eo secretário da educação…que vergonha professores sempre achei que voçês fossem um pouco mais bem informados.

  22. Elisa
    domingo, 6 de fevereiro de 2011 – 14:10 hs

    A Grande Verdade é que a maioria das pessoas não lêm os Editais, não param para pensar, e têm alguns professores que pedem para outras pessoas fazerem as inscrições para elas, pois na maioria das vezes nem sabem fazer sua própria inscrição e manusear um computador. Na minha cidade conheço professores que fazem o PSS e ficam sempre em primeiro lugar, e esse ano de 2011, aconteceu o mesmo ficou em Primeiro lugar novamente. Porque será? Resposta= Porque soube fazer sua inscrição corretamente, então professores inconformados que não sabem ler Editais e fazer Inscrições, não sabem manusear um computador, como vc vai dar aulas? Me Responda? Como vai trabalhar nos computadores do paraná digital com seus alunos? usar um Pendrive? usar as tecnologias que a Educação Oferece para o melhor conhecimento dos nossos alunos? agora são eles que vão pagar o Pato, ficando sem aula no começo do ano. Por favor deixem o Governo e os Núcleos de Educação trabalham em Paz, parem de Tumultuarem.

  23. Elisa
    domingo, 6 de fevereiro de 2011 – 14:12 hs

    Trabalhar em Paz.

  24. Pedro Augusto Silva
    domingo, 6 de fevereiro de 2011 – 14:19 hs

    concordo com o Jose. o PSS tem que mudar, porque nos professores que fazemos PSS a anos esstamos cansados de tanta injustica social, economica e politica. E a APP sindicato tem que parar de fazer politicagem para se aparecer apenas, e comecar a fazer politica, por favor. A APP tem que entender que eles estao lidando com profissionais e nao subempregados, onde os funcionarios da SEED a anos trata como estando fazendo um favor e nao realizando um trabalho com pessoas desente, porque o que eu vi na distripuicao de aulas no cajuru foi uma vergonha. Por favor SEED mude a sua atitude.

  25. Profa Vivi
    domingo, 6 de fevereiro de 2011 – 16:45 hs

    Quem acusa os professores de idiotas por não saberem usar os sistemas de inscrição, deveriam primeiro conhecer os sistemas da Celepar que rodam nas escolas e dar sua opinião depois. Quanto aos professores que fazem 10 anos que são pss, nestes 10 anos, só aconteceram dois concursos. O primeiro em 2003, que prejudicou muito quem foi bem na prova mas não tinha tempo de serviço e o de 2007, que já foi melhor neste aspecto, mas chamou poucos professores e está enrolado até agora para chamar os demais nas vagas que foram ampliadas. É fácil jogar a culpa no professor, porque responsabilizar governo é mais difícil. O Requião prometeu e não cumpriu… vamos ver o que o Beto vai fazer, mas pelo andar da carruagem…

  26. Pedro Augusto Silva
    domingo, 6 de fevereiro de 2011 – 17:36 hs

    Elisa.
    No minimo vc e uma das funcionarios da SEED que nos tratam tão bem quando vamos pegar aula. E eu passe nos dois concursos dos últimos dez anos, e até hoje nunca fui chamado. E falar que os professores não leem edital, é conversa fiada, se fosse assim 8 mil professores seriam semianalfabetos ou analfabetos digitais. Isso não é verdade, a verdade é que o PSS é ruim, e tudo indica que vai piorar

  27. Thais
    domingo, 6 de fevereiro de 2011 – 18:45 hs

    Esses professores que não foram classificados no PSS, estão querendo fazer desse posto cabide de emprego, pois se tivessem se qualificado não estariam atrás dos recém formados.
    O Governo deveria abrir imediatamente um novo concurso público, e bem mais rígido que o anterior para contratar professores motivados e capacitados.

  28. Tiago
    domingo, 6 de fevereiro de 2011 – 23:21 hs

    Muito bem a APP tomou a decisão correta, durante anos esse processo foi muito bem administrado sem muitos problemas, e a incompetência do atual governo bagunçou todo um sistema de contratação que dava certo. Penso que o concurso deve ser cancelado e refeito um novo concurso do qual eles entendam e não traga tanto prejuízo para professores e alunos. Faça de novo e dessa vez bem feito.

