Presidente do Sindilegis será ouvido pela CPI das escutas clandestinas | Fábio Campana

Presidente do Sindilegis será ouvido pela CPI das escutas clandestinas

De Paulo Galvez da Silva

O presidente licenciado do Sindicato dos Servidores do Legislativo (Sindilegis), Edenilson Ferri, conhecido como Toca, deve ser uma das pessoas ouvidas pela CPI das escutas clandestinas na Assembleia Legislativa (Alep). A informação é do proponente da CPI, deputado Marcelo Rangel (PPS). “Vamos ouvir todos os que podiam ter acesso às salas onde foram encontradas as escutas”, adiantou o parlamentar. Toca, ex-chefe dos seguranças da Alep, liderou uma manifestação contra a decisão do presidente Valdir Rossoni (PSDB) de não recontratar os servidores comissionados exonerados no final da legislatura passada. Uma varredura realizada no prédio do Legislativo encontrou escutas de ambiente, câmera de vídeo e grampo telefônico para monitorar conversas de deputados e diretores. A CPI inicia os trabalhos nesta quinta-feira (17).


12 comentários

  1. JANGO
    quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011 – 17:28 hs

    Só uma perguntinha: será que o Justus e o Curi sabiam que esse tal de toca comandava a segurança da assembléia? e olhe a cara da figura. Deve ser uma legítima brastemp.

  2. aposentado
    quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011 – 17:45 hs

    Por se tratar de assunto que melindra as “excelencias” estão agindo com uma velocidade espantosa, como o aumento do próprio salário,mas o que interessa ao povo vai bem devagariiiiiinho, quaaaase parando.
    Eita timinho corporativo, e nem ficam vermelhos.
    Instalem uma CPI da ALEP com a mesma eficiência, quem sabe alguém passe a acreditar nessa corriola.

  3. Alemão
    quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011 – 19:00 hs

    O Toca vai falar.. , muitos funcionários e Deputados vão correr e dormir embaixo da cama ! kakakaka

  4. CAÇADOR DE PETISTAS
    quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011 – 19:27 hs

    Malaco Petista, cara de Comunista.

  5. Zé do povo
    quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011 – 19:57 hs

    Foguetório perigoso!!!

    Vai ser igual ao resultado final de uma guerra. Todos sabem como começam, mas ninguém sabe como elas terminam!!!

  6. JAVAPORCO
    quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011 – 21:05 hs

    O “Vilão” pode virar herói, esse Daledone é um ……….assim caminha a humanidade!!!!

  7. Sergio Silvestre
    quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011 – 22:23 hs

    Não sei se a foto da fachada do distinto ai,foi assim ao avesso, mas se fosse pedir serviço para mim,iria pedir explicações de que tunguete(casas de carteado)ele saiu.
    Uma segurança de um grande escritório,de shoping,ou de uma grande loja,não admitiria o sr toca do tatu.
    Mas se precisasse de um jagunço,ai sim ,estaria a pessoa certa.

  8. MEGAFONE
    quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011 – 23:57 hs

    Fala que eu te escuto Tôca!

  9. Luisão
    quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011 – 0:07 hs

    A CULPA É SEMPRE DO MORDOMO. È UMA HISTÓRIA QUE MEXE COM A CRIATIVIDADE E A INTELIGÊNCIA DO POVO PARANAENSE, DIZER QUE OS SEGURANÇAS COMANDAVAM 54 DEPUTADOS, E POR AÍ AFORA…

  10. Vigilante do Portão
    quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011 – 5:32 hs

    Aposto meu salário como ele não vai comparecer.

  11. pimenta
    quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011 – 7:28 hs

    deveriam ouvir tambem os ex-diretores,ouvi dizer que eles sim eram os verdadeiros milicianos da assembleia,.

  12. Deu num blog
    quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011 – 9:34 hs

    Por isso o mau cheiro nas imediações daquele poder…… a coisa vai feder!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*