Governo Lula conclui apenas 46% das ações do PAC previstas até 2010 | Fábio Campana

Governo Lula conclui apenas 46% das ações do PAC previstas até 2010

Do UOL Notícias

O 10º balanço do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do governo federal, anunciado nesta quarta-feira (2) em Brasília, mostra que apenas 46,1% das ações do programa previstas para o período de 2007 a 2010 foram concluídas, com um orçamento de R$ 302,5 bilhões.

Os empreendimentos concluídos até o momento equivalem a R$ 302,5 bilhões, de um total de R$ 656,5 bilhões previstos para o período 2007-2010 do programa. Considerando as obras já concluídas e as que estão em andamento, já foram gastos R$ 463,9 bilhões, ou 70,7% do total previsto para o PAC.

“46% é apenas a parte que já foi concluída. A diferença são obras em andamento, muitas que serão concluídas durante o ano. Não considero isso pouco. Não podemos olhar apenas as obras concluídas, mas também os 71% que foram executado”, avaliou a subchefe de articulação e monitoramento, atual coordenador geral do PAC, Miriam Belchior.

As áreas de habitação e saneamento conseguiram concluir 69,4% das ações, com investimento de R$ 158,8 bilhões, enquanto as áreas de logística, energia social e urbano finalizaram 33,6% das ações, com gastos de R$ 143,7 bilhões.

Entre 1º de janeiro e 27 de maio de 2010, os valores pagos para as obras do PAC foram 79% acima dos valores pagos no mesmo período no ano passado, o equivalente a R$ 6,8 bilhões e R$ 3,8 bilhões respectivamente.

Por quantidade de ações, 62% das que integram o programa estão concluídas e 27%, em obras. Outros 4% das ações estão em licitação e 7%, na etapa de licenciamento ou projeto.

Ao todo, 2.483 empreendimentos estão sendo monitorados. Dentro da execução orçamentária do PAC, a previsão de uso de recursos era de R$ 21,4 bilhões em 2010. Apenas no período de janeiro a maio deste ano, o valor previsto para ser utilizado (de dotação) era de R$ 8,9 bilhões; em contratos, já foram empenhados R$ 9,1 bilhões, dos quais já foram pagos R$ 6,8 bilhões.

Infraestrutura logística
Um terço das ações de infraestrutura logística previstas para o período 2007-2010 não foram finalizadas. Essa parte do programa inclui intervenções em portos, aeroportos, ferrovias, hidrovias e estradas. Em relação ao valor dessas ações, nem metade prevista foi empregada. Os dados do balanço para esta área identificam que 48% das ações estão concluídas e 40% apresentam andamento adequado. Porém, 12% delas estão “em atenção”.
Investimentos privados representam 20% do PAC

Os investimentos executados do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) totalizaram R$ 463,9 bilhões até 27 de maio deste ano. A soma equivale a 70,7% do montante previsto para o período de 2007 a 2010, que é R$ 656,5 bilhões. Do total já investido, R$ 272 bilhões foram investidos pelo setor público; R$ 98,1 bilhões são provenientes do setor privado; R$ 157,9 bilhões de financiamentos habitacionais de pessoas físicas; e R$ 5,2 bilhões de empréstimos ao setor público.

Na definição do governo, obras em atenção são aquelas em que o atraso no cronograma não significa risco para a realização do empreendimento. Já as obras em situação preocupante correm o risco de não serem concluídas.

Até dezembro de 2009, foram monitoradas 1.575 ações do PAC em infraestrutura logística.. No entanto, até maio de 2010 só foram realizados 12 monitoramentos a mais, totalizando 1.587. O governo justifica o baixo monitoramento das ações do programa em 2010 devido a ‘desmembramentos’, mas não detalha o que isso significa.

Infraestrutura social e urbana
Pelo critério de valor gasto, 21% das ações que estão concluídas e 58% apresentam andamento adequado. As ações em atenção somam 16% e aquelas em situação preocupante equivalem a 5%. Já de acordo com o critério de quantidade, as ações concluídas equivalem a 27% do total; em execução adequada estão 52% das obras; em atenção, 17%; e as em situação preocupante representam 4%.

Integra o eixo de infraestrutura social e urbana as obras do programa Luz Para Todos. A meta original do programa no período de 2004 a 2008 foi atingida em maio de 2009, permitindo o atendimento de ligações elétricas para dois milhões de pessoas em 18 Estados. A nova meta de 2010, prevê mais 578.429 ligações. Até o momento foram realizados 18% do previsto para este ano, o que equivalente a 105.907 ligações elétricas nos Estados de Pernambuco, Rio Grande do Norte e Santa Catarina.

Infraestrutura energética
Pelo critério de valor, 30% das ações estão prontas e 69% em andeamento adequado. Apenas 1% está em situação de atenção. Já considerando o critério de quantidade, as ações encerradas totalizam 42% e em execução adequada 54%; 3% dos empreendimentos estão em atenção e 1% em situação preocupante.

Este é o primeiro balanço oficial do PAC sem a presença da pré-candidata do PT às eleições presidenciais e “mãe” do programa, Dilma Rousseff. Participam da apresentação no Palácio Itamaraty os ministros do Planejamento, Paulo Bernardo, da Casa Civil, Erenice Guerra, da Defesa, Nelson Jobim, e o interino da Fazenda, Nelson Barbosa. Estarão presentes ainda os ministros das Cidades, Marcio Fortes, dos Transportes, Paulo Sergio Passos, de Minas e Energia, Márcio Zimermann, da Integração Nacional, João Reis Santana Filho, da Secretaria Especial de Portos, Pedro Brito, do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, e da Saúde, José Gomes Temporão.


