Segurança Pública fará novas contratações | Fábio Campana

Segurança Pública fará novas contratações

Foto:Giovani Santos

O secretário da Segurança Pública, Reinaldo de Almeida César, reuniu-se na noite de sexta-feira (04) com os comandos da Polícia Civil, da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros e com o Procurador Geral do Estado, Ivan Bonilha, para organizar os processos de contratação de novos policiais.

Almeida César disse que o trabalho neste momento se concentra em realizar um diagnóstico sobre vagas disponíveis, validade dos concursos recentes e necessidade de abrir novos processos de seleção. “Encerrada esta fase, serão feitas gestões junto às secretarias da Fazenda e Planejamento para encaminhar as novas contratações”, afirmou o secretário.

O encontro contou com a participação do comandante da Polícia Militar, coronel Marcos Scheremetta, o comandante dos Bombeiros, coronel Hercules Donadello, o delegado-geral da Polícia Civil, Marcos Vinicius Michelotto, e o procurador Geral do Estado, Ivan Bonilha, para traçar uma linha de ação visando à contratação de novos policiais para as corporações.

Polícias – O comandante da PM afirmou que a iniciativa do secretário de Segurança de reunir as polícias para encaminhar uma solução para o aumento dos efetivos demonstra que o Governo do Estado está empenhado em resolver esta situação o mais breve possível. “Contamos com a vontade do governador Beto Richa para resolver a situação o mais breve possível. Todos nós queremos dar à população uma resposta rápida em termos de segurança”, disse o comandante Scheremetta.

Para o delegado-geral da Polícia Civil a reunião com o secretário Almeida César é um passo importante para o planejamento estratégico dos órgãos de segurança. “É essencial fazermos esta discussão juntos, pois há uma defasagem de pessoal absurda nas corporações”, destacou Michelotto, lembrando que a situação das forças de segurança.


35 comentários

  1. Juca
    sábado, 5 de fevereiro de 2011 – 18:37 hs

    Contratando certo, ao inves de encher a PM de mulher e permitir ate a contratacao de anoes, como Maria Louca permitiu, tudo bem…

  2. O Londrinense
    sábado, 5 de fevereiro de 2011 – 19:36 hs

    Na mosca Juca,é Pm protegendo Pf e a vítima que se dane.Idem idem na Polícia Civil.

  3. Incitatus
    sábado, 5 de fevereiro de 2011 – 20:01 hs

    Quer resolver problemass Sr. Secretário da Seg. Pública do Paraná?
    Idéias e sugestões. Comece por:
    1. tolerância zero
    a) traficantes (super manjados) à luz do dia, em todas as esquinas de cursinhos e colégios (que se vê na região central…e possivelmente nos bairros)
    b) guincho nesses veículos com “som nas alturas”
    c) enquadrar os flanelinhas “posseiros” – para que que serve o Estar?
    d) rigor nos botecos, bares e baladas.

    2. atendimento telefônico
    a) Faça como a COPEL: estabeleça um tempo mínimo determinado para atendimento a ocorrências. Meta cumprida, bônus aos policias. Alías, é só transferir aquela beleza de bônus dos “fiscais” da SEFA para a Polícia. E a cada período de tempo, aprimore o tempo de atendimento. A população vai agradecer.
    b) o esquema de celular para as patrulhas que atuam por região, e idem para os motoqueiros. É uma boa.
    c) o policiamento ostensivo funciona sim.

    3. cameras de video nas ruas. À vontade. Os comerciantes e moradores pagam a instalação.

  4. PC
    sábado, 5 de fevereiro de 2011 – 20:08 hs

    Espero que as contratações sejam realmente realizadas. Mais de 2000 excedentes do último concurso da Polícia Civil estão aguardando a nomeação, enquanto a segurança pública de Estado encontra-se vergonhasa. Há anos que o Estado se omite deixando a população nas mãos de bandidos, aliás fomos governados por um deles.

