Além dos grampos, havia uma câmera de vídeo no antigo gabinete de Rossoni | Fábio Campana

Além dos grampos, havia uma câmera de vídeo no antigo gabinete de Rossoni

Os peritos que continuaram o trabalho de varredura na Assembleia Legislativa encontraram no final da tarde deste domingo (06) câmera de vídeo e equipamento de áudio nas instalações da 2ª secretária, ocupada anteriormente pelo presidente Valdir Rossoni. A câmera de vídeo estava instalada no antigo gabinete de Rossoni e na antessala o equipamento de escuta. Os materiais encontrados foram levados pela perícia para a polícia científica.

Um pouco antes, os peritos já haviam localizado mais um aparelho de escuta telefônica na Assembleia. O equipamento havia sido colocado estrategicamente na central telefônica e permitia escutar todas as conversas feitas a partir de um ramal que funcionava no plenário, na sala de apoio à presidência.

De acordo com o presidente Valdir Rossoni (PSDB), essa é uma situação inaceitável. O 1º secretário Plauto Miró (DEM) destacou a importância dessas medidas de segurança que estão sendo implementadas nesta primeira semana como forma de garantir um trabalho pleno, correto e transparente em todas as áreas do Legislativo.


GRAMPO ATIVO

Alfredo Ibiapina, diretor da empresa de segurança Embrasil, contratada para realizar a varredura no Legislativo, explicou que o equipamento instalado na central telefônica podia ser acionado a qualquer momento. “É um grampo ativo, mas não podemos, no momento, informar a quanto tempo ele estava instalado”,

O perito em sistemas de segurança da Embrasil, Antonio Carlos Walger informou que o grampo descoberto neste domingo permitia captar, retransmitir e gravar qualquer conversa feita através do ramal telefônico numa distância de até 100 metros. A sala da telefonia foi isolada e passou por uma perícia técnica. De acordo com Ibiapina, o trabalho de varredura deve ser concluído em uma semana.

Para Rossoni, a Assembleia está parecendo “o Palácio do grampo”. Ele disse não se surpreender com os equipamentos de vídeo e áudio encontrados na sua antiga sala. “Eu já tinha esse receio e a minha desconfiança foi confirmada. Tudo isto que está sendo revelado demonstra o grau de insegurança e o risco a que todos estávamos expostos”.


7 comentários

  1. Dudu nobre
    segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011 – 15:48 hs

    Vamos falar serio e parar com essa palhaçada que o Rossoni ta armando, isso esta se tornando ridiculo, ta na cara que foi ele que mandou botar tudo isso para se fazer de vitima, empresa particular fiscalizando, que vergonha.

  2. Xuxa Mafalda
    segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011 – 16:07 hs

    Plautinho, toma cuidado, seu menino!!!

    Você é um homem tão bom para se envolver com isso…

  3. tiririca
    segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011 – 17:20 hs

    Pergunta pro Romanelli se não foi o antigo patrão dele que mandou instalar essa arapongagem lá.

  4. Borduna
    segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011 – 17:39 hs

    Olha, só acredito nisso se Rossini e Plauto denunciarem a presidência e a secretaria anteriores. Continuam a adular Justus e Curi,portanto são cúmplices…

  5. antonio carlos
    segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011 – 20:36 hs

    Concordo, não adianta ficar falando que o tal Tôca é isto e aquilo, e o Justus e o Alexandre Curi eram o quê? Bater em cara caído é moleza, quando é que vão bater nos caras que realmente merecem apanhar? Até agora só os bagrinhos foram para a fita. ACarlos

  6. Ipês
    segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011 – 23:06 hs

    Borduna, fala no nome de todos… Tem que abrir a caixa preta do Anibal, do Pessuti, do Hermas, etc…

  7. pimenta
    quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011 – 20:36 hs

    MEU DEUS …PARECE CAMPANHA DE POLITICO…..SO TEM MENTIRA NO GRAN CIRCO RAPOSSONI….

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*