Rapaz que diz ser sobrinho de Delazari é flagrado com 223 pedras de crack | Fábio Campana

Rapaz que diz ser sobrinho de Delazari é flagrado com 223 pedras de crack

Da Banda B

Guarda prendeu Alexandre Cruz e um amigo. Esposa confirmou parentesco, mas polícia não se manifestou

Guardas municipais de Curitiba prenderam em flagrante por tráfico de drogas dois homens na noite desta terça-feira (21), na rua Nestor de Castro com Dr. Muriciy, no centro da cidade. Alexandre Almeida da Cruz, 22 anos, e Luiz Antonio Ferreira, 34 anos, foram flagrados com 223 pedras de crack, um tablete de maconha e uma balança de precisão.

Segundo o guarda Luciano Diniz, no momento da prisão, Alexandre disse que era sobrinho do ex-secretário de Segurança Pública do Paraná, Luiz Fernando Delazari, numa tentativa de intimidar os guardas. “Ele disse que era sobrinho do Delazari, talvez imaginando que poderia conseguir alguma vantagem com isso, mas assim que chegou na delegacia negou ser parente do ex-secretário”, disse Diniz à Banda B. (Ouça o áudio no ícone acima)


Enquanto os guardas aguardavam para fazer o flagrante dos dois homens, o telefone celular de Alexandre tocou e um dos guardas municipais atendeu. Do outro lado da linha estava uma mulher que se identificou como esposa dele. O guarda disse a ela que a situação do Alexandre era complicada e perguntou se era verdade que ele era parente do ex-secretário de Segurança. A mulher respondeu que sim, que Alexandre é sobrinho da mulher de Delazari.

Na delegacia do 1º Distrito, nenhum policial civil confirmou o parentesco e também não foi informado se os dois detidos têm ou não passagem pela polícia. Segundo os guardas que fizeram as prisões, há uma semana Alexandre foi detido na mesma região por suspeita de tráfico de drogas e porte ilegal de armas, mas foi liberado por que teriam faltado provas. Dessa vez, Alexandre e Luiz Antonio correram assim que viram o carro da Guarda Municipal, mas foram alcançados e presos.


19 comentários

  1. quarta-feira, 22 de dezembro de 2010 – 10:39 hs

    Independente dele ser ou não ser parente do Delazari, o que mais chama a tenção nesse e em outros casos semelhantes é a ganancia pelo lucro fácil.

    Esses traficantes fazem a 1ª vez, ganham facil um dinheiro e depois não querem mais parar, queren levar uma vida nababesca, com gastança desenfreada de dinheiro, que não está fácil de ganhar honestamente.

    Não querem pagar o preço de levar uma vida de classe média, trabalhar, estudar, fazer trabalhos depois do horário de expediante, ter mais de uma atividade para complementar a renda.

    É isso que os leva a praticarem ilicitudes, sabem que estão errados, que se forem pegos, serão presos, que a família toda sofrerá, mas não estão nem aí, querem mesmo é o dinheiro fáil e continuar fingindo que estão praticando uma atividade como outra qualquer.

    Lógicamente a desestrura familiar ajuda a se desviarem do caminho certo, se enveredar pelo crime.

    E acima de tudo falta um caminho de Paz e harmonia com Deus, onde há o temor de Deus esse tipo de coisa não acontece!…

  2. antonio carlos
    quarta-feira, 22 de dezembro de 2010 – 11:00 hs

    Existe gente que ainda pensa em dar carteirada. Este “sobrinho” do Delazari entrou nesta e se lascou. Talvez se tivesse ficado quieto, a coisa não ficasse tão feia. Abriu a boca. citou o nome do cara, pediu para se ferrar. ACarlos

  3. VIP
    quarta-feira, 22 de dezembro de 2010 – 11:10 hs

    Deveria estar levando as “pedras” para o tio, que “gostia muitio” …

  4. Adalberto
    quarta-feira, 22 de dezembro de 2010 – 11:19 hs

    Nenhuma novidade. Só vindo a público os “negócios da família”.

  5. Luis Break
    quarta-feira, 22 de dezembro de 2010 – 11:30 hs

    ta explicado então porque não tinhamos uma segurança eficiente no Paraná dellazari.

  6. José Diniz
    quarta-feira, 22 de dezembro de 2010 – 11:53 hs

    Traficante é um ser perigoso, deve ser julgado e condenado de acordo com as Leis de nosso País.
    Agora, ser sobrinho do delazari…. Azar desse rapaz!!!!
    E, no mais desde quando a Guarda Municipal foi atrelada ao delazari.

  7. paulo
    quarta-feira, 22 de dezembro de 2010 – 11:55 hs

    Coitado! Ele não tem culpa de ser sobrinho deste cidadão!

    Temos de levar em consideração que ele não escolha.

    Tá perdoado.

  8. Vigilante do Portão
    quarta-feira, 22 de dezembro de 2010 – 12:18 hs

    KKKK

    “Achou que dizendo que era sobrinho do Delazari, seria poupado”.

    KKKKK

    Fosse eu, ficaria caladinho, seria bem melhor.

    Policial, seja da Guarda Municipal, da PM ou da Civil, ODEIAM o Delazari.

    Dizer que é parente dele, serve apenas para AUMENTAR O RIGOR

  9. FORALAZAREN...............
    quarta-feira, 22 de dezembro de 2010 – 16:11 hs

    TADINHO…….ACHO QUE DIZENDO SER SOBRINHO DO CIDADÃO MENCIONADO, SUA SITUAÇÃO PIOROU……….HEHEH.