  5. ITALIANO
    sábado, 5 de fevereiro de 2011 – 21:40 hs

    CARTA ABERTA
    Nós, membros do grupo de excedentes do último concurso da Policia Civil do Estado do Paraná vimos a público expor o que segue:
    Parabenizamos a todos os órgãos de imprensa do estado do Paraná pelas matérias e divulgações sobre as condições que se encontra a segurança pública em nosso estado.
    Temos consciência de que para ter sido nomeados deveríamos ter tirado notas bem mais altas que a média mínima de aprovação, assim ficaríamos dentro do número de vagas proposta no edital.
    No entanto o que nos motiva e nos dá esperança de entrarmos na Polícia Civil do Paraná é que esta conta com um déficit de cerca de 50% em seu quadro humano, o que é incompatível com um estado que é o quinto PIB do país. A segurança pública é um verdadeiro clamor social que só será resolvido, entre outras atitudes, com o incremento humano da Policia Civil que é Polícia Judiciária do estado. Queremos acima de tudo, ajudar o estado a sair dessa situação em que se encontra hoje!
    Estudamos; uns mais outros menos, sacrificamos sábados, domingos e feriados, tempo esse que poderíamos ter aproveitado com um passeio com a família dentre outros afazeres. Alguns foram mais além, sacrificando o bolso pagando cursinho preparatório, outros perderam noites e noites de sono. Todos possuem nível superior, com formação em várias áreas profissionais. Ou seja, temos méritos em ser aprovados em um concorrido concurso como este!
    Pergunta – se:
    Porque não aproveitar imediatamente esses mais de dois mil excedentes para minimizar o déficit existente nesse importante braço da justiça brasileira, uma vez que a necessidade de pessoal é extremamente visível?
    Afinal esses 3.164 conseguiram passar nas provas objetivas onde havia mais de 12800 candidatos, sendo que seria “insano” para qualquer administrador público desperdiçar um certame já em andamento.
    Estamos aqui à disposição, uns aguardando nomeação, outros aguardando teste físico. Necessitamos de informações, visto que, a maioria ainda sequer fez os testes físicos, assim diminuiria nossa aflição. Aflição essa que dificulta nossos estudos para outros concursos. Sem dizer que poderemos nos preparar melhor para as próximas provas.
    Precisamos saber se seremos aproveitados ou não; se sim quantos e quando?
    Serão chamados somente 500 ao ano visto esta ser a capacidade da ESPC?
    O concurso será prorrogado ou não?
    Ou simplesmente não seremos chamados por motivos diversos e a Policia Civil continuará na UTI, enquanto as pessoas estão morrendo sem o estado cumprir com seu dever constitucional?
    Sem mais agradecemos.
    http://excedentespoliciacivildoparana.blogspot.com/

  6. ELVIS GIMENES
    sábado, 5 de fevereiro de 2011 – 21:56 hs

    e os professores cocnursados, quando serão cotratados, eu prefiro eles, professores a policiais.

  7. cezar
    sábado, 5 de fevereiro de 2011 – 22:04 hs

    Eu me aposentei em 2003 e até hoje estou em pefeito saude mental ok? Sai por inclivel q parece na excepcional contuta.,Sempre amei o q fiz e pela farda q enverguei só q n aguentei a pressao dos mandantários da PM (oficiais) Enquanto n mudar este sistema ultrapassado q a APMG coloca na cabeça dos futuros oficiaias será sempre assim.

  8. Christiano Fernandes
    sábado, 5 de fevereiro de 2011 – 22:35 hs

    Se o Beto Richa quiser melhorar a segurança pública, tem que fazer um concurso extritamente baseado no dom pessoal do inscrito. Matemática, Condição Física; Informática; Etc; Etc…ajuda, mas, não é tudo na área de segurança. Já perspicácia; capacidade de observação; domínio emocional; gosto pela profissão; educação; dedicação, etc. melhora em muito a segurança pública. Vejam o sistema norte-americano. Eles contratam pessoas que tem afinidades com o que exige a profissão. Normalmente, os soldados exemplares, oriundos das Forças armadas tem lugar garantido.

  9. Marcos
    sábado, 5 de fevereiro de 2011 – 22:51 hs

    Esse Juca, faz jus ao nome, qual é o problema na contratação de mulheres, tenha certeza que els são muito mais competentes que muitos homens por ai. Talvez o sr, já deva ter sido abordado por uma e teve de ficar bem quietinho!
    Sou da seguinte opinião, contratação de novos policiais é ótimo, mas quantidade não significa qualidade!!!!!!!!!!!1

  10. monica
    sábado, 5 de fevereiro de 2011 – 23:24 hs

    Caro amigo Juca,me desculpe mais o que tem contra mulher policial.Pois bem seu policial e trabalho muito bem,ate melhor que muitos homens.E quanto a altura o que tem a ver,acho que o que importa é o serviço e não o tamanho…… vá se tratar antes de falar de mulher policial….sou policia e trabalho MUITO BEM

  11. SIMPLÓRIO
    sábado, 5 de fevereiro de 2011 – 23:27 hs

    É ISTO CONTRATAR GENTE NOVA

    MAS, É PRECISO COLOCAR MUITO MAIS PESSOAS

    NA CORREGEDORIA…….

