Último holofote | Fábio Campana

Último holofote

Enquanto Beto Richa iniciava seu discurso sob os aplausos das pessoas que acompanham a posse, o ex-governador Orlando Pessuti atendia a imprensa. Pouco antes de ir embora, ele afirmou que o PMDB não tem um nome forte para concorrer a prefeitura de Curitiba. Ele ainda disse que falta densidade eleitoral para concorrer com os pré-candidatos existentes.

Pessuti disse ainda que seu partido precisa sentar e avaliar sua posição diante do novo governo do PSDB. Como em sua gestão, o PMDB ocupa alguns cargos, embora nenhum estratégico.


3 comentários

  1. Lucas Garcia
    sábado, 1 de janeiro de 2011 – 13:33 hs

    Esse não vai deixar NEHUMA saudade!

    Já vai tarde Pessuti!!

    Vá e não volte nunca mais!

  2. maria jose nunes teixeira
    sábado, 1 de janeiro de 2011 – 13:49 hs

    JA VAI TARDE, DESLUMBRADO…………

  3. maria jose nunes teixeira
    sábado, 1 de janeiro de 2011 – 14:51 hs

    ESSE EX – GOVERNADOR, É UM VERDADEIRO BOBO ALEGRE.. BOBO DA CORTE.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*