Derrotados do PMDB berram contra aliança com o PSDB | Fábio Campana

Derrotados do PMDB berram contra aliança com o PSDB

Da Elizabeth Castro

Candidato a vice-governador na chapa do senador Osmar Dias (PDT) na disputa ao governo este ano, o deputado federal Rodrigo Rocha Loures avisou que a decisão da bancada estadual do PMDB de se aliar ao adversário, o governador eleito Beto Richa (PSDB), está sendo observada de perto pela direção nacional do partido. Único representante do PMDB do Paraná na executiva nacional, Rocha Loures disse que “no tempo certo” a direção nacional irá cobrar explicações e se debruça sobre o futuro do partido em cada estado.

“O PSDB não fez parte da nossa coligação nacional nem local. Nós não reconhecemos o PSDB como um aliado. Tudo isso será discutido nas instâncias adequadas. Não houve diálogo no nível adequado sobre o assunto”, disse o deputado, que faz mais um alerta aos navegantes.

O PMDB não é mais apenas um aliado do PT. O PMDB é parte do governo do PT e, a partir do próximo ano, vai estabelecer algumas regras para quem quiser permanecer na legenda. “No trabalho que a direção nacional quer fazer no PMDB, quem não estiver confortável deve ficar à vontade para expor seu desconforto. Não vamos criar dificuldades para que essas pessoas sigam o seu caminho”, disse.

Diante da eleição de Michel Temer como vice-presidente da República, começa o que Rocha Loures chamou de “Novo Tempo”no PMDB. E a tese que deve prevalecer é a seguinte: “É melhor ter um partido menor, mas coeso e unificado nos atos e praticas, do que ter um grande numero de figuras que não conseguem interagir coletivamente”, afirmou Rocha Loures.

Para o deputado federal, a decisão da bancada peemedebista pode ser definida assim: “incoerência, oportunismo e precipitação. Um adesismo não programático, sem pé nem cabeça”. O apoio ao governador eleito e a participação no governo tucano não tem fundamento programático, disse. “Uma aliança deve ser feita sobre uma base programática, um conjunto de compromissos. O que aconteceu agora só está fundamentado no aval de algumas pessoas, deste ou daquele deputado. Acho que esta postura de alguns desvaloriza não apenas o PMDB, mas todos os partidos políticos como um todo. Ética e disciplina partidária são valores que o cidadão quer”, avaliou.

Em disputa

Sem mandato parlamentar a partir do próximo ano, mas com mandato na executiva até 2012, Rocha Loures volta às atividades empresariais, mas pretende se dedicar mais às tarefas partidárias. Uma das suas missões é preparar o partido para a disputa de 2012. O projeto é estruturar o partido para o lançamento de candidatos próprios às prefeituras no maior número possível de municípios.

No Paraná, o PMDB tem atualmente 134 prefeitos. E a maioria vai tentar a reeleição em 2012, disse Rocha Loures. “O esforço que faremos é para que o partido seja reforçado nesta disputa. Nosso dialogo vai ser no sentido de estar organizado para vencer a eleição em 2012”, afirmou o deputado.


14 comentários

  1. HENRY
    sábado, 25 de dezembro de 2010 – 10:03 hs

    ESSE QUASE ex DEPUTADOZINHO CABELO DE BRILHANTINA, DEVERIA SE COLOCAR NO SEU PAPEL DE “nada”, COLOCAR A VIOLINHA “desafinada” NO SACO E IR PARAR DEBAIXO DOS BRAÇOS DO “papai”, ESSE SIM UM SUJEITO IMPORTANTE POR AQUI.

  2. Borduna
    sábado, 25 de dezembro de 2010 – 11:02 hs

    O PMDB entendeu finalmente que tem de ter candidatura própria nas eleições? Uuuuuuuuufa até que enfim. Vai deixar de ser penduricalho e quem sabe volte a ser Partido….