    A IMPRENSA NOTICIA DESMANCHES

    A IMPRENSA NOTICIA PONTOS DE VENDAS DE DROGAS

    A IMPRENSA NOTICIA……..TUDO

    AI, A POLICIA VEM ATRÁZ……………

    SERÁ QUE NÃO SABIAM ?????? OU…

    E SE SABIA………………….????? PORQUE …

    COISAS DE BRASIL NÉ SECRETARIO

  12. JAQUIM
    domingo, 6 de fevereiro de 2011 – 1:05 hs

    A questão é : qualidade e nem tanto quantidade! Precisamos de inteligência e tolerância zero!

  13. Antonio 1
    domingo, 6 de fevereiro de 2011 – 8:22 hs

    No que se refere à Polícia Civil, se falarmos que está “sucateada” estamos elogiando-a. Instalações ridículas, móveis velhos e quebrados (quando existem). Policiais desmotivados, devido ao baixo salário e grande carga de trabalho. Muitos “policiais” ad hoc, que só fazem piorar mais ainda a situação. Efetivo ridículo. É só isso o que se pode dizer da Civil, infelizmente. Tem que ser melhorado o salário e contratar policiais desde já. Chega de discursos repetitivos. Falou-se que o novo governo iria divulgar medidas que dariam um “choque” na segurança pública. Mas até agora nada. Aliás, o novo secretário, em todas as suas entrevistas, deixa transparecer que no Paraná somente existe uma polícia, a PM. Por isso que tantos crimes não são solucionados, pois não existe pessoal para fazer investigações. E quem comete um crime e não é preso, comete outro, e outro, etc. Contratação de novos policiais civis já! Melhoria de salários da PC já! E a curto prazo, melhoria das instalações e equipamentos. Afinal, o governo do Beto Richa (pra quem votei), priorizou a segurança pública como seu principal objetivo. Tá na hora de agir, ou pelo menos começar a agir, pois até agora nada foi feito, além de entrevistas e entrevistas por parte dos chefes de polícia.

  14. Vigilante do Portão
    domingo, 6 de fevereiro de 2011 – 9:28 hs

    E o limite orçamentário?

    Será que o Beto ADERIU à maneira de governar do Requião/Pessutão?

    Pouco antes de assumir, Beto disse que havia um “ROMBO” de R$1,5BI, no Orçamento do Estado.

    Agora, anunciam a contratação de centenas de policiais.

    Vai ter dinheiro?

    Fará como o Pessutão,

    No apagar das luzes do governo, anunciou a CONTRATAÇÃO de 2000 policiais.

    A TV Educativa (Yared), anunciou assim:

    O GOVERNO DO ESTADO, ESTÁ CONTRATANDO 2000 POLICIAIS…..

    MENTIRA!

    Tratava-se de uma autorização para fazer um CONCURSO.

    Mais um daqueles DECRETINHOS inúteis do Pessutão

    Teve outro DECRETINHO PIOR:

    Autorizava a contratação de professores. Esses já aprovados em concurso.

    O Edital do concurso, respaldado por Lei e por Decreto anterior, já permitia a contratação. Bastava CONTRATAR.
    A tal “AUTORIZAÇÃO”, já existia.
    É assim, como chover no molhado.

    INÚTIL!

    CONTRATAR, exige muito mais atenção e cuidado.
    Entre eles a dotação orçamentária, colocação funcional (em qual escola e de qual matéria? Por exemplo).
    É bem mais demorado e demanda TRABALHO e capacidade.

    Assinar “DECRETINHOS” inúteis, gasta apenas a tinta da caneta…

    Espero, de coração, que agora seja diferente.

  15. decepcionado
    domingo, 6 de fevereiro de 2011 – 10:12 hs

    é só contratar adm e por os policiais q lotam batalhões (trabalhando na faxina, cozinha, etc.) na rua.

