Porto dos crocodilos | Fábio Campana

Porto dos crocodilos

De Eduardo Schneider do Hora H News

As crocodilagens feitas no Porto de Paranaguá durante o governo Requião foram tantas e tais que trouxeram de volta esse papo de federalização ou intervenção federal. Não deixa de ser irônico que todo aquele discurso besta todo aquele cacarejar sobre a eficácia do irmão Dudu na condução portuária tenham resultado numa ameaça do Paraná perder o controle sobre o Porto.

É evidente que as aberrações produzidas durante o período Requião, como proibição ao embarque de soja transgênica, protelação criminosa na dragagem (para ensejar a compra da draga chinesa superfaturada) não eram ignorados pelo governo federal. Na época não se cogitou de tomar medidas mais fortes porque, apesar dos pesares, o Estado era comandado por um aliado do governo federal. Essa conversa de federalização volta à tona apenas depois que um governo do PSDB assumiu o comando do Estado.


17 comentários

  1. Galaxy
    quarta-feira, 26 de janeiro de 2011 – 12:37 hs

    Lamentável que esse “senhor” tenha na certidão de nascimento o estado do Paraná…

  2. Jose Carlos
    quarta-feira, 26 de janeiro de 2011 – 12:39 hs

    A verdade é que um porto desta importância e envergadura não pode ficar adstrito aos interesses locais, paroquiais, provinciais, sobretudo, quando falamos da quinta comarca que, politicamente, não passa de uma roça, um Piauí do Sul… um lugar de atraso político e administrativo, de visão estratégica que não vai além da cerca do pomar e da roça de milho do quintal… políticos caipiras e coronelistas, que não enxergam além das pontas de seus narizes e suas panças e dos cargos para parentes e apaniguados… independentemente da marca partidária federal, um porto como precisa ser administrado com visão nacional, de inserção internacional, e não como um negócio para caipiras… sua salvação é a privatização, como em qualquer civilizado do mundo ocidental…

  3. DO LITORAL
    quarta-feira, 26 de janeiro de 2011 – 12:40 hs

    QUE PENA !
    SÓ QUE ESTA IDÉIA DE INTERVENÇÃO PARTIU DO PESSOAL DOS TUCANOS.
    AGORA SENTA !

  4. Borduna
    quarta-feira, 26 de janeiro de 2011 – 12:41 hs

    Sobre a federalização, qual é posição de Beto Richa?

  5. Bravinho
    quarta-feira, 26 de janeiro de 2011 – 13:04 hs

    Nossa senhora, hoje vemos como é que o Paraná estava cercado e mau dirigida família imperialista colonialista, estava mandando e desmandando nos últimos 8 anos, mas creio que a culpa é nossa mesmo, neste período por duas vezes tivemos a chance de mudarmos o rumo da historia, e ainda os paranaenses fecharam com chave de ouro esta trajetória, dando ao Rei um trono de 8 anos para que ele realize suas sandices e verborragias.
    Poderíamos colocar o Paraná como um dos locais onde se perpetuam historias para filmes de comedia e terror, concorrendo a oscars de melhor ator e melhor ator coadjuvante. Exemplos de bons filmes perpetrados.
    1- O Reiqueijão e os 40 ladrões. (gênero Fabula e comédia)
    2- A Saga do professor aloprado na fundepar. (Baseado em fatos verídicos)
    3- Vovó Naná e a draga fantasma. (baseado na novela de Spilberg).
    4- A revolta do Secretario Chucky, o boneco assassino. (terror)

  6. xereta
    quarta-feira, 26 de janeiro de 2011 – 14:31 hs

    Ué! Se não conseguem cuidar do porto, que entreguem a quem cuide. Pelo menos os paranaenses não vão mais sustentar esses ladrões, só os que sobrarem nos gabinetes.

  7. Curitibana
    quarta-feira, 26 de janeiro de 2011 – 14:41 hs

    O estado por 8 anos esteve num limbo economico , onde os desmandos do rei , trouxeram atrasospara nós e evolução para o estado vizinho .
    Como falou muuuuito bem Jose Carlos viramos um Piaui do Sul , estamos atrasados anos luz em turismo , infra estrutura etc em relação aos estados da região.
    Gostaria que todos os nossos politicos tivessem escutado ontem o discuso do Pres. Obama , ele fala em futuro , em fazer coisas para 20 , 30 anos , aqui só pensam no período do seu mandato medíocre e como enriquecer a family.

  8. quarta-feira, 26 de janeiro de 2011 – 14:51 hs

    Nem privatização, tão pouco devolver ao governo federal, esta na hora de um funcionário de carreira da APPA fazer acontecer, vamos dar força ao Sr Superintendente e ajuda-lo.

    Mas ainda assim temos que agradecer, imagina se o porto cai nas mãos do atual prefeito?

    Essas horas tieriamos buracos até no cais.

  9. Zangado
    quarta-feira, 26 de janeiro de 2011 – 14:53 hs

    A grande verdade é essa – se o governo Richa realmente tomar medidas, de sua alçada, condizentes com a situação de descalabro no Porto, adequando a entidade ao cumprimento de suas finalidades, seria interessante ao Estado manter o Porto com autarquia de sua estrutura.