  3. ▄▀▄†Ψ REQUEIJÃOΨ†▄▀▄™
    sábado, 25 de dezembro de 2010 – 11:30 hs

    Perdedores

  4. CAÇADOR DE PETISTAS
    sábado, 25 de dezembro de 2010 – 11:44 hs

    É o enfraquecimento da quadrilha Petista.

  5. Geraldo
    sábado, 25 de dezembro de 2010 – 11:57 hs

    Tal pai, tal filho… Pare rapazinho, vc ficou sem mandato, vai ajudar papai nas maracutais da FIEP que vc ganha mais!

  6. PROFESSOR
    sábado, 25 de dezembro de 2010 – 12:17 hs

    ISSO É SIMPLESMENTE O GRITO DOS DERROTADOS,SERÁ OUVIDO?

  7. Kim El Say
    sábado, 25 de dezembro de 2010 – 20:10 hs

    Coitado
    O Bibbo Filho v ai ter de achar uma outra boca. Pois até o Bobby Pai esta levando um toco atrás do outro. Acho melhor eles voltarem a fazer barrinha de cereal.

  8. antonio carlos
    domingo, 26 de dezembro de 2010 – 12:55 hs

    Os sem poder, e sem voto, do Velho de guerra parece que não conhecem aquela máxima, rei morto, rei posto. Tigrada, o homem da hora é o Beto, e se alguém pretende alguma coisa, é com ele que tem que falar. Os que tem voto, e mandato, estes tem alguma chance de fazer barulho. Os sem voto e sem mandato que calem a boca, porque só estão perdendo tempo, e desagradando os novos donos do poder. Que o diga o cabeça de ovo, que preferiu abrir mão de uma boquinha de deputado, para se agarrar em uma de secretário. Por quê será? Ele só não tem cabelo, mas no resto o bicho é vivo. Aconselho aos chorões que se conformem, a vida é curta, e não há mal que sempre dure, e nem bem que nunca acabe. Ninguém conhece o dia de amanhã. Talvez… ACarlos

  9. NORTEDOPR
    domingo, 26 de dezembro de 2010 – 13:53 hs

    SR. ROCHA LOURES….O PARANÁ É DE TODOS NÓS!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    VÁ PROCURAR A SUA TURMAAAAAAA….
    ROMANELLI…VC ESTÁ CERTISSIMO …AJUDE O PARANÁ !NÃO IMPORTA PARA NÓS PARANAENSES…SE VC É PMDB OU PSDB…VENHA AJUDAR A MELHORAR O NOSSO PARANÁ…..

  10. TULIPA
    domingo, 26 de dezembro de 2010 – 16:20 hs

    ROCHA LOURES.
    ACORDA…………………OPMDB NÃO É MAIS MERDA NENHUMA NA ORDEM DO DIA.
    O PMDB DEIXOU DE EXISTI QDO ULISSES FOI MORRIDO NAQUELE ACIDENTE , LEMBRA…………DAI ENTÃO VIROU TAPETE DE DO PT.
    RECEBE QUALQUER ESMOLA PARA FICAR NA MIDIA.
    TEM FIALIADO QUE NÃO SABE PORQUE AINDA ESTÁ QUE ESTÁ INSCRITO NESTE PARTIDO, E AINDA FICA PORQUE ISTO É COMO O DIVORCIO, FICA MAIS FÁCIL CONTINUAR COMO ESTÁ DO QUE FICAR ATRÁS DE BUROCRACIA E EXPLICAÇÕES PORQUE ESTÁ SAINDO.
    FUI 22 ANOS DO PMDB DE ULISSES, QDO VI A FISIOLOGIA, O OPORTUNISMO, SACANAGEM TOMAR CONTA DESTE PARTIDO CAI FORA. E NÃO ME ARREPENDO. O PMDB JÁ ERA.
    NÃO TEM NOME NEM CORAGEM SUFICIENTE PARA LANÇAR SEU PR´PORIO CANDIDATO, VIVE COMO SANGUESUGA, AS CUSTA E AS SOMBRAS DO PT.
    CALA BOCA .ROCHA LOURES, VC NSCEU ONTEM…..NÃO SABE DE NADA….
    COMO DIZ O OUTRO: VÁ PARA CASA PADILHA……….