    SENDO DE QUEM SEJA A COMPETÊNCIA, O “DE LAZAREN…” JÁ ERA………VIROU PÓ E AINDA DEIXOU O MP E SE DEU MAL.

    QUALQUER BOBO QUERIA SER PROMOTOR DE JUSTIÇA NOS DIAS DE HJ…………..ELE É O ESPERTÃO!!!!!!!!!!!!!!!!

  10. KCA
    quarta-feira, 22 de dezembro de 2010 – 17:47 hs

    É fácil julgar as pessoas sem conhecer sua vida, esse menino pode estar no caminho errado, mas eu conheço ele e a história dele. Os pais faleceram qndo ele era muito novo e desde então ele vive com amigos, oque faltou na sua vida foi uma familia que desse um alicerce, que pena é um bom menino, só esta no caminho errado.

  11. jobalo
    quarta-feira, 22 de dezembro de 2010 – 18:02 hs

    Não sei se voces lembram a mais ou menos 6ou 7 anos atras, o irmão do delazari foi preso por uso etráfico de cocaina, foi abafado e ninguem mais falou nada, ta explicado,

  12. Orlando
    quarta-feira, 22 de dezembro de 2010 – 18:32 hs

    Tenho nojo de comentarios como esse tal VIP e Vigilante do Portão, Adalberto e etc, que somente usam este espço para criticar as pessoas , sem ao menos conhecer a vida delas. Acompanho aqui as publicaçoes e nunca vi esse povo dar um conselho ou uma força p alguem, só sabem detonar.
    Voces devem ser pessoas com a vida toda certinha não é?
    Lavem a boca com Qboa e sabão em pó quando foram falar o nome do Dr Delazari seus desocupados.

  13. João
    quarta-feira, 22 de dezembro de 2010 – 19:07 hs

    Mais uma para o “portfólio” da equipe Requiâo. Haverá interferência para “amolecer” também neste caso?

  14. bete
    quarta-feira, 22 de dezembro de 2010 – 22:23 hs

    bom, realmente ele deve ser punido duas vezes, uma por ser táficante e outra por ser sobrinho do Delazari. E este Delazari pousava de mocinho….

  15. RODRIGO
    quarta-feira, 22 de dezembro de 2010 – 22:25 hs

    COITADO, O IDIOTA AINDA VAI CONTAR QUE É PARENTE DO DELAZARI… O PARANÁ ODEIA ESTE HOMEM, SE ELE FICASSE QUIETO SERIA MELHOR PRA ELE.

  16. Rietow
    quarta-feira, 22 de dezembro de 2010 – 23:23 hs

    Ele é traficante sim e já foi preso outras vezes, quanto ao fato dele ter perdido os pais não dá o direito dele vender droga nas ruas e destruir a familia de outros, ele escolheu o caminho e seus valores, agora o alicerce para ele é cadeia, pena que como das outras vezes ele sempre sai, como incentivo…ele sempre voltará!

  17. Adalberto
    quinta-feira, 23 de dezembro de 2010 – 12:18 hs

    Orlandão, traficante e parente dos traficantes. Deve ser o revoltado, com certeza.

    Devo ser censurado, mas tenho um direito de resposta, ou não tenho? Mesmo que a resposta seja idiota, afinal o argumento é mais idiota ainda.

  18. sexta-feira, 24 de dezembro de 2010 – 0:15 hs

    cara sou amigo de infancia de alexandre almeida mais conhecido poopr bira voo falar um poko da vida do cara

    ele tinha 16 pra 17quando seu pai e sua mae foi para visitar sua irma em são paulo quando veio a noticia que seus pais fleceram eu fui dar essa noticia pra ele ai ta com a renda mensal de 836.00 reais por indenizacao ele iria ganhar ate seus 21 anos mais a grana subia a cabeca dele e ele axava que so porque agente tem amigos pm civil rotam etc ele axava que era rei do mundo que ele podia tudo maaais ele se engano ele entro pra essa vida quando ele conheceo um cara chamado negao aki na praca perto de casa ele vendia celular robado etc ai o bira comeco a andar com ele ai agente paro de se flar cara o bira pasava com tv embaixo do braco nootbook e tudo mais mais pra um amigo de infancia pow o cara tinha tudo pra ser alguem na vida ganha seu dinheiro sem pisar na cabeca de alguem mais ele levo a vida erada pra ele mais dele ter flado se sobrinho do ex secretario axo que ele falo mais popr medo de ser presso

  19. Anonima
    terça-feira, 22 de fevereiro de 2011 – 16:12 hs

    Que belo amigo vc se diz ser não é camarada um amigo não julga tenta ajudar não critica da concelhos não incrimina insentiva a ter uma vida melhor mas vc que se dizia ser amigo de infancia se mostrou o pior dos inimigos, pior q estes que julgam sem conhecer.
    Vc deve ter se achado o bem bem bem aki falando dele desta forma mas nem ao menos sabe se é verdade o que tais policiais falaram concerteza ele errou em falar que era sobrinho do ex – secretário mas camarada me diz ai quem é vc pra julgar uma pessoa que diz ser amigo de infância e tenta incriminar sem ao menos saber se é verdade se ele tem mesmo culpa.
    bem se vc é da praça concerteza boa coisa não é então na fé meu camarada não fale da vida dos outros sem antes verificar a sua
    bele
    também o conheço a muito tempo e sei que ele é uma ótima pessoa e em vez de vc criticar fique em silencio
    como tem aquele ditado aos idiotas o silencio lhes cabem
    faz isso ta

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*