Acabou a festa | Fábio Campana

Acabou a festa

O decreto 31 do governador Beto Richa determina o levantamento de todos os gastos com pessoal e custeio do Estado no prazo de 10 dias.

Entre os dados solicitados para todos os órgãos chama a atenção o levantamento sobre as chamadas vantagens e ganhos salariais que muitos servidores receberam sem estar ocupando qualquer função que justifique o recebimento.

Segundo especialistas o uso deste artifício para melhorar os salários foi prática comum no governo anterior.

Os beneficiados estão em pânico com o levantamento e o anunciado corte de despesas.

É o fim da festa de vantagens e ganhos especiais.


2 comentários

  1. cidadã
    quinta-feira, 6 de janeiro de 2011 – 20:46 hs

    ENQUADRADOS ILEGAIS, ESPERO QUE TENHAM FEITO UMA POUPANÇA PRA DEVOLVER O DINHEIRO, TEM QUE COMEÇAR PELA IRMÃZINHA DO PESSUTI E MAIS NOVE SUPER PRIVILEGIADOS.

  2. Borduna
    quinta-feira, 6 de janeiro de 2011 – 21:25 hs

    Muito bom, desde que não seja pra cancelar os benefícios dos cupínchas do governo anterior e transferi-los pro cupinchas do atual. Tem de acabar com a cupinzada, ou cupinchada como queiram. Aí sim é bom…..

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*