  11. Ricardo
    segunda-feira, 27 de dezembro de 2010 – 9:21 hs

    Vou perguntar mais uma vez: o PMDB/PR sem o dono existe?
    Aqueles que se acham “amigos” do “legítimo proprietário” tentam inflamar as discussões políticas no Estado. Conseguem uma fumacinha de incenso, só que sem cor, sem cheiro e sem importância.
    O PMDB velho de guerra, aqui no Estado, se dissolvido, faria com que o seu dono comandasse o PT nativo, de direito, pois, de fato, já comanda faz tempo (salvo raras exceções).

  12. CAVALEIRO NEGRO
    segunda-feira, 27 de dezembro de 2010 – 9:50 hs

    ESSE BOTUCUDO NÃO ACRESCENTOU NADA NA CAMPANHA DO OSMAR…ATÉ PELO CONTRÁRIO ESTRAGOU, ….ROCHA O PMDB PERDEU, ENTENDEU PERDEU…..PERDEU,… AGORA NÃO QUER DIZER QUE SÓ PORQUE FOI OPOSIÇÃO NA CAMPANHA, TEM QUE SER OPOSIÇÃO A VIDA INTEIRA, SE O OSMAR TIVESSE GANHADO TERIA QUE FAZER COMPOSIÇÃO PARA O BEM DO PARANÁ….O QUE ESTA EM JOGO É O PARANÁ….E NÃO UM PARTIDO….ROCHA , CANTE AQUELA MUSICA SERTANEJA E FAMOSA…….””””amanheceu peguei a viola, enfiei na sacola e fui viajar””””””ou então…””””””Encosta sua cabecinha no meu ombro e chora……””””””

  13. ivonei
    segunda-feira, 27 de dezembro de 2010 – 11:11 hs

    Deveriam todos limpar a boca para atacar o partido que devolveu a democracia a este país.O PMDB foi, é e ainda é o maior partido do Brasil. Perdemos a eleição para o governo do Paraná, mas não perdemos a honra. Da maneira que comentam até parece que no PMDB só tem canalhas, e isso não é verdade, tivemos grandes homens que contribuiram para construir este país e temos grandes homens que continuam contribuindo. Atacar o PMDB com leviandade é atacar a própria democracia do Brasil. Cada um tem a sua opinião, a sua opção por este ou aquele partido, mas isso não dá o direito de falar o que quer com tamanha falta de conhecimento, com irresponsabilidade. Esses que falam do PMDB com repúdio deveriam ler um pouco da história desse partido, e depois sim emitir sua opinião.

  14. Ricardo
    segunda-feira, 27 de dezembro de 2010 – 17:04 hs

    Caro Ivonei
    Quem dá vida aos partidos, são pessoas, seus filiados.
    O partido, por si só, não tem história, não se revolta e não fala.
    Conheço o MDB quando era a antítese da ARENA. Agora, você não está querendo dizer que o PMDB de Sarney, Temer e toda esta penca de oportunistas que mandam e desmandam no seu seio pertencem àquela HISTÓRIA maiúscula.
    Sem ofensas, mas me poupe.
    E aqui no Paraná !!! Sei que existem vários históricos do Partido. Mas se curvar e se permitir serem humilhados como foram nos últimos 30 anos pelo Requião, perderam suas chances de brilhar tal qual DR Ulisses. Acho que passou da hora de se repensar os rumos. Agora, em cidades do inteiror, onde a contaminação é menor, eu acredito que ainda remanesça partes daquele MDB.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*