Dutra diz que ministério 'não é propriedade de ninguém' | Fábio Campana

Dutra diz que ministério ‘não é propriedade de ninguém’

Da Folha.com

Após ouvir reivindicações de 11 partidos que apoiam Dilma Rousseff, o presidente do PT, José Eduardo Dutra, declarou na tarde desta quarta-feira que “ministério não é propriedade de ninguém” e que crescimento nas urnas não pode ser usado para exigir maior participação no governo.

O recado, direcionado aos aliados em geral, se choca mais especificamente com as pretensões do PSB –que pressiona por maior espaço sob o argumento de que saiu fortalecido das eleições– e do PMDB, que defende a manutenção, no governo Dilma, de todas as seis pastas que ocupa, mais o Banco Central.

“Tem que ter claro que nenhum ministério é propriedade de ninguém. Vai ser formado um novo governo e a presidenta é que vai decidir se vai optar por continuar a ocupação do espaço nos moldes do governo [atual] ou se vai propor modificações. Não há uma regra pré-definida em relação a isso”, afirmou Dutra, após receber hoje, separadamente, dirigentes do PR, PRB e PTN.

Nos últimos dias, ele ouviu pedidos de lideranças de outras oito legendas aliadas, incluindo o PT, e deve conversar ainda com integrantes do PTB, que apoiou formalmente a candidatura de José Serra (PSDB).

Sobre a declaração dos dirigentes partidários nas saídas dos encontros –de forma praticamente unânime, eles defendem a manutenção do espaço que hoje ocupam na Esplanada dos Ministérios, com ampliação–, Dutra rebateu principalmente o argumento de que crescimento nas urnas significará maior participação.

“Os espaços do governo são finitos, a equação para garantir a participação de todos será feito pela presidenta. Como todos os partidos da base aliada cresceram [nas eleições], você não pode a princípio estabelecer que isso seja um critério para ampliar também a participação no governo. Senão teria que ampliar os cargos do governo para atender ao conjunto dos partidos, e não é essa a intenção.”

Os últimos partidos ouvidos por Dutra foram os nanicos PRB (que elegeu oito deputados federais, o mesmo número da bancada atual) e PTN (que não elegeu nenhum). O presidente do PRB, Vitor Paulo, afirmou que o partido aceitará qualquer pasta ou cargo oferecido por Dilma e que o senador da legenda, Marcelo Crivella (RJ), é “preparado” e “aspirante” a qualquer posto.

Dutra levará a extensa lista de reivindicações dos partidos a Dilma na próxima semana, quando ela retorna da viagem à Coreia do Sul –onde participa da reunião do G20 (grupo das 20 maiores economias do mundo).


6 comentários

  1. quarta-feira, 10 de novembro de 2010 – 16:29 hs

    Como canta Ivete “….e vai começar a festa,…..”

  2. CAÇADOR DE PETISTAS
    quarta-feira, 10 de novembro de 2010 – 19:12 hs

    CANALHA.

    E o brasil é propriedade do PT?
    Não?, então porque agem como se fosse.

    PT, O CÂNCER DO BRASIL.

  3. ALEMÃO
    quarta-feira, 10 de novembro de 2010 – 23:22 hs

    Ja dá pra ver quem é que vai mandar né? O poste vai ser decorativo.

  4. quinta-feira, 11 de novembro de 2010 – 8:28 hs

    Tudo que o PT fez as escondidas, começa a chegar para o povão. Mas estava escrito, milagre não acontece da noite para o dia… e agora povão… inflação a vista…. moeda desvalorizada, alimentos sumindo e combustível subindo….

  5. quinta-feira, 11 de novembro de 2010 – 13:10 hs

    E COMEÇOU O PAU PELO PODER,HORA DE ACERTAR AS CONTAS DE APOIO DA CAMPANHA DA GUERRILHEIRA,IMAGINEM QUE GOVERNO SERÁ….

  6. CAÇADOR DE PETISTAS
    quinta-feira, 11 de novembro de 2010 – 13:44 hs

    Maledetos comunistas de vermelho.

    PT, O CÂNCER DO BRASIL

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*