Decisão sobre vaga na AL é adiada | Fábio Campana

Decisão sobre vaga na AL é adiada

Do Blog da Joice

A decisão sobre a suplência da vaga deixada na Assembleia Legislativa pelo secretário Luis Cláudio Romanelli, do PMDB, foi adiada. Hoje, um julgamento sobre o caso foi realizado no Tribunal de Justiça do Paraná, e o desembargador Paulo Cezar Bellio pediu vista para reexaminar o processo. Com isso, o caso deve ser julgado novamente no dia 28 de fevereiro.

Elton Welter e Gilberto Martin disputam o posto. Welter assumiu a vaga na semana passada, mas Martin conseguiu uma liminar e atualmente é quem ocupa a cadeira. O resultado do julgamento pode influenciar o caso de um outro deputado estadual, Duílio Genari (PP), que assumiu a vaga deixada pelo agora secretário-Chefe da Casa Civil, Durval Amaral (DEM). Neste caso, o primeiro suplente do partido, o vereador Sabino Picolo, pode assumir a cadeira.


6 comentários

  1. Sergio silvestre
    sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011 – 17:00 hs

    Qual é a metade de dois mais dois,não não é isso que voce pensou,é tres,facil, simples,raciocinar rapido,pronto.
    Mas os nossos juizes! Uma lástima,será que uma pedra não é uma pedra,ou será que trabalham para os advogados ganharem dinheiro,tem angu nesse caroço.Não é possivél,tanta enrolação pra saber se este ou aquele tem direito.
    É porisso que tem montanhas de processos,e so julgam os dos amigos e os de conveniencia. Eta senvergonhice meu.

  2. Novela
    sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011 – 17:05 hs

    A Seguir Cenas do Próximo Capitulo!!!

  3. sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011 – 22:19 hs

    ACHO QUE NINGUEM TEM DUVIDAS O MANDATO E DO PARTIDO .

  4. ELOHIN
    sábado, 19 de fevereiro de 2011 – 12:59 hs

    Não se muda regra no meio do jogo!!!
    No mínimo e falta de honestidade, nesse caso ética profissional!!!
    Quando e feita uma coligação essa coligação tem CNPJ e responde juridicamente pelo prazo de determinada eleição, correto?
    Então a vaga sera sempre do mais votado e por conseqüência assim por diante independentemente do partido que o candidato seja na coligação.
    Em caso de desistência ou licença assume o suplente mais votado da coligação, outro raciocínio fora este e errado.

  5. segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011 – 21:12 hs

    VERDADE COGACAO TEM CNPJ QUE ACABA NO DIA DA ELEICAO POR TANTO A COLIGACAO E SO PARA A ELEICAO.

  6. ha hora essa bairro alto
    sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011 – 9:44 hs

    isso so mostra que o povo não tem vontade e so o que eles querem esses mal políticos que mudão como e quando eles querem e nós ficamos refem desses f d p

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*