Flávio Arns tomará medidas emergenciais para a Educação | Fábio Campana

Flávio Arns tomará medidas emergenciais para a Educação

O vice-governador Flávio Arns assumiu nesta segunda-feira (3), em Curitiba, a Secretaria de Estado de Educação, com a missão de tornar a educação pública do Paraná na melhor do país. Durante a solenidade de transferência de cargos, realizada na sede da secretaria, onde estavam presentes cerca de mil pessoas, Arns firmou o compromisso de convocar, ainda este mês, 30 mil professores e funcionários temporários para serem contratados em regime do Processo Seletivo Simplificado (PSS).

Esta será a principal ação a ser tomada para garantir que não faltem professores nas salas de aula a partir de 8 de fevereiro, data em que se inicia o ano letivo de 2011 para cerca de 1,8 milhão de estudantes. O secretário reforçou que é preciso tomar as medidas cabíveis para que todas as 2,2 mil escolas tenham condições de funcionamento. “Esta situação não pode se repetir. É inadmissível deixar que nos meses de dezembro e janeiro haja convocação de professores. Este chamamento de professores deve ocorrer bem antes do início do ano letivo. Dá para se ter uma definição do quadro do ano seguinte até agosto ou setembro”, afirmou.

A determinação do secretário é que a pasta passe a planejar e organizar de maneira mais equilibrada o seu quadro de servidores. Arns confirmou que irá contratar já no primeiro ano de governo, cerca de 9 mil docentes. Isso será possível com o chamamento dos professores aprovados no concurso realizado em 2007, cuja validade expira em 2012. “Não se pode admitir que a exceção continue ser usada como regra. É um número muito grande em relação ao quadro total de professores – formado por 73 mil professores. A contratação temporária é uma boa alternativa, é importante quando um professor fica doente, pois agiliza a substituição, mas só deve ser usado de forma emergencial”, disse.

O secretário reforçou que a situação de 157 contratos PSS que apresentaram problemas administrativos e, por esse motivo, os pagamentos ainda não foram efetuados, serão resolvidos imediatamente. O pagamento de 26 mil professores e funcionários contratados em regime PSS foi realizado pela gestão anterior.


13 comentários

  1. Bruno Domacoski
    terça-feira, 4 de janeiro de 2011 – 16:04 hs

    Fábio nota lançada pela APP sindicato

    O governo anterior havia anunciado que o pagamento das verbas rescisórias aos educadores temporários que participaram do Processo Seletivo Simplificado (PSS) 2010 seria feito no último dia 31. No entanto, isto não ocorreu. A presidente da APP-Sindicato, professora Marlei Fernandes de Carvalho, já esteve ontem (3) na Secretaria de Estado de Educação (Seed), no primeiro dia de atividades da nova gestão, para saber o motivo.

    “Fui informada que a folha está pronta, mas que os recursos financeiros não foram liberados. O atual governo já está ciente do problema. Conversei com o novo chefe do Grupo de Recursos Humanos Setorial, o Arnaldo Moreira de Matos, e expliquei que este foi um dos pleitos da APP no final do ano passado e que esperamos que ele seja resolvido o mais rápido possível”, explicou.

    Importante – A APP lembra aos PSSs que a verba rescisória é composta pelas férias mais o um terço de férias (proporcionais ao tempo de serviço), o salário de dezembro e o 13º salário (que já foram pagos). “Faltam ser pagos apenas as férias e o um terço de férias”, destaca Marlei.

  2. anna
    terça-feira, 4 de janeiro de 2011 – 16:19 hs

    O pagamento dos outros 26 mil Professores PSS foi realizado sim..mais o pagamento das verbas rescisórias não foi efetuado NÃO! O Pessuti tinha prometido o pagamento da rescisão contratual até o dia 31, mais isso não aconteceu…apesar dele ter dito isso nos seus ultimos discursos..MENTIRA! A conta da verba rescisória ficou para o Beto Richa…espero que ele faça isso o mais rápido possível. O site da App fala sobre isso.

  3. JUSTICEIRO
    terça-feira, 4 de janeiro de 2011 – 17:20 hs

    Seria necessário atentar para os custos da educação nesse país.
    Existe muito desperdío e muita corrupção no ensino, além de ser demasiadamente politizado. O problema é tão grave que não se sabe, sequer, quanto custa cada aluno do ensino público ao governo, o que é um verdadeiro absurdo.
    No ensino privado, ao contrário do público, isso não acontece.
    O Sr. Flávio arns,Secretário da Educação pensa, por acaso, em tomar alguma medida a respeito? Ou apenas liberar mais e mais verbas?

  4. Vigilante do Portão
    terça-feira, 4 de janeiro de 2011 – 18:01 hs

    O processo está atrasado, deveria ter começado em novembro.
    PURA INCOMPETÊNCIA do governo anterior.

    Fizeram até um “decretinho” mandrake, “autorizando” a contratação dos Professores concursados.
    Bobagem pura.

  5. Pedro Augusto silva
    terça-feira, 4 de janeiro de 2011 – 18:53 hs

    Queridos professores, do qual também sou.
    Não esperem muito do Flavio Arns, mesmo que ele descenda de uma das famílias mais respeitadas em termos políticos e sociais. Porque ele só vai fazer o mínimo, em todos esses anos de mandatos que ele tem em sua carreira, e do qual eu acompanho de perto, e do qual fui sei eleitor para senador, me decepcionou muito, não fez um projeto de grande expressão. De expressão mesmo foi sua saida do PSDB e entrar no PT, oportunisticamente, e sua saida do PT para entrar novamente no PSDB, oportunisticamente porque não tinha espaço política e não quis brigar para te-lo, para depois novamente quem sabe voltar ao senado. Gostaria que eu tivesse enganado, mas se ele fizer alguma coisa pelo setor da educação vai ser muito pouco, infelizmente.

