Erenice, do Erenicegate, apareceu para cumprimentar Dilma | Fábio Campana

Erenice, do Erenicegate, apareceu para cumprimentar Dilma

Minutos após dizer no Congresso que em seu governo “não haverá compromisso com o erro, o desvio e o malfeito”, a presidente Dilma Rousseff cumprimentou no Planalto a pessoa que encarnou tudo isso durante a campanha presidencial: a ex-ministra Erenice Guerra.

Antigo braço direito de Dilma, a ex-chefe da Casa Civil foi afastada após denúncias de tráfico de influência envolvendo sua família. O “Erenicegate”, como ficou conhecido o escândalo, ajudou a levar a eleição presidencial para o segundo turno.


2 comentários

  1. andre nascimento
    segunda-feira, 3 de janeiro de 2011 – 9:01 hs

    um dia a mascara de ilusão do governo lula cai junto com o da dilma,vamos esperar,fui…..

  2. CAÇADOR DE PETISTAS
    terça-feira, 4 de janeiro de 2011 – 12:24 hs

    A quadrilheira tomando posse.
    Graças ao Fasicsta Lula da Silva.
    Mas que vergonha.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*