  16. APOSENTADO
    domingo, 6 de fevereiro de 2011 – 11:13 hs

    O ERRO CONTINUA…..,PESSOAS QUE NAO ENTENDEM DE SEGURANCA….CONTRATAR MAIS POLICIAS,…NAO RESOLVEM OS PROBLEMAS QUE JA EXISTE…CRIANDO AINDA MAIS….PRIMEIRO RESOLVER O SALARIO MISERAVEL DOS POLICIAIS …DAR A ELES UM TREINAMENTO DE ELITE..POIS…SAO ELES QUE GARANTEM A NOSSA SEGURANCA….SAO ELES QUE BATEM DE FRENTE COM A BANDIDAGEM….SAO ELES QUE COLOCAM SUAS VIDAS EM RISCO…. HOJE E PRECISO MUITOS CURSOS …MUITO TREINAMENTO..A BANDIDAGEM ESTA MUITO MAIS PREPARADA QUE NOSSOS POLICIAIS…EXEMPLO DISSO E O RIO DE JANEIRO……TANTA ROUBALHEIRA NOS ORGAOS PUBLICOS…SE TODO ESSE DINHEIRO FOSSE APLICADO NA SEGURANCA….NA SAUDE….NO ENSINO …..COM CERTEZA TERIAMOS ATENDIMENTO QUE TODOS NOS TEMOS DE DIREITO…..QUALIDADE…..MAS PRA QUE ISSO ACONTECA,… E PRECISO RECONHECER O PROFISSIONAL.

  17. fabvio
    domingo, 6 de fevereiro de 2011 – 11:19 hs

    contratar é preciso, más tambem é preciso pagar por SUBSIDIO e ninguem se manifesta sobre o assunto O TEMPO ESTA PASSANDO E VAI TER PRESSÃO……

  18. JR
    domingo, 6 de fevereiro de 2011 – 12:15 hs

    Tem que usar a PF como exemplo, não basta somente contratar muitos policiais, tem que tem bons salários, ferramentas e condições de trabalho. Isto vai fazer a diferença e o Paraná será exemplo em Segurança.

  19. Tiago Fischer Duarte
    domingo, 6 de fevereiro de 2011 – 12:17 hs

    Poisé, no concurso da Polícia Civil não foram nem chamados todos os candidatos aprovados dentro das vagas do edital. Fizeram a investigação de conduta a mais de 60 dias e nada de sair resultado. Capacidade de formação da Escola Superior de Polícia 500 alunos/ano. Desse jeito não vão nem suprir as vagas dos que aposentam.
    Esse diagnóstico já está feito a anos. O que está faltando é vontade política.

  20. Tiago Fischer Duarte
    domingo, 6 de fevereiro de 2011 – 12:20 hs

    Eu gostaria de saber que tipo de estudo precisa ser feito. Falta 50% de efetivo na PC, tem 2000 candidatos aprovados. Tem que estudar mais alguma coisa?
    Fazer conta de adição e subtração leva tanto tempo assim?

  21. observador
    domingo, 6 de fevereiro de 2011 – 15:52 hs

    A NOVELA COMEÇOU DE NOVO NOVAS CONTRATAÇÕES, MAIS POLICIAIS NAS RUAS E TUDO SERA RESOLVIDO,ATÉ QUANDO QUE A POPULAÇÃO VAI TER QUE OUVIR AS MESMAS PROMESSAS, SR.SECRETARIO E SR. GOVERNADOR ANTES DE FAZER NOVAS CONTRATAÇÕES PORQUE NÃO PAGA MELHOR AMBOS OS POLICIAIS E REDISTRIBUA OS QUE JA TEM, TIRANDO OS PM DOS BATALHÕES E OS CIVIS DA DELEGACIAS QUE ESTÃO CUIDANDO DE PRESSOS,FAZENDO INTIMAÇÕES SEM CONTAR AQUELES QUE FICAM O DIA TODO FAZENDO BO, NAS DELEGACIAS ONDE PODERIA SER FEITO POR ESTAGIARIOS, ACORDA SRS……..E PAREM COM A MESMA NOVELA DE SEMPRE.

  22. Delegado de Londrina
    domingo, 6 de fevereiro de 2011 – 15:58 hs

    Vai ser difícil arrumar o caos que o gardenal e o seu anaozinho absurdamente incompetente implantaram na segurança pública. Vai lá Beto….confiamos em voce….

