Futura ministra usa verba irregular em hospedagem | Fábio Campana

Futura ministra usa verba irregular em hospedagem

Da Folha de S. Paulo

A futura ministra da Pesca, senadora Ideli Salvatti (PT-SC), gastou mais de R$ 4.000 em verba indenizatória do Senado com pagamento de diárias de um hotel em Brasília enquanto recebia auxílio-moradia, o que é irregular, informa reportagem de Matheus Leitão, Andreza Matais e José Ernesto Credencio, publicada na Folha desta quinta-feira.

O Senado informou que o uso da verba indenizatória para essa finalidade não é permitido, uma vez que os senadores já recebem um benefício para custear despesas com moradia em Brasília no valor de R$ 3.800 mensais. Ou seja, ela recebeu duas vezes pela mesma despesa.

Após ser procurada ontem, Ideli, há oito anos no Senado, disse por meio de nota ter havido um erro da sua assessoria e mandou devolver o dinheiro aos cofres públicos.

A Folha apurou que a petista pediu ainda ao Senado que apague a informação sobre o gasto no site da Casa, onde ficam registradas todas as despesas dos senadores com a verba indenizatória, após o ressarcimento.


15 comentários

  1. Alemão
    quinta-feira, 23 de dezembro de 2010 – 13:35 hs

    O povo de SC , não gosta desta mulher e ela esta muiito rica !

  2. Gonçalves
    quinta-feira, 23 de dezembro de 2010 – 13:57 hs

    Bastante adequada a foto da dita ministra. Veremos se ela poderá assumir…

  3. DiDi
    quinta-feira, 23 de dezembro de 2010 – 14:18 hs

    Normal. afinal ela é PT.

  4. André
    quinta-feira, 23 de dezembro de 2010 – 15:03 hs

    Não!? Corrupção do PT, devem estar enganados, com certeza Lula não sabia.

  5. Zangado
    quinta-feira, 23 de dezembro de 2010 – 17:10 hs

    É a futura Ministra da Pesca ou da Festa ?

  6. Nunes
    quinta-feira, 23 de dezembro de 2010 – 17:33 hs

    Ministério da Pesca? Para que serve isso? Deveria ter um Ministério do Surf…

  7. Chrystian Sobania Wowk
    quinta-feira, 23 de dezembro de 2010 – 17:42 hs

    Esta senhora é uma picareta desqualificada.

  8. CAÇADOR DE PETISTAS
    quinta-feira, 23 de dezembro de 2010 – 18:52 hs

    Ora, não vejo nenhuma surpresa disso afinal, corrupção faz parte do PT. Você votou na quarilha do PT? Eu não.

  9. antonio carlos
    quinta-feira, 23 de dezembro de 2010 – 19:57 hs

    Um futuro ministro gastou em motel, e disse que a notícia era mentirosa. Depois se retratou. Deve ter sido culpa da imprensa. Agora a derrotada Ideli, do alto dos seus gritos nega fato quase igual, mas de mesma natureza. Novamente a culpada é a imprensa. Bem que o pestismo tenta calar a mídia através do tal “controle social”. Mas do que se trata mesmo este controle social? O pestismo deve saber. Se a imprensa não denunciar os “deslizes” dos poderosos, vamos acabar de novo no Mensalão. ACarlos

  10. Parreiras Rodrigues
    quinta-feira, 23 de dezembro de 2010 – 21:21 hs

    Um faz festa em motel, outra recebe moradia em dobro. Thamo phodidos.

  11. quinta-feira, 23 de dezembro de 2010 – 22:53 hs

    Esse ministério da Dilma é um escândalo.. literalmente!!!

  12. ANA
    quinta-feira, 23 de dezembro de 2010 – 23:19 hs

    FARINHA DO MESMO SACO……………ELA VAI INSTITUIR A “BOLSA LAGOSTA”,PQ A “BOLSA PEIXE” JÁ EXISTE, NÃO NECESSARIAMENTE COM ESTE NOME.

  13. ZÓIO
    sexta-feira, 24 de dezembro de 2010 – 16:43 hs

    Vocês não viram nada ainda. Esperem começar o governo da Dilma da Silva para ver o que vai acontecer.

  14. Christiano Fernandes
    sexta-feira, 24 de dezembro de 2010 – 19:29 hs

    Todos aqui estão usando de má fé. Se a senadora apresentou as notas oficialmente é por que pode. Ou será que vão dizer agora que ela não pode pagar o hotel para uma assessora? Ou vão dizer que no Brasil inteiro, desde as Câmaras Municipais isto não acontece? Amigos, isto acontece em qualquer casa de Lei do mundo. Na verdade, vocês de SC devem estar querendo que a Dilma nomeie alguém do DEM ou PSDB para o Min. da Pesca. Quem não os conhece que te compram camaradas…

  15. ROMÃO MIRANDA VIDAL
    sábado, 25 de dezembro de 2010 – 2:05 hs

    Seria prudente averiguar quais as atividades exercidas pelo esposo da senhora senadora, em Santa Catarina.
    Tanto como Pessoa Fisica como Pessoa Jurídica.
    Se tem alguma ligação com o Terceiro Setor.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*