Ausências, afagos e aproximações | Fábio Campana

Ausências, afagos e aproximações

Algumas ausências na posse de Beto Richa foram devidamente anotadas como sinal de distanciamento: Euclides Scalco, suplente de Gustavo Fruet e decano dos tucanos nativos, não foi. Também não foi visto o coordenador João Elísio Ferraz de Campos. Hermas Brandão, presidente do Tribunal de Contas, também não deu o ar de sua graça.

Em compensação, foram registrados movimentos rápidos de aproximação. Deputados que apoiaram Osmar Dias se desmanchavam em sorrisos e afagos a Beto Richa na Assembleia. Pedro Lupion, filho de Abelardo, o único político do DEM que não apoiou Beto Richa postou-se no palanque. Bem próximo a Rodrigo Rocha Loures, da FIEP, opositor que também fez questão de comparecer.


2 comentários

  1. segunda-feira, 3 de janeiro de 2011 – 14:22 hs

    Esses acima citados não fazem parte da panela e também não são da familia.Quanto a Fruet conte com meu voto para prefeito.

  2. Fabricio Nunes
    segunda-feira, 3 de janeiro de 2011 – 15:59 hs

    Mas o pessoal do Osmar é assim: “é do tipo animado, paranaense arretado”. Osmar faz falta nesse Paraná.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*