  23. Luiz Carlos
    domingo, 6 de fevereiro de 2011 – 18:01 hs

    É sempre a mesma conversa de todo o Governo que assume. Logo de cara escolhe o Secretario de Segurança, o Comandante Geral da PM e o Delegado Geral da PC, escolhidos estes q nem sempre são os mais capacitados, normalmente é aquele que teve participação politica importante durante a campanha do chefe. Quando assumem a desculpa é sempre a mesma, “falta de pessoal”. O que esses pobres coitados não sabem é q não adianta encher as ruas de policia, ter um Rambo em cada esquina, isto não vai adiantar nada. O que tem q ser feito é combater o crime com educação, vai levar alguns anos mas com certeza vai resolver. Também mudar o codigo penal criando leis para que realmente sejam cumpridas. Podem perceber q as ruas não estão cheio de bandidos, aqueles q estão lá são sempre os mesmos, são aqueles q foram presos ontem, já estão soltos hoje etarão cometendo crimes novamente amanhã, e serão presos novamentes, onde qualquer advogado de porta de cadeia irá liberta-los sem que este pagem pelos seus crimes. Isto acontece devido a fragilidade da lei. Aí os mais desinformados, leigos (alguns até acessores de segurança publica) passam a jogar a culpa na policia e até mesmo no pobre do advogado que inteligentemente usou as brechas da lei. Este efetivo de policiais que estão trabalhando fazem um exelente trabalho, mas enxugam gelo com a torneira aberta e o seu trabalho se torna um circulo virtuoso, e ainda por cima ganham mal, mas servem muito bem para Markting de politicos que não tem interesse nenhum em educar o povo, para que estes tenham condições de competir no mercado de trabalho. A criança não nasce bandido, ela se torna bandido, muitas vezes por falta de condições, seja familiar, educação, cultura ou mesmo religiosa. Pense q o povo quanto mais desinformados forem mais facil é de dominar.
    Eu particularmente dou um recado para os lideres de Segurança publica, esqueça este negocio de encher as ruas de policiais, isto não vai adiantar nada, apenas valorize os policiais que estão aí, e os que forem entrando que também já entrem qualificados e realmente aptos para prestar segurança para o povo.

  24. Hamilton Luiz Nassif
    domingo, 6 de fevereiro de 2011 – 18:46 hs

    Secretário,olhe com carinho para o I M L de Londrina.Necessita com urgência de novas instalações, uma construção à altura de nossa região é de suma importância.Possuímos profissionais com grande potencial científico que fazem de Londrina um polo referencial.Nunca o Instituto Médico Legal teve o apoio que indiscutivelmente merece. Nossa região agradece a atenção.

  25. APOSENTADO
    domingo, 6 de fevereiro de 2011 – 19:08 hs

    pois e.. ….vai la miqueloto….. acelera…. pelo que eu vejo nessa mesa ai de cima…voce e o unico que entente de seguranca….acredito no teu taco colega…para arrumar essa casa…e nescessario um rambo.

  26. Pc Londrina
    domingo, 6 de fevereiro de 2011 – 22:44 hs

    Nossa, são tantos os problemas da segurança pública, só quem tá no meio sabe a real situação. A primeira coisa a se fazer seria o aumento do salário, não adianta colocar mais pc, pm, se não pagam um salário digno. A grande maioria de pc, pm vão trabalhar cansados pois ficaram a noite inteira, ou uma boa parte da noite no BICO. Outra coisa seria modernizar a frota, pelo menos da pc, Meu Deus, a frota da pc chega a dar vergonha…viaturas caindo pedaços, remendadas. Nao faz muito tempo, a viaturinha que estava caiu uma peça do motor…nossa, ridiculo isso!!! Outra situação são presos em delegacias, algumas delegacias do interior são mini presidios, com 100,150, 200 até mais presos…aqui em Londrina, se nao fosse uma rebelião onde renderam, infelizmente um carcereiro, ia ter uns 400 presos, isso q na epoca tinha 370 +ou-…A proposta do atual governo é boa, espero q se torne realidade…O principal Sr Governador é o aumento de salário…incentivar pc e pm a permanecer na instituição/corporaçao, e não ser apenas um trampolim para outro concurso… abç

  27. Tuca
    segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011 – 0:08 hs

    Será que nessa reunião os gestores da segurança pública
    trataram também dos baixos salários que atrapalham o
    desempenho dos políciais.
    Vão aumentar o efetivo da PM e na hora de acertar os
    salários ouviremos a mesma novela, o estado não tem recursos.

