Beto e João não romperam | Fábio Campana

Beto e João não romperam

Da Coluna de Aroldo Murá para o Jornal Indústria & Comércio

Geraldo Bolda por dezoito anos foi o porta-voz de João Elísio Ferraz de Campos, na presidência da FENASEG, a federação das seguradoras. Jornalista de bom calibre, foi porta-voz de José Eduardo no Bamerindus e chegou a ser um dos redatores do segundo plano de governo de Ney Braga. Pois foi Bolda que me garantiu ontem que “não tem a mínima procedência” a informação veiculada pela web de que o governador Beto Richa e João Elísio Ferraz de Campos, coordenador da campanha de 2010, teriam rompido. “Não procede, é um equívoco”, garante Bolda.


2 comentários

  1. Bom Negócios
    quinta-feira, 13 de janeiro de 2011 – 11:16 hs

    É claro que esse rompimento nunca existiu e nunca existirá. Pois João Elísio terá papel fundamental no futuro governo. Caberá a ele fechar os grandes negócios de seguro do Paraná nos Próximos quatro anos. A saber seguros das usinas hidrelétricas e substações da Copel. Seguro dos sistema de barragens e sistemas de tratamento de esgoto da Sanepar. Entrada e saída dos navios no Porto de Paranaguá. Prédios públicos da administração direta e indireta. Já imaginou quanto dinheiro estará envolvido. As sifras são de bilhões. Então, isso posto, ninguém de são consciência dará atenção a fofocas de assessores anciosos por cargos

  2. Fernando Santos
    quinta-feira, 13 de janeiro de 2011 – 12:38 hs

    O Jornal Industria e Comercio ainda existe? So pode ser gozacao..

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*