Primo de deputado é morto um dia depois do assassinato do irmão | Fábio Campana

Primo de deputado é morto um dia depois do assassinato do irmão

Da Banda B

Depois de ter o irmão assassinado no último dia (08), o deputado estadual Reni Pereira (PSB) recebeu outra triste notícia durante as primeiras horas da manhã de hoje (10). Enquanto voltava do enterro do vice-presidente do PSB no Paraná, Irani Pereira, ocorrido ontem (09) em Santa Terezinha do Itaipu, o primo do parlamentar, Ronaldo Miguel de Castro, que trabalhava como caminhoneiro, foi esfaqueado depois de um acidente de trânsito e também acabou morto.

De acordo com informações da rádio Cultura de Foz do Iguaçu, o caminhoneiro morreu depois de ter seu veículo abalroado na traseira por um carro que trafegava pela região de Vera Cruz do Oeste. Depois do choque, o condutor do automóvel teria atacado a vítima e desferido um golpe fatal com a arma branca.

Em declaração feita na manhã de hoje (10), o deputado Reni Pereira afirmou que o episódio não passa de uma triste coincidência.


3 comentários

  1. Bruxa do 71
    quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011 – 14:51 hs

    O Reni Pereira faz parte da mesa diretora da asembleia. Isso pode ser coisa do touca.

  2. Luiz
    quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011 – 15:52 hs

    Se liga Reni, se liga…

  3. Pedro Augusto silva
    quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011 – 17:39 hs

    Esse é primo, e primo não é parente. Na verdade na minha família, e se a dele for igual a minha, e parece que seja, nem irmão é parente, porque se aparece em casa é só pra amolar. RHRHRH

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*