9 comentários

  1. Amelio ral aas
    domingo, 26 de dezembro de 2010 – 20:40 hs

    Se concluiu só 46%,e´que o aceleramento ,desacelerou

  2. CAÇADOR DE PETISTAS
    domingo, 26 de dezembro de 2010 – 22:58 hs

    O fascista Lula da Silva, vem mentindo e enganando o povo brasileiro, há oito anos. Inventou a mãe do PAC, a Sra. Dilma, que também é uma grande mentira aliás, esta senhora “nunca” disputou cargo eletivo antes de ser enfiada no rabo dos brasileiros pelo metalúrgico aposentado Lula da Silva.

    LULA, DILMA, PAC e PT, representam uma única mentira.

  3. Vigilante do Portão
    segunda-feira, 27 de dezembro de 2010 – 9:06 hs

    Palavrório.

    Executado é diferente de concluído?

    A verdade é que muitas obras, dadas como prontas, estão “em andamento”.

    Estão colocando as Prefeituras em dificuldades:

    A tática é simples:

    O governo (federal e estadual) “vendem” a idéia das obras, tais como “centros de atendimento de saúde ou creches).
    Prefeituras entram com os terrenos e a “obra” é construída.

    Ocorre que os custos do funcionamento, vão correr por conta das prefeituras.

    Estive no interior do Paraná e pude constatar a “pegadinha” .

    Por conta do Ministério da Educação, estão construindo uma “creche”.
    A prefeitura entrou com o terreno, a união, com a construção do imóvel. Sendo que os custos de funcionamento ficarão sob responsabilidade do município.

    Assim, funcionários, material de trabalho, telefone, luz, água, limpeza, conservação e vigilância, tudo pela prefeitura.

    Verdadeiro presente de Grego, pois o governo federal gasta uma única vez e a prefeitura gasta “todos os dias”.

    Bibliotecas (aquelas do Requião), Centros de Saúdee creches, estão no “esquema”.

    A moda é publicar “obras” que “vão ser feitas”.
    Desenhos, feitos em computação gráfica, dão suporte à farsa.

  4. TONHÃO 2012
    segunda-feira, 27 de dezembro de 2010 – 9:20 hs

    NÃO HÁ COMO ENTENDER A DIVULGAÇÃO DE CERCA DE 80% DE POPULARIDADE DESSE MENTIROSO. MESMO SENDO EFETUADA EM SUA CASA DE PETISTAS. COM ISSO CONSEGUIU ENGANAR O POVO E LEGER A DILMULA, QUE SERÁ A CONTINUAÇÃO DA FARSA PETISTA. TER QUE SUPORTAR ISSO POR LONGOS 4 ANOS! QUE VERGONHA… COMO É FÁCIL MANIPULR A OPINIÃO DOS QUE NÃO PROCURAM AS INFORMAÕES CERTAS E ACREDITAM E CONTINUAM A ACREDITAR NESSA FARSA CHAMADA PT. COMO TER FELIZ 2011 COM ESSA TROPA DE ENGNADORES?

  5. Luiz
    segunda-feira, 27 de dezembro de 2010 – 9:38 hs

    Todos sabemos que foi um governo de mentiras, corrupção e incompetência.

  6. Angela
    segunda-feira, 27 de dezembro de 2010 – 12:35 hs

    Na verdade o PAC não atingiu nem 10%, mas inauguração de pedras e ajuntamento foram várias e para mídia 46%, legal né ?

  7. Vigilante do Portão
    segunda-feira, 27 de dezembro de 2010 – 13:17 hs

    Mais um exemplo:

    As casas do Guaraituba.

    Inauguradas 3 (treis) vezes, uma das quais com a presença do Lula e da Dilma.
    Teve uma “Escolinha” especialmente para divulgar as casas.
    O Rafael disse que era a nova maravilha do mundo.

    Apenas 50 casas ficaram prontas (serão 700).

    A obra está PARADA.

    Mais uma mentira do Lula e do Requião.

  8. Cascavel
    segunda-feira, 27 de dezembro de 2010 – 13:23 hs

    46% é bastante, pois o governo anterior do PSDB não fez nem 1% de Obras que o PT (Lula) fez.
    E um detalhe não foi feito mais pela imcompetêncial de Governadores e Prefeitos que não apresentaram projetos para que o governo federal pudesse inverstir.
    Se não me falha a memória o Paraná e Curitiba, cascavel e outors estados e Municípios tiveram que devolver verbo federal por falta de Projetos.

  9. Vigilante do Portão
    segunda-feira, 27 de dezembro de 2010 – 14:55 hs

    A Dilma vai herdar o abacaxi.

    Voltando do interior, ontem 16:30, a Br277, trecho que corta Campo Largo, estava intransitável.

    É o “APAGÃO” das estradas, Portos e Aeroportos.

    Explico:

    Estamos crescendo 7,5% em 2010. A previsão é de que em 2011, a taxa seja de 4,7%.

    Bem, um sobre o outro, dá mais de 12,5%.
    Basta Perguntar:

    As Estradas, Portos Aeroportos, etc., vão acompanhar esse crescimento?

    N Ã O!

    Estamos “gastando” o estoque.
    A Copa do MUndo está chegando e não vejo obras, apenas propaganda e de todas as esferas de governo.

    As Rodovias são as mesmas de 10 anos atrás.
    Os Aeroportos não aumentaram.
    Lembram do “apagão” aéreo? Pois é, prometeram construir mais aeroportos (em São Paulo, p/ exemplo), criar a 3ª pista no Afonso Pena.
    CADÊ?

    MENTIRA, tudo mentira.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*