    Caso contrário, é melhor que seja federalizado, posto que para ter uma entidade, qual Hidra de várias cabeças rapinando o patrimônio público e sem que o pulso do Estado nela esteja (houve Secretários de Transporte que sequer estiveram no Porto durante sua gestão, a tal ponto a consideravam terreno proibido ou dominio de terceiros), não compensa.

    Até porque, pelo andar da carruagem, parece que o Porto será um grande exportador de pizzas …

  10. PERCI LIMA
    quarta-feira, 26 de janeiro de 2011 – 15:12 hs

    ESSE AÍ DE CIMA, É A CARA DO REQUIÃO. ALIÁS, ACHO QUE É A VÓ NANÁ. NÃO, ACHO QUE É O REQUIÃO.

    Ô DÚVIDA CRUEL, VÓ NANÁ, REQUIÃO, REQUIÃO, VÓ NANÁ, VÓ NANÁ OU REQUIÃO?

    REQUIÃO!!! OU VÓ NANÁ? SEI LÁ, ELES SÃO TODOS IGUAIS!

  11. observando
    quarta-feira, 26 de janeiro de 2011 – 15:42 hs

    Para “nós” os votantes, para o Querido Paraná. Qual a diferença? Para os desonestos AOS QUE MAMAM, tanto faz …
    Que bom, aproximando o dia em que não mais ouviremos ou leremos sobre Vovó Naná, TV Laranjas, Rancoroso, vingador. Por não falar em aposentadorias de ex-, daqueles que não contribuem para a previdência durante 30, 35 anos, parasitas dos infernos!

  12. quarta-feira, 26 de janeiro de 2011 – 15:50 hs

    Infelizmente as coisas vem a limpo depois das eleições, senão vejamos: As maracutais da familia Requião atrasou o Paraná com o Porto, Pedagios, falta de infra estrutura, perseguição politica, acusações infundada (Requião passou 8 anos falando mal do Lerner prá encobrir sua propria roubalheira), nosso litoral onde o mar é o mesmo de SC e nunca foi feito nada prá melhorar e atrair turistas, inventaram febre aftosa, problema dos transgenicos e um monte de barbaridades. No governo federal o Lula deixou um rombo enorme nas dividas publicas..ele saiu bem e a conta nós vamos pagar. Aí entra um cara cheio de boas intenções, bota o estado nos eixos, depois alguem assume e volta tudo de novo ao mundo do faz de conta, com fuxicos, roubos e mentiras…Assim caminhamos…

  13. joao damasio
    quarta-feira, 26 de janeiro de 2011 – 15:52 hs

    Deixe a nova administração do Porto trabalhar… Agora as coisas voltaram a acontecer no Porto com as medidas urgentes que precisavam ser tomadas há 10 anos. Confio neste superintendente da APPA !

  14. PARANÁ
    quarta-feira, 26 de janeiro de 2011 – 17:10 hs

    É SÓ NÃO TER RELEIÇÃO.( PARA TODOS ATÉ PARA VEREADOR). QUE OS PROBLEMAS SERÃO MENORES.

  15. quarta-feira, 26 de janeiro de 2011 – 18:16 hs

    E AINDA TEM GENTE DO REQUIÃO NO PORTO, É ISSO MESMO,
    AINDA FICARAM O COMISSIONADOS DO GOVERNO ANTERIOR, E AINDA TROUXE A SECRETARIA DE CONFIANÇA DO EDUARDO PORQUE O EX-SUPER DANIEL DESCONFIOU DELA E EXONEROU ELA DO CARGO E AGORA O ATUAL SUPERINTENDENTE AIRTON MARON, TROUXE DE VOLTA, E DAI BETO COMO FICA, VAI DEIXAR ESTE PESSOAL DO REQUIÃO CONTINUA LA, COMO PODE VOCE DEIXAR ELES FICAREM E VOCE DIZIA QUE TODOS OS COMISSIONADOS DO GOVERNO ANTERIOR SERIAM MANDADOS EMBORA E VOCE TEN PALAVRA, AGORA O PESSOAL QUE TRABALHOU PARA VOCE ESTÃO DE FORA. HAHAHAHAHA….

  16. JACARÉ
    quarta-feira, 26 de janeiro de 2011 – 21:41 hs

    Esse aí, pra quem não sabe, é igual a jacaré… se defende com o rabo…

  17. Juiz Falcone
    quinta-feira, 27 de janeiro de 2011 – 10:18 hs

    O Porto de Paranaguá é Federal ( Pertence a União), cedido ao Estado
    ( Paraná ) através de convenio, portanto não é estadual tão pouco municipal (Paranaguá). Imbecilidade falar que o Sr. Governador Beto Richa, irá “privatizar” o porto. Basta comparar a eficiencia do TCP (Terminal de Containerers de Paranaguá ) concessão á iniciativa privada , da era Lerner,com a falta de infra-estrutura do porto público ( Dom Pedro – Paranaguá). Antes um porto cedido a iniciativa privada por convenio, eficiente, sujeito a uma economia de mercado, concorrendo com Santos, Itajaí, São Francisco do Sul, Navegantes e Itapoá, que um “cabide de empregos” de familiares e apadrinhados, incompetentes, corruptos e ladrões. Desconfio da lisura do concurso publico efetuado durante a gestão do “crocodilo”. Logistica portuária e comércio exterior é para quem é do ramo e não aventureiros.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*