Justiça impede mais prisões no escândalo do porto | Fábio Campana

Justiça impede mais prisões no escândalo
do porto



Ex-superintendente da Appa, Daniel Lúcio de Oliveira de Souza (foto), deve ser interrogado hoje no Rio de Janeiro

Mara Andrich e Roger Pereira do Paraná Online

O delegado da polícia federal de Paranaguá, Jorge Nazário, responsável pela operação Dallas, que cumpriu 10 mandados de prisão por desvio de carga e fraudes em contratações e licitações no Porto de Paranaguá, confirmou, ontem, que a Polícia Federal havia pedido mais mandados de prisão para Justiça, mas só teve autorização judicial para 10 prisões.

O delegado não disse se entre as outras prisões solicitadas estariam a do ex-superintendente do porto, Eduardo Requião, ou do ex-secretário especial de governo, Luiz Mussi (eleito suplente de Roberto Requião para o Senado).

“Foram pedidas outras prisões sim, mas não foram autorizadas. Agora, cumpridos os 10 mandados que conseguimos, vamos prosseguir com os depoimentos a análise de provas para, se preciso, investigarmos mais pessoas”, disse o delegado, sem antecipar nomes ou, sequer, números.

Nazário confirmou, também, que parte do dinheiro adquirido pela quadrilha nas operações irregulares no porto foi destinada a campanhas políticas. Como nenhum político está entre os 10 presos, a investigação ainda pode respingar em candidatos da eleição de 2010.

Apesar de não terem sido alvo de mandado de prisão, Eduardo Requião e Luiz Mussi tiveram suas residências revistadas pela PF e documentos e computadores apreendidos em cumprimento a mandado de busca e apreensão.


14 comentários

  1. joao conrado
    sexta-feira, 21 de janeiro de 2011 – 12:24 hs

    MUSSI, É O QUE SABE DE TUDO DA FAMILIA REQUIAO..

    APERTA QUE ELE CONTA..

  2. luiz
    sexta-feira, 21 de janeiro de 2011 – 12:25 hs

    Justiça impede?!?
    OH! Jornalista. Por acaso não é a Justiça que manda prender? Se ela não mandou prender, ninguém pode prender.
    Depois que controlarem a língua da imprensa, vão reclamar pro Papa.

  3. Marcos A. Cordeiro
    sexta-feira, 21 de janeiro de 2011 – 12:45 hs

    Taí, mais um indício que a JUSTIÇA, no Brasil é dúbia, conivente, corrupta, permissiva.
    Isso é para proteger, os grandes poderosos que pagam propina em benefício da liberdade e conlúio!
    Acorda Brasil, Acorda Paraná, Acorda Paranaguá!

  4. MACACO SIMÃO
    sexta-feira, 21 de janeiro de 2011 – 12:53 hs

    Onde será que anda o JOÃO FEIO (testa do PESSUTÃO) com este operação da P F no Porto. O FEIO pulava mais que passista de escola de samba no porto, se a PF colocá-lo no torniquete o homen conta tudo e mais um pouco.

  5. Diogo de Almeida
    sexta-feira, 21 de janeiro de 2011 – 13:16 hs

    Esquisito solicitarem a prisao e a INjustiça, não deixar…algo não cheira bem…..me preocupe se os planos não é acabar em pizza(pra variar)…Pergunto a Justiça…CADE o nosso DINHEIRO que sumiu?? Por que nao prender? Juízes, advogados(OAB) tambem tem que ser alvos de investigações, pois alguns tambem se corromperam nessa maré de lama atual!

  6. VLemainski-Cascavel
    sexta-feira, 21 de janeiro de 2011 – 14:06 hs

    Proibir prisões? Por quê?
    Será que entre os suspeitos não estão políticos, advogados e juízes?
    Ou será que não seria para dar tempo para eliminar provas?
    Juiz que se presta não amarela!….

  7. bimbo
    sexta-feira, 21 de janeiro de 2011 – 14:40 hs

    Tem gente grande que “come na mão” do Dudu & Maria Louca,
    por isso não sai mandado de prisão para êles.

  8. sexta-feira, 21 de janeiro de 2011 – 14:42 hs

    ufa se fose peixe pequeno ja estava levando borraxada mais e peixe graudo ate a justiça protege talves o povo esta com o rabinho preso com esta turma do porto vamos parana vamos

  9. sexta-feira, 21 de janeiro de 2011 – 14:43 hs

    COMO A JUSTIÇA IMPEDE! TEM MAIS QUE AUTORIZAR AS PRISÕES DESTE GATUNO E SEUS QUARENTA LADRÕES RSRSRS…
    COMO DEVE ESTAR ARREPENDIDO O SENHOR MAMONA, DE NÃO OUVIR AS DENUNCIAS DO SR. LEOPOLDO, O CARA FEZ A DENUNCIA PENSANDO QUE O MAMONA NÃO SABIA DE NADA E NO FINAL O MAMONA O EXONEROU DO CARGO.SR. LEOPOLDO DEVE ESTAR SORRINDO AGORA. É ISTO AI , TEM POUCAS PESSOAS HONESTA…
    E O MAMONA JA SABEMOS QUE N/AO É, ONDE ESTA AQUELA , MEU GOVERNO É TRANSPARENTE…
    FRUET JA ESCOLHA A COR DO TERNO PARA A POSSE, VOTEI EM VOCE E QUERO VE-LO LÁ NO SENADO, SE DEUS QUIZER .
    PORQUE ESTE MAMONÃO TEM QUE SER CASSADO.

  10. MARIA ALMEIDA
    sexta-feira, 21 de janeiro de 2011 – 15:27 hs

    È só a Policia Federal ir até Balneario Shangri-la, em Pontal Do
    Parana e perguntar para os nativos os imoveis e carros que o Joao Feio andou comprando nesses ultimo 8 meses.
    Pergunte tambem quanto Joao Feio gastou no dia da eleição pra Governador? Distribuiu dinheiro como nunca visto naquelas paragens, sem nenhum pudor ou medo.
    Onde sera que arranjou tanto dinheiro?
    Um detalhe: nada esta no nome dele, nem os carros e motos que anda.

  11. Jacare do Mal
    sexta-feira, 21 de janeiro de 2011 – 16:14 hs

    Entrega a tigrada na mão do Bope que eles ja piam falam tudinho, quando aturma de preto pega um marginal da pesada, bandidão mesmo, quando o cara ve eles abrirem aquele camburão escuro ja vai falando tudo, com esta turma tem que agir assim abriu aporta do camburão eles vaõ falando pois estes caras são covardes, piam ja ja .

  12. sexta-feira, 21 de janeiro de 2011 – 16:32 hs

    POR FALA EM IMPRESSA CADE AS MANCHETES DOS CORUPTOS NAO ESTOU A VER NADA VAMOS DIVULGAR

  13. Alemão
    sexta-feira, 21 de janeiro de 2011 – 20:45 hs

    Esse juiz tem parte nos dolares do Dudu? Será………….

  14. Vigilante do Portão
    sábado, 22 de janeiro de 2011 – 8:17 hs

    A “batata” do Daniel, tá assando.

    Entrega tudo Daniel.

    MIAMI é perto de Cuba,
    O Mano Dudu pode ir “cortar cana” em Cuba.

    Melhor, pode enrolar folhas de fumo, para fazer charuto.

    É menos desgastante.

    Quem sabe os Castro, podem entregar ao mano Dudu o comando do novo porto, aquele que está sendo construído com dinheiro do BNDES, “emprestado” pelo Lula.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*