Isfer diz que tarifa de ônibus vai subir, mas não sabe quanto | Fábio Campana

Isfer diz que tarifa de ônibus vai subir, mas não sabe quanto

Presidente da Urbs evita falar em números e diz que dissídio não deve ser de 15% como quer categoria

Denise Mello e Rodrigo Bialli da Banda B

O usuário do transporte coletivo da capital pode ficar certo de que a tarifa, que hoje é de R$ 2,20, irá sofrer reajustes, porém, segundo Marcos Isfer, presidente da Urbs, ainda é cedo para precisar qual será o valor real da nova passagem. Em entrevista à radio Banda B, Isfer afirmou que o novo preço somente poderá ser fechado depois de uma série de estudos e levantamentos, entre eles o embate envolvendo o dissídio anual de motoristas e cobradores da capital.

“Estamos com o mesmo valor desde 2009. Tivemos uma série de outros reajustes que não foram repassados em 2010, mas não podemos falar nada antes de fevereiro”, afirmou Isfer, que disse ainda que ao contrário do que espera o Sindicato dos Motoristas e Cobradores nas Empresas de Transportes de Passageiros de Curitiba e Região Metropolitana (Sindimoc), o reajuste salarial deve girar em torno da inflação (5%) e não deve chegar aos 15% como quer a categoria “Mas essa é uma negociação entre as empresas e os trabalhadores”, afirmou.

Rebatendo as projeções feitas por especialistas e divulgadas hoje pelo jornal Gazeta do Povo, o presidente não confirma o valor de R$ 2,50 para a nova tarifa. “Isso é um pouco de bola de cristal. É impossível prever antes de fazer os levantamentos. São vários insumos envolvidos na operação”, declarou.

Quando questionado sobre o novo formato de licitação do transporte coletivo, que entrou em vigor no mês de dezembro de 2010, e envolve a renovação da frota, limpeza dos terminais e outros fatores, Isfer fez um balanço positivo da implantação da medida. “São 359 novos veículos, a limpeza do transporte está sofrendo alterações, linhas estão sendo redimensionadas. É uma nova metodologia de contrato e a população irá sentir isso”, concluiu. Segundo ele, não há nenhuma relação direta das exigências feitas na licitação com o novo valor da tarifa.


4 comentários

  1. asshi
    terça-feira, 4 de janeiro de 2011 – 11:35 hs

    Quando a Prefeitura vai parar de repassar diretamente os valores de reajustes de motoristas e cobradores para a passagem. A verdade é que este sistema esta falido. Não tem como a população arcar com estes custos. Sempre a mesma lenga a lenga. Ano após ano é papo de planilha, etc…
    O sistema esta sendo trocado por motos. São mais rápidas, econômicas e não fazem greve!!

  2. Vigilante do Portão
    terça-feira, 4 de janeiro de 2011 – 13:48 hs

    Mais um “bom serviço” da RPC/Gazeta.

    Fazer ese alarde todo, para depois dizer que haverá aumento, não se sabe quando…..

    Bem coisa de Pilantra.

    O último aumento foi em 01/2009.
    Nesses 2 anos, salários dos motoristas e cobradores aumentaram;
    Veículos e peças SUBIRAM dce preço;
    Pneus subiram.

    A manutenção dos terminais, limpeza, por exemplo, subiu de preço.

    Naturalmente as tarifas serão reajustadas.

    Parece elementar.

  3. PIT ESTOPA
    terça-feira, 4 de janeiro de 2011 – 17:49 hs

    Tarifa única?
    Quem mora perto não quer mais subsidiar quem mora longe e estão indo a pé ou de carro o que faz lotara as ruas da cidade de carros nos horário de saída do serviço.
    Tente embarcar ou desembarcar dos expressos em dias chuvosos, é uma falta de respeito para com o usuário.
    O sistema de portas únicas para embarque e desembarque nas estações tubo da praça eufrasio correia é uma brincadeira.

  4. André Sobania
    terça-feira, 4 de janeiro de 2011 – 23:19 hs

    Olha Olha vejam só aumentar a tarifa de um sistema de transporte coletivo sucateado e falido como disse o amigo de cima.
    Estações tubos totalmente deterioradas,frota abaixo alias muito abaixo do que era antes dessa licitação mandrake que foi feita e reduziu os onibus pela metade acho que é isso.
    Vale lembrar que se curitiba quer ser a cidade sede da copa tem que aumentar e muito sua frota de transporte coletivo assim como a qualidade.
    E lembro ao nobre Marcos Isfer que as eleições estão ai ano que vem é a hora do pega pra capar e lembro que essa promessa de renovação de frota é antiga e é sempre o mesmo bla bla bla.
    Pelo visto vai ser facil em debates o Gustavo Fruet desancar o Ducci pois o que está de bom na Cidade meu querido Governador Beto Richa é que fez

    Att

    André Sobania

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*