  29. Pedro Augusto Silva
    segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011 – 7:18 hs

    É Thais no mínimo vc é fuhncionaria como a Elisa, ou desinformada mesmo, não é consciente, uma pessoa de direita, porque os professores PSS merecem respeito e não esse tipo de comentario desqualificando os nobres e leais professores temporários. E a APP deveria seguir o mesmo exemplo, enobreser os professores temporarios e não fazer politicagem com essa situacao tenebroza que vivemos que mesmo quem passa bem como eu, ainda tem sido desrespeitado na distribuicao de aulas, como por exemplo no Boquerão..

  30. Pedro Augusto silva
    segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011 – 13:24 hs

    Ta dificil para quem passa bem na classeficação do PSS como eu, porque para pegar aula virou uma bagunça, uma colega que ainda é academica da mesma disciplina do meu amigo e que passou atrás dele na classificação para matemática pegou aula antes que ele, os diretos simplesmente deram aula para ela. Assim fica dificil né. Vamos fazer um novo PSS e mudar as regras, porque o professor do parana PSS precisa ser valorizado, no meu caso são 10 anos servindo dignamente esse e Estado.

  31. Pedro Augusto silva
    segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011 – 14:40 hs

    Por favor APP não faça politicagem como vc estão fazendo agora, façam política, os professores do PSS precisam ser respeitados e não estam sendo, como jamis foram e dificilmente serão. A distribuição de aula é uma vergonha os diretores ficam em filas esperando o professor passar, não respeitando a classificação do candidato, ai vem um academico atras ou na frente e pega a sua aula sem respeitar ao ordem de classificação. Que destrato pela educação.

  32. Thais
    segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011 – 21:14 hs

    @Pedro Augusto Silva, Eu não tenho ligação alguma com seed, sou aluna, apenas acho que se os acadêmicos estão na frente de alguns professores no pss, é porque tem mais qualificação. tem professor tanto pss, como concursado que pararam no tempo, não sabem nem usar a Tv Pendrive, para dar uma aula mais dinâmica e fazer com que o aluno se motive. deveriam abrir concurso e chamar professores capacitados e atualizados.
    Vemos a diferença das aulas dadas pelos professores de estágios que estão na universidade, são bem melhores q as de muitos professores.
    Concurso rigoroso já, e PDV,( pedido de demissão voluntária para professores que estão estressados e não tão afim de dar aula.

  33. Leandro Piccinni
    terça-feira, 8 de fevereiro de 2011 – 19:59 hs

    É uma vergonha para o Paraná tal situação, pois a desorganização não é deste governo somente, mas também do anterior, sou formador em Filosofia com titulo de Bacharel, e em 2007 prestei concurso público mesmo sabendo que no edital estava claro que era necessário ter a licenciatura, porém, a titulo de conhecimento fiz o concurso. Obtive um ótimo resultado sendo classificado em segundo lugar, para oito vagas sendo cinqüenta e quatro classificados. Para minha surpresa, fiz todo o resto do processo, exame médico, prova de título, “lembre-se” disse: Bacharel em Filosofia, surpresa para mim, fui aprovado, convocado, nomeado pelo então governador Roberto Requião, com nota no diário oficial, porém o pobre do sistema errou, brincadeira em sistema. Fui desclassificado no ato do exercício. Ora, iniciei a licenciatura em 2009, termino este ano de 2011. Não obstante, não para por ai, desde de 2006 sou classificado no PSS, como Licenciado pelo próprio “sistema” que coisa não é, para assumir concurso o sistema não aceita, mas para trabalhar no PSS ele aceita! Ora, surpresa, em 2011, me escrevi novamente neste ano de 2011, fui classificado em segundo lugar, perdendo para uma professora fora de area, detalhe em 2010 precisei de licença medica para tratamento de saúde em meadas de outubro, hoje estou sem aula porque o sistema recuperou a memória, esta bem depois de quatro anos consecutivos e com quatro anos de Bacharelado e com dois anos de licenciatura, não posso dar aula, porque dizem que me escrevi errado, errado como? se desde 2006 aceitavam minha inscrição e era classificado em primeiro lugar. Ora, ora que vergonha, trabalhei quatro anos no PSS, e hoje só porque estou de licença médica até dia 12/02 sou desclassificado. Aos estudantes desejo um ótimo ano letivo, ao governo mais atenção, porque nem sempre a culpa é só das maquinas, muitas vezes a culpa é humana, é da equipe responsável pela classificação, aos chefes dos núcleos de educação, mais atenção nas escolas, há muita pessoas recebendo de graça para não fazer nada, enquanto isso, banalizamos a Educação, as disciplinas, o compromisso com os estudantes, enfim, espero que o governo não cometa os mesmo erros passados e atuais e que a APP preocupe-se com todos os casos e faça a sua parte, pois pagamos o convênio com o sindicato para que?

