Executivos japoneses consultam Richa sobre instalação de fábrica de pneus | Fábio Campana

Executivos japoneses consultam Richa sobre instalação de fábrica de pneus

O Paraná entrou novamente na rota dos investimentos externos. Nesta segunda-feira, o governador Beto Richa recebeu executivos de um grande grupo japonês que estão no país à procura de um local que ofereça vantagens para a implantar uma fábrica com capacidade para produzir 5 milhões de pneus por ano. Falou-se em abrir pelo menos 1.500 empregos.

Richa disse que o Paraná tem muito interesse em estreitar as relações com o Japão e vai verificar as possibilidades técnicas para atender os interesses da companhia. O secretário de Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul, Ricardo Barros, disse que o governo está reorganizando a política de incentivos fiscais, adequando as demandas dos diversos setores e em breve será lançado o programa Paraná Competitivo. “Vamos tratar essas empresas como parceiras. O Paraná quer a geração de empregos, impostos e a melhoraria da qualidade de vida”, ressaltou o Barros.


5 comentários

  1. JAIR CARNEIRO SARANDI
    segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011 – 17:35 hs

    Quem pode ajudar e o DEPUTADO FEDERAL LUIS NISHIMORI.

  2. antonio carlos
    segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011 – 20:25 hs

    Por favor, não tratem estes japoneses como Maria louca tratou aqueles outros, da Toyota, que queriam montar uma fábrica aqui. Picaram a mula, e não voltam mais. ACarlos

  3. LÉO
    terça-feira, 8 de fevereiro de 2011 – 7:23 hs

    Pau que bate em Chico tem que bater em Francisco também!
    Porque a Fábrica de Pneus BScouay foi EXPULSA do Paraná?
    Agora querem abrir as portas para os GRINGOS?
    SERÁ QUE A COMISSÃO É MAIOR?
    LEMBRANDO QUE A EMPRESA EXPULSA ERA GENUINAMENTE BRASILEIRA, E, SÓ EMPREGAVA MÃO DE OBRA PARANAENSE, E GRAÇAS AO ILÚSTRE GOVERNO, DEIXOU CENTENAS DE DESEMPREGADOS.
    PARECE SER MAIS FÁCIL PAGAR BOLSA FAMÍLIA DO QUE DEIXAR O POVO TRABALHAR HONESTAMENTE……POR ISSO É QUE A CRIMINALIDADE CRESCE TANTO NESTE PAIS…..SER HONESTO E TRABALHADOR NÃO É FÁCIL!

  4. Francisco de Assis
    terça-feira, 8 de fevereiro de 2011 – 9:31 hs

    Em 1 990 os japoneses consultavam o Ricardo Barros em Maringa sobre instalação de fabricas. A cada mes vinha uma noticia: japoneses consultam a prefeitura sobre instalação de industria em Maringa. Passados 21 anos, Maringa ainda não conta com nenhuma instalação de industrias japonesas, tão “maketinglizadas” naqueles aureos tempos, da “industrialização” de Maringa. O Pparana esta indo pelo mesmo caminho,

  5. antonio carlos
    terça-feira, 8 de fevereiro de 2011 – 19:15 hs

    Os japoneses não conseguiram instalar a fábrica em Maringá é porque não conseguiam convencer o prefeito. Daí Maringá não ter fábrica de pneu. ACarlos

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*