Vigilantes de bancos entram em greve no dia 1º de fevereiro | Fábio Campana

Vigilantes de bancos entram em greve no dia 1º de fevereiro

Os vigilantes do Paraná entrarão em greve a partir da zero hora do dia 1º de fevereiro. Esse é o resultado da segunda rodada de negociação realizada nesta segunda-feira (17).

Com uma contraproposta que não atende às reivindicações da categoria por melhores salários e condições de trabalho, a categoria fará uma paralisação por tempo indeterminado. No dia 26 os vigilantes definirão pela greve em assembleia geral.

Com a categoria em greve os bancos não poderão funcionar devido à lei 7.102 que não permite a abertura de uma agência bancária sem a presença de, no mínimo, dois vigilantes.


2 comentários

  1. osmar silva.
    segunda-feira, 17 de janeiro de 2011 – 23:29 hs

    se vcs tem direito a greve façam, ja nao chega a policia militar que esta amarrada sem direito a greve noa percam a oportunidade

  2. Vigilante do Portão
    terça-feira, 18 de janeiro de 2011 – 13:13 hs

    Álgumas carreiras, não podem fazer greve.
    É assim.

    Policia´é uma delas.

    Ao ingressar, por concurso, o policial sabe o salário e sabe que NÃO PODE FAZER GREVE.

    Quem não quer, não faz o concurso.
    Caso já seja policial?
    Basta pedir para sair.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*