Arma-se forte oposição a Rossoni na Assembleia | Fábio Campana

Arma-se forte oposição a Rossoni na Assembleia

Do Celso Nascimento na Gazeta do Povo

Faltando pouco mais de 20 dias para a eleição do novo presidente da Assembleia Legislativa, a segurança do deputado Valdir Rossoni de que seria o escolhido começa a diminuir. Forças ocultas trabalham fortemente nos bastidores para propor uma alternativa. Elas já teriam se fixado no nome do deputado Nelson Garcia, na esperança de conseguir derrotar Rossoni no voto ou, melhor ainda, até mesmo inviabilizar a sua candidatura na reta final.

As forças ocultas não seriam tão ocultas assim. O ex-deputado e ex-presidente da As­­sembleia e atual conselheiro e presidente do Tribunal de Contas, Hermas Brandão, seria um dos articuladores do movimento. Embora ele negue qualquer participação, há observadores que somam indícios em sentido contrário e que colocam Brandão como um dos generais da batalha de resistência a Rossoni.

O primeiro dos fatores que levam a identificá-lo está guardado na memória do próprio Hermas e na de tantos quantos acompanharam o episódio da escolha de vice na chapa de Roberto Requião na eleição de 2006. Ele pretendia ocupar a posição, mas Rossoni – já então presidente estadual do PSDB – impôs-lhe a derrota, levando o partido a apoiar Osmar Dias. Meses depois, reeleito governador,

Requião nomeou Hermas conselheiro do Tribunal de Contas. Mas por que o deputado Nelson Garcia teria sido escalado para o confronto com Rossoni? Porque Garcia é um daqueles tucanos conhecidos pelo “bico vermelho” – facção da bancada estadual do partido que se manteve fiel a Hermas Brandão, que apoiava o governo Requião e que não seguia a orientação de Valdir Rossoni, fogoso líder da oposição na Assembleia na época. De tão fiel a Requião e a Hermas e de tão infiel ao próprio partido, Garcia foi feito secretário do Trabalho de Requião, ocupando o posto ao longo dos últimos quatro anos.

Outro indício: embora tenha sido um dos primeiros a trabalhar nos bastidores para viabilizar a candidatura de Beto Richa ao governo, o que fez naufragar as pretensões do senador Alvaro Dias ou a construção de uma aliança com o PDT de Osmar Dias, o conselheiro Hermas Brandão volta-se agora contra a criatura. O conselheiro de Andirá estaria desgostoso com Beto Richa em razão do apoio que este empresta ao seu adversário Valdir Rossoni e da nomeação do peemedebista Luiz Claúdio Romanelli para a Secretaria do Trabalho – justamente a mesma pasta que considerava território seu e antes ocupada pelo correligionário Nelson Garcia.

Bibinho comanda pelotão de resistência a Rossoni

Os escândalos que mancham a Assembleia são também um divisor de águas na batalha da sucessão ao atual presidente, deputado Nelson Justus. Além da velha e cômoda tendência lampedusiana de alguns deputados de “mudar para deixar tudo como está”, não se descarta, por exemplo, o papel importante que já estaria desempenhando o ex-diretor geral da Casa, Abib Miguel, o Bibinho, no comando de um pelotão de resistência. Arquivo vivo (e agora solto) das entranhas da Assembleia, Bibinho teria muito interesse e muito poder de fogo para “influenciar” a opinião de alguns dos 54 eleitores que escolherão o novo presidente.

A estimulá-lo na silenciosa tarefa de opor-se a Rossoni está a anunciada (e talvez quixotesca) disposição deste de revolver os porões e de promover uma revolução nos costumes da Casa. Mas o êxito eleitoral de Rossoni depende, além de sua própria atuação política interna e da contenção do seu temperamento belicoso, também do governador Beto Richa. Richa o apoia abertamente e assumiu tal compromisso ao levar para a Casa Civil o deputado Durval Amaral, que também reunia condições para disputar a presidência da AL. Se quiser, o governador pode usar a munição que o poder político do cargo lhe confere para enfrentar as forças ocultas. Se não usá-la, a derrota poderá ser também sua e não só de Rossoni


23 comentários

  1. All Borghetti
    domingo, 9 de janeiro de 2011 – 17:42 hs

    Rossoni leva fácil…

  2. Ilich Ramirez Sanchez
    domingo, 9 de janeiro de 2011 – 17:45 hs

    Não está no contexto, mas isso me tirou do sério. O departamento jurídico da URBS, na sua livre interpetração do capitulo V da Lei 8906, resolveu regulamentar a distribruição entre os advogados da empresa dos honorários nas causas onde a empresa é vencedora. Quando a empresa perde, é ela quem paga. O capítulo V é claro, é de direito para advogados empregados em sociedades de advogados. O artigo 4º da Lei 9527 proíbe claramente isso. Outras cias municipais estão indo pra esse caminho. Está se criando entre os funcionários da URBS a supercategoria dos advogados, a classe privilegiada.

  3. litoraneo
    domingo, 9 de janeiro de 2011 – 18:31 hs

    Para o bem da democlacia tem haver bate chapa a unanimidade é burra.

  4. Bicho do Parana
    domingo, 9 de janeiro de 2011 – 18:42 hs

    Depois dos escandolos que que aconteceram na assembleia os paranaenses estão bem atento com o resultado desta eleição.,vamos ver qual sera o posicionamento do Rossoni caso ele venha a ser o presidente.
    O cargo de Presidente podera ser a sua redenção ou para manchar sua carreira politica

  5. Ammrante mello rego
    domingo, 9 de janeiro de 2011 – 20:17 hs

    A assembleia precisa se livrar desses ratos velhos que habitam a muito tempo essa teta,mas se tratando do sr hermas brandão ,articulando essa mudança acredito que não mudara´para melhor

  6. José Lourenço
    domingo, 9 de janeiro de 2011 – 20:41 hs

    Não vemos ninguém de fato, olhando para uma assembléia,com os interesses voltados paara o povo.Vamos ficar nas mãos dos mesmos que nos envergonharam na legislação passada,nós também somos corresponssáveis pois os reelegemos.E agora não adian ta chorar.

