Dilma vai privatizar novos terminais de aeroportos | Fábio Campana

Dilma vai privatizar novos terminais de aeroportos

Da Folha.com

A presidente Dilma Rousseff decidiu entregar à iniciativa privada a construção e a operação dos novos terminais dos aeroportos paulistas de Guarulhos e de Viracopos, dois dos principais do país.

A medida faz parte de pacote que será baixado por meio de medida provisória –talvez ainda neste mês.

O texto inclui também a abertura do capital da Infraero (estatal responsável pela administração do setor aeroportuário) e a criação de uma secretaria ligada à Presidência da República para cuidar da aviação civil –como a Folha antecipou em 2010.

A equipe de Dilma já conversou com empresas como a TAM e Gol, que manifestaram interesse na construção e operação de novos terminais. O prazo da concessão deve ser de 20 anos.


O objetivo oficial do pacote é desafogar aeroportos que serão vitais para a Copa do Mundo de 2014. Assessores da presidente disseram à Folha que ela deu prazo de 15 dias para finalizar o texto.

Segundo a Infraero, o governo federal precisa investir R$ 5,5 bilhões nos aeroportos ligados às 12 sedes da Copa. A avaliação dentro do governo é que a estatal não terá condições técnicas para, sozinha, bancar esses projetos.

Durante o governo Lula, o ministro Nelson Jobim (Defesa) chegou a defender que a administração de todos os aeroportos fossem concedidas à iniciativa privada.

A ideia foi rejeitada por Lula e pela então ministra Dilma (Casa Civil). Ambos temiam o rótulo de privatizantes –o mesmo rótulo que o PT procurava impingir ao principal adversário na eleição, José Serra (PSDB).

Na Casa Civil, Dilma sempre dizia preferir abrir o capital da Infraero, para que esta pudesse captar recursos e aumentar a capacidade de investimentos.

No aeroporto de Guarulhos, o maior do país e principal centro de chegada de voos internacionais, o projeto da Infraero prevê R$ 1,2 bilhão de investimentos. A obra mais cara é a construção do terceiro terminal, orçada em R$ 700 milhões.

Em Viracopos (Campinas), os investimentos previstos são de R$ 742 milhões. O novo terminal deve consumir R$ 690 milhões.

BRASÍLIA

A Folha apurou que um novo terminal para o aeroporto de Brasília também poderá entrar no pacote.

A concessão dos terminais esvazia o plano de construtoras de construir um terceiro aeroporto nos arredores de São Paulo, em sociedade com as companhias aéreas.

Havia o temor no Planalto de que um terceiro aeroporto roubasse potenciais passageiros do trem-bala.

Já a nova Secretaria de Aviação Civil, ideia discutida na montagem da equipe de Dilma, vai retirar do Ministério da Defesa o controle sobre o setor, o que já está combinado com Jobim.


9 comentários

  1. Paulo Roberto Urbano da Cruz
    segunda-feira, 3 de janeiro de 2011 – 11:31 hs

    Mais uma mentira, será a primeira de muitas, quem iria privatizar tudo , começou bem a moça.

  2. Serrinha
    segunda-feira, 3 de janeiro de 2011 – 12:12 hs

    Quem mesmo era privatizante? O Serra? Olha só, depois de eleita vai fazer o que deve ser feito para manter as mordomias da companheirada. Cadê o dinheiro do PAC? Brasil, mostra a tua cara…

  3. TONHÃO 2012
    segunda-feira, 3 de janeiro de 2011 – 13:29 hs

    ISSO É PRA OS PETISTAS FECHAR A BOCA. NA CAMPANHA QUEM TINHA INTENSÕES DE PRIVATIZAR TUDO ERA O PSDB. E AGORA? QUEM VOTOU NA DILMULA , BEM FEITO. OU É MAIS UMA FARSA DA PISTOLEIRA QUE ASSUMIU ONTEM….É SÓ O COMEÇO…

  4. Ditão
    segunda-feira, 3 de janeiro de 2011 – 13:34 hs

    Ué não era o Serra que ia privatizar tudo?????

  5. Leandro
    segunda-feira, 3 de janeiro de 2011 – 14:02 hs

    Os aeroportos estão um caos total, tá certo privatizar, isso é pro PT aprender que nem toda a privatização é ruim. FHC fez excelentes privatizações que o PT não reconhece por dor de cotovelo. FHC é o presidente mais injustiçado pelo povo, e é o que mais fez por este país, se não fosse os dois mandatos dele, Lula não teria dito tantas e tantas vezes: “Nunca antes na história desse país…”

    Privatizações são necessárias e ponto final.

  6. Vigilante do Portão
    segunda-feira, 3 de janeiro de 2011 – 17:20 hs

    KKKKK

    Primeiro ato de governo:

    Privatizar os terminais aéreos.

    KKKK

    Passaram a campanha inteira CRITICANDO as privatizações.

  7. Parreiras Rodrigues
    segunda-feira, 3 de janeiro de 2011 – 18:06 hs

    Se a presidentA – é assim que ela quer, não privatizar certos serviços, o Brasil pára. Há que se privatizar mais aeroportos, portos, rodovias e hidrovias. Também telefonia e energia. O Estado moderno não tem que ser dono e ter que vender água e luz. Tem sim, que priorizar educação, saúde e segurança.

  8. Divanir
    segunda-feira, 3 de janeiro de 2011 – 23:32 hs

    Meteram o pau no FHC, e agora como primeiro ato de Dilma, vem a privatização. A conversa passada nos inocentes foi boa, mas infelizmente pro país dar certo, sabemos que muita coisa tem de ser privatizada, ou o país não anda. Pena que Lula tenha batido tanto em FHC, mas no fundo o sapo barbudo sabe que sem privatizar não dá. Mas isto é apenas inveja por não ter sido ele a privatizar tantas coisas, pois o que o governo rege, só serve como cabide de emprego.

  9. CAÇADOR DE PETISTAS
    terça-feira, 4 de janeiro de 2011 – 12:18 hs

    A partir de hoje passarei a denominá-la como “a coisa”.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*