  34. alguem
    quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011 – 13:34 hs

    Pessoal, não estou aqui para criticar ninguem, mas quero deixar uma reflexão.
    Em uma empresa, na hora de contratar, sempre vai levar em consideração a graduação, e experiência no ramo de trabalho; se voce fosse o responsavel pelo RH desta empresa contrataria uma pessoa com anos de experiência já comprovadas na propria empresa ou contrataria uma pessoa com graduação, muitas vezes, inferior e sem experiência ( apenas um “estagiozinho” enquanto fazia sua graduação);eu pessoalmente contrataria o com experiencia, principalmente quando o assunto é educação dos meus filhos,
    É claro que nenhuma empresa que se preze tem um processo seletivo como o pss, ha falhas no sistema e são graves,
    Eu não acho justo varios pais de familia que forram induzidos ao erro ( conforme cita o mandato de segurança), que trabalharam anos em uma escola ficarem desempregados,senhores recem graduados, e se fosse seus pais???

  35. dalva pereira
    sábado, 12 de fevereiro de 2011 – 23:16 hs

    tenho vergonha da educação do brasil

  36. dalva pereira
    sábado, 12 de fevereiro de 2011 – 23:23 hs

    existe muita bagunça na educação de nosso país estou ,estou decepcionada com o resultado do pss

  37. LONDRINA
    quinta-feira, 3 de março de 2011 – 16:40 hs

    E ATÉ HOJE, NADA ACONTECEU… CANCELARAM…. VOLTARAM… E AÍ???

    PROFESSORES QUALIFICADOS, FORA DA SALA DE AULA AINDA…

    Uma verdadeira vergonha o que está acontecendo com os educadores do PARANA!!
    A SEED, instituição que deveria ser a primeira a querer ver a educação paranaense em boas mãos faz de tudo para ir contra a ordem natural das coisas.
    De maneira absurda desenvolveu um sistema onde informações declaradas por candidatos aos cargos PSS eram classificadas de maneira oposta a realidade.
    Quer um exemplo? Em minha cidade há um único profissional formado em determinada disciplina (cidade grande é outro mundo hehehe) e que leciona a vários anos, pois bem, o natural seria que esse profissional fosse Classificado em 1º no PSS para essa disciplina, o que de fato não ocorreu. O referido profissional ficou em 9º lugar atrás de candidatos com formação (ou pior acadêmicos) em areas totalmente distintas mas que se inscreveram para a mesma vaga que ele.

    Será que não tem nada errado nesse sistema?

    Só pode ser brincadeira!!!

    Então a SEED de maneira irredutível (esquecendo que o sistema foi criado por pessoas, com possibilidades de falhas) afirmou que o sistema é inquestionável!
    Que absurdo! Para piorar, justificaram que a falha ocorreu por parte dos candidatos ao se inscreverem para o PSS / PR 2011 mas, não é engraçado que todos os profissionais formados tenham errado na inscrição e todos os acadêmicos tenham acertado?
    A SEED não dá o braço a torcer, não assume seu erro e, está tirando de maneira vergonhosa profissionais capacitados do trabalho para colocar acadêmicos em seu lugar.

    E, depois o REQUIÃO é que era ditador!
    Quero ver os críticos do Requião defenderem o novo Ditador do Paraná, Beto Richa, nessa palhaçada.

  38. Idalina
    segunda-feira, 26 de janeiro de 2015 – 11:07 hs

    FABI; VOCÊ É MUITO IGNORANTE , PELO JEITO NÃO ENTENDE NADA DE EDUCAÇÃO.
    EU PASSEI EM VÁRIOS CONCURSOS, APRESENTEI TITULOS E NÃO FUI CONVOCADA.ASSIM COMO EU, VÁRIOS COLEGAS ESTÃO NA MESMA SITUAÇÃO.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*