Romanelli garante correção do mínimo | Fábio Campana

Romanelli garante correção do mínimo

De Luciana Cristo do O Estado do Paraná

O secretário de Estado do Trabalho e Emprego, Luiz Cláudio Romanelli, garantiu na manhã desta terça-feira (22) que o salário mínimo regional vai sofrer correção pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), e deve ter mais um acréscimo com base no crescimento do Produto Interno Bruno (PIB) de 2010. O reajuste deve ocorrer mesmo com manifestações contrárias do setor industrial, que cogita que pode haver aumento de desemprego no Paraná dependendo do aumento no salário mínimo.

“Digo para todos aqueles trabalhadores que estão sendo ameaçados de desemprego pela iniciativa privada que o governo estadual vai oferecer emprego. Os trabalhadores podem comparecer à Agência do Trabalhador, onde temos mais de 20 mil vagas abertas, metade delas sem exigir experiência”, avisou Romanelli.

O governo estadual pretende enviar a mensagem com o reajuste do salário mínimo regional até o fim de março para a Assembleia Legislativa do Paraná. Hoje com cinco faixas, variando de R$ 663,00 a R$ 765,00, o salário mínimo deve ter aumento de 7% a 9%, o que deve manter o Paraná como o maior salário mínimo regional de acordo com o secretário do Trabalho e Emprego. “São Paulo deve ter um mínimo regional de R$ 600 e a nossa menor faixa vai ficar com perto de R$ 700”, compara o secretário.

A previsão é que a votação do novo mínimo regional ocorra até o final de abril. “O salário mínimo é o instrumento para superar a desigualdade social. Estamos registrando recordes na geração de emprego e há um apagão da mão de obra. Quando se tem pleno emprego, é hora de aumentar o salário do trabalhador”, avalia Romanelli, que na última segunda-feira (21) se reuniu com as entidades ligadas à indústria para discutir a questão.


2 comentários

  1. Juca
    terça-feira, 22 de fevereiro de 2011 – 18:39 hs

    Espero o mesmo para a data base do funcionalismo.

  2. jobalo
    quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011 – 0:01 hs

    Não era bom o venddido, esperar a opinião do governador , ou sera que ele tem procuração , ta passando o carro na frente dos bois.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*