PAC Cidades Históricas traz R$ 205 milhões ao Paraná | Fábio Campana

PAC Cidades Históricas traz R$ 205 milhões ao Paraná

Sete municípios paranaenses foram incluídos no programa. Recursos serão usados na recuperação de praças, prédios e monumentos

Bianca Garmatter e Fabiula Wurmeister, da Gazeta do Povo

Os projetos contemplados pelo braço cultural do Plano de Aceleração do Crescimento preveem ao menos 153 ações que incluem desde obras de recuperação de praças, prédios e monumentos históricos até o trabalho de educação e conscientização de estudantes da rede pública voltado para a valorização do patrimônio histórico e cultural do estado. Do poder público municipal, os projetos também devem receber contrapartidas, que podem chegar a 20% do valor da obra.

Paranaguá, Guaratuba, Castro, Antonina, Lapa e Morretes assinaram os Acordos de Preservação do Patrimônio Cultural (APPC) no último mês. Das sete que receberão os recursos do governo federal, Curitiba é a única cidade que ainda não oficializou o acordo, o que, segundo a Superintendência do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional no Paraná (Iphan-PR), deve ser feito neste mês.


10 comentários

  1. Cabeza de vaca
    sábado, 8 de janeiro de 2011 – 15:19 hs

    Vê se aplicam bem a grana nessa cidades!

  2. Eu Docia
    sábado, 8 de janeiro de 2011 – 15:55 hs

    Em Curitiba, não se esqueçam do prédio do MIS, na Barão do Rio Branco.

  3. antonio carlos
    sábado, 8 de janeiro de 2011 – 16:59 hs

    Por favor, deixem a minha querida Guaratuba de fora, Por quê? Porque se a grana cair lá, ela some na hora. E vamos continuar vendo a Igreja Matriz se desmando diante dos nossos olhos. ACarlos

  4. Vigilante do Portão
    sábado, 8 de janeiro de 2011 – 17:15 hs

    Quanta ingenuidade.

    Pensem comigo:

    Para o tal PAC da habitação, foram liberados 22% da verba prometida.

    Quem acredita que o dinheiro para as cidades históricas vai chegar?

    MENTIRA, mais uma MENTIRA da DILMA.
    É cria do LULA, grande MENTIROSO.

  5. CAÇADOR DE PETISTAS
    sábado, 8 de janeiro de 2011 – 20:56 hs

    Mais uma vez, o PAC da mentira.

  6. OSSOBUCO
    domingo, 9 de janeiro de 2011 – 11:32 hs

    Corra Curitiba, corra!!!!!!!!!!!!

  7. domingo, 9 de janeiro de 2011 – 16:04 hs

    eita nóis,agora que o baka vai faze a festa sô

  8. CAÇADOR DE PETISTAS
    domingo, 9 de janeiro de 2011 – 20:29 hs

    Porque é que não começam a pensar em tirar as famílias que residem em morros (áreas de risco), Brasil a fora. É como as Olimpiadas e Copa do mundo, Bândidos, vocês são bânmdidos, se aporveitam da ausência de cerebros dos coitados para fazer campanha política.

  9. Ammrante mello rego
    domingo, 9 de janeiro de 2011 – 20:56 hs

    GUARATUBA E´TERRA DE QUEM,DO SR CURY OU JUSTUS,É MELHOR O GOVERNO,NÃO PEGAR EMPREITEIROS DAI PARA FAZER AS RESTAURAÇÕES,ESTOU AQUI EM LONDRINA PRONTO PARA BAIXAR AI COM MINHA EQUIPE DE RESTAURADORES,SE A COISA FOR LIMPA SEM JABACULE PRA NENHUM MALACO, MAS ACHO QUE É MUITA GRANA,SÓ ACREDITO NESSES BALÕES DE ENSAIO QUANDO A COISA TÁ NA MÃO

  10. CUBA LIBRE
    terça-feira, 11 de janeiro de 2011 – 23:51 hs

    Tenho dúvida se esses recursos serão aplicados na preservação do Patrimônio Cultural ou no “patrimônio pessoal” de uns e outros…
    Não faltam verbas para os municípios, mas sobram obras inacabadas, superfaturadas e mal administradas!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*