  7. Borduna
    domingo, 9 de janeiro de 2011 – 20:47 hs

    Hermas Brandão x Rossoni no Paraná. Alkimin auditando Serra em São Paulo. Esse é o retrato da oposição que queria derrotar Lula e Dilma. kkkkkkkkkkkkkkkkkk

  8. Temer
    domingo, 9 de janeiro de 2011 – 21:39 hs

    Hermas prestará um grande serviço ao Parana se lograr exito em sua empreitada. A chave da vitória é a candidatura do Alexandre kuri à reeleição. Rossoni vai para o secretariado do Beto na área política para acabar de desmanchar o govêrno.

  9. marcus
    domingo, 9 de janeiro de 2011 – 21:41 hs

    Nssa, O Agostinho zucchi será o Segundo Secretario.

  10. magnos
    domingo, 9 de janeiro de 2011 – 21:42 hs

    O Nelson Garcia é o melhor e mais preparado para presidente da assembléia!
    Fora Rossoni!!!

  11. sandro
    domingo, 9 de janeiro de 2011 – 22:40 hs

    Sacanagem contra o Rossoni. Ele é um dos deputados mais combativos da Casa e merece muito ser o presidente para moralizar o Legislativo estadual, onde, diga-se de passagem, Nelson Justus tem pouquissima culpa pelas falcatruas apresentadas pela imprensa.

  12. Ricardo Leão
    segunda-feira, 10 de janeiro de 2011 – 9:07 hs

    Aqui se faz, aqui se paga!

  13. Lucio Correa
    segunda-feira, 10 de janeiro de 2011 – 9:33 hs

    O inimigo esta mais perto que o deputado Rossoni pode imaginar, é só observar com quem ele anda fechando acordos ultimamente em relação a mesa……………………

  14. Carlos Augusto
    segunda-feira, 10 de janeiro de 2011 – 9:46 hs

    Não tenho nada contra o Rossoni, mas penso que ele está perseguindo esta presidência com muita sede.
    Isso não é bom.
    Entendo que o presidente da assembléia deve ser eleito em consenso e não em negociações.
    Por ser uma eleição cheia de conchavos é que a nossa AL tem apresentado as más notícias que andam por aí.
    Quando há conchavo inexiste a responsabilidade.
    Quem se garantiu em uma negociação não tem o que temer.
    Os nossos políticos são honestos e bem intencionados, o que acaba os desvirtuando é a sede pelo poder.
    Vai com calma Rossoni, nós eleitores queremos o melhor para o Paraná, e o melhor é o consenso, não a barganha

  15. Professor Jaquim
    segunda-feira, 10 de janeiro de 2011 – 10:47 hs

    Rossoni deverá ficar muito atento, já basta aquela vez que o Lerner o preteriu em função do Nelson Justus, mesmo sendo líder do governo e justificando muitas vezes o injustificavel! Parece que a história se repetirá!!

  16. PORVA
    segunda-feira, 10 de janeiro de 2011 – 10:56 hs

    Bituruna levará uma surra da turma do Hermas.
    Mas ele merece!
    E aí, o que o Beto irá fazer?

  17. LUIS
    segunda-feira, 10 de janeiro de 2011 – 11:11 hs

    Hermas Brandão, aquele que queria ser o vice do Requião no lugar do Pessutão? Bricadeira .

  18. Prof. Moacir - Sengés
    segunda-feira, 10 de janeiro de 2011 – 11:42 hs

    Para ser presidente tem que ter fibra, coragem e uma trajetória politica conhecida em todo o estado. Somando aos conhecimentos e luta arrojada, só há um nome com segurança nesta assembléia. E ele sera o melhor presidente de todos os tempos, fui o único que teve a coragem de bater de frente com o Embrulão (requião). Parabéns e avante Sr. ROSSONI

  19. Cajucy
    segunda-feira, 10 de janeiro de 2011 – 12:53 hs

    Sem dúvida que Beto Richa não se deixará levar por aqueles que querem ver a caveira de Rossoni. Afinal, fidelidade não tem preço. E Beto sabe disso.

  20. Carlunda
    segunda-feira, 10 de janeiro de 2011 – 13:08 hs

    Isso é intriga de blogueiros e da RPC que está tentando mais uma vez botar fogo na casa…

    Quer dizer, desta vez botar fogo é no sentido figurado e sem a participação do falecido manda chuva que empregava os repórteres do Chico Beleza!!

    Rossoni será o próximo presidente!

  21. Vigilante do Portão
    segunda-feira, 10 de janeiro de 2011 – 15:54 hs

    Estão “plantando” notícias na Gazetona.
    Coisa encomendada.

  22. segunda-feira, 10 de janeiro de 2011 – 16:56 hs

    há quem concorde (…)
    há quem discorde (…)
    há quem não tá ne aí (…)
    vamos ver quem ganha (…)

  23. Maicon Santos
    segunda-feira, 10 de janeiro de 2011 – 18:08 hs

    Pois é o povo tem memória curtíssima, Rossoni é aquele que no governo Lerner estava empenhadissimo em vender a COPEL, vejam o valor do KW nos estados em que a energia foi privatizada. Graças que esta raposa velha chamada RAPOSONI, não obteve exito.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*