  28. Ricardo III
    segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011 – 9:33 hs

    O primeiro passo para se ter segurança : salários iguais aos pagos à Polícia Federal e à distrital de Brasília. Policiais bem pagos: 1- evita-se o bico; 2 – evita-se a corrupção que, em parte, se deve à miséria; 3 – o medo de se perder um emprego com salário bom, torna o funcionário mais diligente; 4 – um pacto direto com as forças de segurança para a imediata redução do crime; 5 – prêmios de produtividade (similar aos dados aos fiscais); 6 – inteligência com tecnologia.
    O que desmotiva qualquer trabalhador é a verificação de diferenças salariais que ocorrem no País para funções iguais. É óbvio que a comparação se dá com os melhores vencimentos.

  29. Paulo munhoz
    segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011 – 10:20 hs

    ELVIS GIMENES: DEIXA DE SER HIPOCRITA, OS PROFESSORES SÃO IMPORTANTES SIM, MAS NADA VER SEU COMENTÁRIO!!!

  30. APOSENTADO
    segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011 – 17:23 hs

    RICARDO III…Parabens pelo seu comentario…com certeza deve ser um profissional da area……vamos apostar no Miquelloto….que deve rebater tamanho absurdo desses ai de cima.

  31. EDNA ALMEIDA
    quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011 – 20:19 hs

    COMO PODE A POLICIA CIVIL ESTAR TRABALHANDO COM 50% DO SEU EFETIVO.

    O CORRETO FUNCIONAMENTO DAS CORPORAÇÕES NÃO É CONSTITUCIONAL?

    SE O ESTADO QUE DEVERIA DAR EXEMPLO NÃO CUMPRE COM A LEI, PORQUE NÓS TEMOS QUE CUMPRIR?

    TENTEM ABRIR UMA EMPRESA ANTES DE ESTAR EM DIA, ESSE MESMO ESTADO VEM E FECHA.

    VERGONHOSO PARA O QUINTO ESTADO EM CONTRIBUIÇÃO COM O PIB BRASILEIRO.

  32. JOSUEL
    quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011 – 20:47 hs

    SE O ESTADO NÃO TEM COMPETENCIA PARA GERENCIAR OS RECURSOS E FAZER A COISA CERTA, ENTÃO PARA TUDO.

    DEIXEM DE COBRAR IMPOSTOS E A SOCIEDADE SE VIRA NOS TRINTA. AO MENOS NÃO PRECISAREMOS DE PAGAR UM MONTE DE MORTO. E COLOCA MORTO NISSO, NÃO PODEMOS NOS ESQUECER QUE NO RECENTE ESCANDALO DA CAMARA DE dePUTAdos REALMENTE TINHA ATÉ MORTO RECEBENDO ALTOS SALÁRIOS.

    AT QNDO BRASIL?

  33. ITALIANO
    quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011 – 20:53 hs

    ONDE NÃO TEM GATO O RATO DEITA E ROLA.

    NÃO TEM POLICIA A MALANDRAGEM AGRADECE.

  34. SEBASTIAO DOS SANTOS
    quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011 – 21:07 hs

    NÃO SÃO CAPAZES DE NOS PREVER SEGURANÇA E AINDA NOS TIRAM AS ARMAS ATRAVÉS DA LEI DO DESARMAMENTO.

    AGORA SIM FICOU BOM, SEM POLÍCIA, CIDADAO DE BEM DESARMADO, A ARMA PEGOU PREÇO NO MERCADO NEGRO. ATÉ MEU FILHO DE 14 ANOS DISSE PAI ISSO NÃO VAI DAR CERTO.

    ESTÁ AÍ O RESULTADO, CRIMINALIDADE EM ALTA NO PARANÁ.

    E DAE BETO RICHA, COMO FICA?

  35. MATTOS
    sexta-feira, 4 de março de 2011 – 15:22 hs

    ATÉ AGORA NADA !!!, OS APROVADOS DO CONCURSO DA POLICIA CIVIL ESPERA A BOA VONTADE E PRA PIORAR AINDA PARALIZARAM A ESCOLA EM CURITIBA DEIXANDO POLICIAIS SEM TREINAMENTO.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*