  6. SILVIA.JACAREZINHO
    terça-feira, 4 de janeiro de 2011 – 22:11 hs

    Parabéns Flávio,

    Estou muito feliz em tê-lo como nosso Secretário da Educação.

    Estou do seu lado e gostaria de dizer que pode contar comigo, sempre…

    Abraços

    PROFESSORA SILVIA-JACAREZINHO

  7. izabel
    quarta-feira, 5 de janeiro de 2011 – 11:09 hs

    Se esses políticos se preocupassem em fazer chegar as verbas liberadas ao seu destino sem desvios, isso já seria uma grande coisa, o que falta nesse país não é dinheiro, é o uso de maneira honesta, combate a corrupção. Veja o que já podemos concluir com a pasta do ministério da saúde do nosso país, o camarada que assumiu, tem no seu rastro desvio de verba, pagamento a instituições fantasmas e o cara esta lá, o que se conclui disso. É que vale a pena ser um corrompido neste país, nada fecha o caminho destes farrapos, aí pergunto, o que acontece com quem dá pra um cara desses um cargo como o da saúde? Onde será que está o vinculo dessa gente???

  8. quarta-feira, 5 de janeiro de 2011 – 15:47 hs

    Parabéns Senador Flávio Arns hoje nosso nobre Secretário da Educação, tenho certeza que juntos podemos transformar a educação no Paraná, os professores são profissionais que estão sempre prontos a servir com honestidade e competência.
    Professora Marli de Quatiguá.

  9. Professora Maria
    quinta-feira, 6 de janeiro de 2011 – 1:26 hs

    Torço para que o Professor Flavio possa exercer um dinamico mandato a frente de nossa Seed. Me preocupa sua nova equipe. Nao os conhecemos. Mas é espera pra ver. Sucesso a todos!

  10. Profª que precisa do salário
    domingo, 9 de janeiro de 2011 – 23:40 hs

    Olha lendo tudo que esta em varias paginas por ai no ar fiquei com muita vergonha pelo Pessuti, que pelo jeito nao tem vergonha alguma! Em tão pouco tempo foi capaz de denegrir todo o trabalho feito pelo antes governador Roberto R. Sou prof PSS a 5 anos e sempre recebi meu salario em dia porem o ano de 2010 foi uma tristeza, um descaso total, trabalhamos pq realmentre precisamos do dinheiro para sobreviver, ja passamos por humilhaçoes por sermos pr uma ofessores contratados, e agora professores sem salario. Estou com a conta estorada, dividas a serem pagas? mas o seu Governador Pessuti ja foi, E o que entrou nao sabe onde começar.. sinceramente colegas decepçao total, pra ser mais humilhante ainda, inscriçoes PSS pra 2011..kkkk é gente isso é BRasil! Estou cada vez mais desanimada, cansada de indices, quero ser tratada como gente! Professora de Coronel Vivida.

  11. quarta-feira, 19 de janeiro de 2011 – 9:26 hs

    Solicito requerer minha classificaçao do PSS nao concordo de ficar em 92 lugar fui funcionaria no Pss passado, por um lapso deixei de informar meus cursos e nao me classificarao, o nucleo de Telemaco Borba tem todos os meus cursos em arquivo, solicito uma nova avaliaçao;Marisa S Silva

  12. luci rogerio
    quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011 – 2:27 hs

    nao sou da area da educaçao, porem hoje presenciei um fato muito triste,elamentavel, em s.j. dos pinhais, vi professores em pe abaixo de chuva, todos amontoados, pleiteando aulas p/colegios locais. Achei pura falta de respeito a esses mestres de boa vontade, submeter-se a esse tipo de tratamento, quando deveriam ser tratados com maior respeito e carinho, pois sao eles que formam nossos filhos para um futuro melhor de nosso pais, e dessa forma sao tratados, alem do mais observei que muitos e muitos, regressaram cabisbaixos, por nao haverem conseguido aulas. Ai eu pergunto, a quem possa me responder, porque entao realizar concursos anuais, ja que pelo visto esta sobrando professores, pois descobri que ali naquele amontoado tinha professores pss do concurso de 2007. Porque entao concurso recente, ja que nem os de 2007 estao colocados.
    Me perdoem se estou sendo ignorante no meu expressar, pois talvez o quadro que presenciei hoje ,seja normal para essa classe trabalhadora.
    No meu leigo entender, acho que SER PROFESSOR, E FAZER AÇAO SOCIAL .

    atenciosamente
    luci rogerio

  13. sexta-feira, 6 de janeiro de 2012 – 10:57 hs

    Sou professora do pss!!!!com orgulho!!mas estou triste de esperar 4 anos e não ser chamada!!!!!no concurso de 2007! profs aposentados e que nem alunos aguentam mas passaram em primeiro ja foram chamados outros ate largaram prefeituras para se beneficiar e tudo mas velhos ,alias não sou contra as pessoas de idade mas eu que nem tenho nenhum concurso estou a ver navios!!!!!!passei em dois sendo que achei que poderia ser chamada pelo menos no concurso de formaçao de docentes mas eu tenho que me firmar em Deus pois é cada um para si e Deus para todos…….me filiei na app massss pelo visto tenho é mais esperar e Jesus…….e mais nada .Conheço o Flávio Arns de perto quando trabalhei na ed especial em terra roxa mas não adianta é só Deus para dar uma luz no Richa quando ele entrou disse que iria chamar todosssss,pois se chamaram profs fora da cota por que não chamaram nós que ja e pss faz tempo…….e esta o meu nome laaaaa……E tem outra me falaram que vai ter outro concurso isso é para acabar com o sonho !!2007,2008,2009,2010e 2012 …….

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*