Salário mínimo não ultrapassa R$ 545, diz Gilberto Carvalho | Fábio Campana

Salário mínimo não ultrapassa R$ 545, diz Gilberto Carvalho

Secretário-geral da Presidência disse em Dacar que não há mais negociação sobre o assunto

Da Agência Brasil

O secretário-geral da Presidência da República, ministro Gilberto Carvalho, afirmou hoje (8) que não há espaço para um aumento do salário mínimo acima dos R$ 545 propostos pelo governo, como pedem as centrais sindicais. “Na questão do mínimo, nós entendemos que não há mais negociação”, disse ele. “O acordo é bom, esperamos, até a última hora, trabalhar isso.”


Gilberto Carvalho participou hoje de uma mesa de discussões sobre a cooperação Sul-Sul no seminário Pensar Adiante: A Caminho do Novo Paradigma de Desenvolvimento, da Fundação Friedrich Ebert, no Fórum Social Mundial, que está sendo realizado na capital senegalesa.

O ministro defendeu a posição brasileira de optar pela diversificação de mercados, iniciada no governo Lula. “Países que apostaram na cooperação Sul-Sul estão numa situação nitidamente melhor do que os que se submeteram a tratados individuais.”


12 comentários

  1. Luis
    terça-feira, 8 de fevereiro de 2011 – 15:02 hs

    Só há espaço para aumento dos salarios da Presidente da Republica, Governadores, Deputados Federais, Deputados Estaduais, Prefeitos, Vereadores, Ministros do Supremo, Desembargadores, Juizes Federais, Juizes Estaduais, Presidentes e Diretores de Estatais , enfim, para esse pesssoal ai citado que são essenciais para o desenvolvimento no nosso querido Brasil. O povo trabalhador e os aposentados que contribuiram religiosamente durante 35 anos de suas vidas, esses não mereçem aumento.VIVA OS POLITICOS, VIVA O PT.

  2. jose
    terça-feira, 8 de fevereiro de 2011 – 15:42 hs

    Ver petistas dizendo que não dá para aumentar o mínimo além dos R$ 545,00, não tem preço….

    Cadê aquela turam toda? Cadê o dr. rosinha, o veneri, o vargas, o vanhoni…

    Cadê o luis gringo, cadê a salete???

    KKKKKKKKKKKKKKKKK

    Ah. agora eles vão dizer que tem-se que “governar com responsabilidade”…sim, porque por VINTE ANOS O PT ATRASOU O BRASIL!!!!!!!!!!

    E continua atrasando…e os caras ainda acham que é bom e aplaudem…

  3. Ferreirinha
    terça-feira, 8 de fevereiro de 2011 – 16:12 hs

    E como esse tal de Gilberto Carvalho sobrevive?

  4. Luis
    terça-feira, 8 de fevereiro de 2011 – 16:20 hs

    Jose, a Salete não, por favor. Deixe ela quieta.

  5. terça-feira, 8 de fevereiro de 2011 – 16:43 hs

    lulinha fala mau dos sindicatos falando que eles estao aproveitando ora lula vc fazinha muito mais agora agueta ? so do pt vc tem 12,000.de salario

  6. Mozinha
    terça-feira, 8 de fevereiro de 2011 – 18:13 hs

    Mas o brasileiro tem q aprender!
    Não votaram naquela Porcaria da Dilma???
    Agora aguenta essa miséria de salário de fome…

  7. Emerson Paranhos
    terça-feira, 8 de fevereiro de 2011 – 19:32 hs

    Manda o Batráquio barbudo falastrão viver com R$ 545,00. Ele iria meter a boca no trombone. Este valor não paga nem a manutenção do Botox da Madama dona Marisa. Quanta hipocrisia

  8. CAÇADOR DE PETISTAS
    terça-feira, 8 de fevereiro de 2011 – 20:23 hs

    Este é o verdadeiro governo petista. Para gastar milhões compropaganda da Caixa Federal e BNDS tem dinheiro.
    Para pagar pensão ao vagabundo Lula da Silva e outros parasitass tem mas, para pagar um salário dígno a quem realmente trabalhou e contribuiu para o crescimento do Brasil não tem dinheiro.

    Corja de safados.

  9. cezar
    terça-feira, 8 de fevereiro de 2011 – 21:28 hs

    Esse cidadão já está ´passeando?

  10. Cajucy
    terça-feira, 8 de fevereiro de 2011 – 22:28 hs

    “O acordo é bom”, diz Carvalho. Bom pra quem, cara pálida.
    Para o cidadão não é. Pode ser bom para o governo que gasta muito e mal, e não tem recursos – e deveria tê-lo – para melhorar o salário do trabalhador.

    É sempre assim. Para os associados, apaniguados, consorciados, agregados e oportunistas da hora, sobram recursos.

    Quando é para beneficiar o cidadão, não tem dinheiro para saúde, educação, segurança pública, habitação, transporte e, obviamente, menos ainda para melhorar o salário mínimo.

    No mínimo, uma vergonha!

    Em tempo: mas houve espaço para dobrar o salário dos parlamentares, também o da sra. Presidenta, entre outras conveniências. Será por quê?

  11. Antonio
    quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011 – 9:59 hs

    Não quiseram votar no Serra, que prometeu 600.00 agora aguenta o PT
    O brasileiro é assim só lembra do furo quando o ferrão entra e o pior que sofre todos juntos , por a maioria votar errado , os menos favorecidos financeramente se vendem por misérias a troco do voto e o resto que se lasque .
    Se tivesse uma lei para votar somente quem tem pelo menos uma formação , dai queria ver estes politcos se elegerem somente o que verdadeiramente faz , mais tem gente que vi ir votar e na estrada pedir para quem devo votar e ja deram um papelzinho para eles do PT até minha mãe ia votar no Pt por não saber de nada , troquei o papel dela e asssim foram muitos e muitos .

  12. quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011 – 11:36 hs

    É verdade que o PT NÃO É MAIS DOS TRABALHADORES BRASILEIROS, ELE FALA DAS TV BRASILEIRAS, DOS EMPRESÁRIOS, DOS AMERICANOS EUROPEUS, QUE IA A AJUDA OS MAIS HUMILDES, PESSOAS COM DOENÇAS A DE QUERIDA
    NO TRABALHO ELES BORDA COMO AUXILIO DOENÇA ENVIES DE SER DOENÇA ADQUIRIDA NO TRABALHO,

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*