Creche confirma erro em recibos de Alvaro Dias | Fábio Campana

Creche confirma erro em recibos de Alvaro Dias

Da Folha.com

A creche de Curitiba para qual o senador Alvaro Dias (PSDB) diz ter doado sua aposentadoria de ex-governador afirma que errou ao confeccionar um recibo com o valor do repasse. Na sexta-feira, Dias apresentou à imprensa, como comprovante da doação, uma nota datada de 30 de novembro de 2011.

Desde outubro passado, o senador recebe R$ 24,8 mil por mês como aposentadoria vitalícia de ex-governador do Paraná. A creche, chamada Assistência Social Santa Bertilla Boscardin, afirmou que a data no recibo foi resultado de um erro e que já providenciou para o senador um novo documento com a data correta.

Dias afirmou que tudo não passou de um equívoco. “Os cheques estavam com a data correta, 30 de novembro de 2010 e 7 de janeiro de 2011. Só um dos recibos, que eu não preenchi, estava com a data incorreta. Eu mesmo já preenchi documentos com datas erradas. Falamos tanto das próximas eleições que eu já escrevi 2014 em alguns”, falou. O senador afirmou que já recebeu um recibo da entidade com a data corrigida.


13 comentários

  1. S Y N F R O N I O.
    terça-feira, 25 de janeiro de 2011 – 15:54 hs

    Filho de pobre esta na creche bancada pela prefeitura municipal de Curitiba, e que nao recebe doaçao de malandro, vamos invetigar essa creche,para ver se nao e uma instituiçao de fachada, e como aplica as doaçoes suspeitas como essa,

  2. José Sllva
    terça-feira, 25 de janeiro de 2011 – 16:04 hs

    SYNFRONIO…
    Vc é investigador?

  3. ZÉPILINTRA
    terça-feira, 25 de janeiro de 2011 – 16:12 hs

    MOSTRA A FOTOCÓPIA DO CHEQUE , MOSTRA…….
    .CARA DE PAU!

    MALANDRO DIPLOMADO!!

  4. olho vivo
    terça-feira, 25 de janeiro de 2011 – 16:37 hs

    Acho correto que a creche apresente seus balacentes mensais comprovando a doação deste recurso e onde emprega os recursos. Se não tem nada de errado, não tem nada a esconder.

  5. xereta
    terça-feira, 25 de janeiro de 2011 – 17:36 hs

    E eu acredito…

  6. Decretado o fim
    terça-feira, 25 de janeiro de 2011 – 19:07 hs

    SENADOR!

    Primeiro não dava para viver com os “míseros” R$ 20.000,00 recebidos do Senado.

    Agora não só dá para viver com aquela “miséria” como dá para doar R$ 20.000,00 para “instituições de caridade”.

    Quem é que acredita em um absurdo desses!!!!

    Esse tipo de “justificativa” é para quem acha que o povo é muuito burro….

    Álvaro Dias é o retrato de que a política precisa ser renovada, urgentemente.

  7. Anônimo
    terça-feira, 25 de janeiro de 2011 – 19:45 hs

    So uma resposta para se preencher um cheque com data de 2011, em 2010. Ele foi preenchido em 2011 mesmo, ou seja , depois que a coisa estourou na imprensa……..
    Alguém duvida??????????

  8. Teteca
    terça-feira, 25 de janeiro de 2011 – 19:47 hs

    Imagina se acredito nesta farsa !
    É muita cara de pau !

  9. Ana Maria
    terça-feira, 25 de janeiro de 2011 – 19:57 hs

    Não teria sido doação para alguma clínica de implante de cabelo?

  10. Profa. Vivi
    terça-feira, 25 de janeiro de 2011 – 20:10 hs

    Não querendo desconfiar, mas por que não mostra o comprovante do depósito na conta da entidade? Infelizmente, este recibo não prova nada.

  11. carlos
    terça-feira, 25 de janeiro de 2011 – 21:36 hs

    Peraí Senador Dias, pela sua declaração foi Vossa Excelência que preencheu os recibos de doação de dinheiro para a creche mencionada, com exceção de um recibo.. Que mal lhe pergunte: isso não é atribuição de quem recebe a doação? Situação interessante, Vossa Excelência preenche os recibos na creche ou já traz pronto de casa? Perguntar não ofende, só quero entender. É que a gente fica com a pulga atrás da orelha Senador, pois já ouvimos tanto falar de gente graúda que faz doação para entidades assistenciais e pede recibo superfaturado. Acredito piamente que não é o seu caso.

  12. T. Birnbaum
    terça-feira, 25 de janeiro de 2011 – 22:07 hs

    Sem comprovante de depósito bancário, não é possível acreditar. Recibos são facilmente emitidos, inclusive retroativamente. Se o senador Dias comprovar, passarei a ser um eleitor fiel dele.

  13. Sandro
    quarta-feira, 26 de janeiro de 2011 – 2:39 hs

    A creche afirmar isso e nada é quase a mesma coisa, a transferência financeira dos recursos é que poderia provar inequivocamente ao menos a entrega dos valores. Agora, a utilização já é mais complexa, demandaria verificar onde foram aplicados, pois apenas balanços contábeis não podem servir, uma vez que podem ser facilmente fabricados. Tem que se verificar se existiu também operações de compra de bens, mercadorias ou serviços que justifiquem gastos realizados com os respectivos comprovantes financeiros dos pagamentos.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*