PM teme o calote do governo Pessuti | Fábio Campana

PM teme o calote do governo Pessuti

O pessoal da Polícia Militar anda preocupada com a possibilidade do governo naplicar-lhe um calote. Ainda não recebeu a 4ª parcela da reestruturação salarial. Essa 4ª parcela, segundo eles, é o que melhoraria um pouco seus salários. A PEC do subsídio que aprovaram não valerá nada sem a 4ª parcela da reestruturação, pois a PEC 64 e agora Emenda 29, simplesmente transformam a descrição nos holerites, não melhoram em nada os ganhos.

A Emenda 29 diz que a implantação do subsídio será gradual, o que, embora seja uma conquista, poderá se ajustar aos poucos, não passando de meros aumentos que se poderia dar a todo o funcionalismo. E reclamam dizendo: “Cadê os deputados, o Comandante Geral da PM, o Governador, o Secretário de Segurança e a própria Secretária de Administração e Previdência, que falaram tantol reestruturação salarial? Se tem dinheiro, por quê não pagam?


28 comentários

  1. sábado, 27 de novembro de 2010 – 11:17 hs

    Bem vindos as mentiras de todos os Secretários acima enumerados e do fanfarrão do Pansuti,pois, acreditem que agora que foi prometido ,publicado , é regra deste governo e da Secretária da Administração,entrem na justiça para garantir seus direitos,esta é a postura destas figuras.
    Citarei um exemplo somente, em novembro de 2003 o então fanfarrão Duce assinou e publicou um decreto reconhecendo o direito dos servidores de serem promovidos e negados por uma Comissão de Avaliação de Títulos,uns insubordinados junto com as mandantes, foram 700 servidores de carreira perseguidos pelos asseclas da Secretária de Adminstração,portanto, “elas” decidiram em não pagar os valores retroativos “alegando” que a SEFA não havia previsto os recursos financeiros,fomos atrás da verdade na SEFA ,”elas” MENTIRAM ,pois, o coordenador de finanças afirmou que o Duce somente assinou tal decreto de acordo com o bloqueio dos recursos,mas, “elas” é que não obedeceram a determinação do Duce,e não implantaram o pagamento retroativo até hoje,então tivemos que acioná-los na justiça ,vejam que é um direito garantido pelo próprio governador e que foi barrado pelos asseclas da SEAP,esta turminha toda deveria ser revista pelo sr.governador,os prejuizos causados ao erário público.
    Portanto nobres policiais militares,dou uma sugestão,busquem os reais culpados dentro deste desgoverno,o mais preciso na SEAP e SEFA,abram uma ação na justiça responsabilizando individualmente,cada um dos que não estão cumprindo a determinação do governador, somente será possível assim que vocês poderão receber.
    Talvez, daqui a uns vinte anos seus direitos previstos para serem pagos hoje serão pagos,pois, é isto que a SEAP quer ,empurrar com a barriga todos os problemas salariais para o próximo governo,isto é real e não factoide…

  2. Pessuti é a esperança.
    sábado, 27 de novembro de 2010 – 11:34 hs

    Se esta decisão esperada há anos for deixada para o “vamos ver”, Pessuti perderá a oportunidade de resolver por uma das maiores e históricas necessidades da segurança pública do Paraná.

  3. Joãozinho
    sábado, 27 de novembro de 2010 – 13:32 hs

    kkkkkkkk Pessuti o CALOTEIRO

  4. ESTAMOS DE OLHO
    sábado, 27 de novembro de 2010 – 14:38 hs

    Somos um efetivo capacitado, treinado, inteligente e obediente. Mas não somos “burros”…

  5. Carlls PM
    domingo, 28 de novembro de 2010 – 1:14 hs

    Mais uma vez o governo engana o Policial, foi anunciado como uma reestuturação jamais vista e até agora nada da 4º fase? A Polícia Militar, infelizmente, se transformou em fantoche do governo. O PM, que tantas vezes não mede esforço para cumprir sua árdua missão, fica a mercê de certos políticos “fanfarrões” e acomodados, gostam de divulgar feitos antes de realizá-los, assim fica fácil né Governador Pessuti. Tudo o que espero do próximo governador é respeito, que não brinque com a PM, como vez o Governo PMDB, que trate os policiais com seriedade, que cumpra com as promessas de campanha. A Polícia Militar do estado não merece isso.

  6. PRÓFI GASPARZINHO
    domingo, 28 de novembro de 2010 – 10:14 hs

    Idem com os professores!

  7. mauzashi
    domingo, 28 de novembro de 2010 – 11:23 hs

    É covarde e sem propósito o comentário feito sobra a última parcela da reestruturação da PMPR. Nunca, antes nos 156 anos da Corporação, houve um avanço tão significativo na área de segurança pública neste Estado. Podem falar o que quiserem, mas ninguém pode negar ao Governador Requião e Pessuti, a estabilidade em termos de ocorrências policiais neste Estado….O Paraná é considerado perante outros membros da confederação, a mais preparada e qualificada orgão dfe segurança da Nação…..
    Por isso pressionar o Governante é irracional e depropositada…..
    Sou Oficial de PMPR, e sou feliz por nela ter dedicado grande parte da minha vida, à comunidade paranaense……

  8. domingo, 28 de novembro de 2010 – 12:25 hs

    Senhores,

    Não nos esqueçamos da Polícia Civil. A publicidade do Governo anunciou a contratação de mais de mil policiais e até agora somente 500 foram nomeados e ainda não terminaram os treinamentos, ou seja, não estão atuando em prol da sociedade. Existem mais de 2 mil candidatos aprovados aguardando serem chamados. Confiram em http://excedentespoliciacivildoparana.blogspot.com/

  9. Joaquim
    domingo, 28 de novembro de 2010 – 12:34 hs

    Cada um na sua, a farda de um Oficial da PM e a mesma do Praça, so que o SALARIO DE UM CAPITÃO que so assina documentos e não prede ninguem, não tira escala na madrugada e de R$ 12.000,00 reais brutos, e da turma da linha de frente que trabalha, que prende e carrega a PMPR nas costas e de 2.154,00, muito justo isso. Todo oficial vai elogiar o Governador mesmo, teve CPO, essa semana e promoveram uns 200 oficiais. Cada um na sua. Força Praças da PMPR.

  10. FALA SÉRIO
    domingo, 28 de novembro de 2010 – 14:56 hs

    Acredito que o SR mauzashi seja um destes que ganharam mais de 3.000 mil reias nesta reestruturação salarial, concórdo co o SR. se eu tivesse ganhado este valor também iria PUXAR O SACO DOS GOVERNADORES, mas não posso dizer o mesmo enquanto a minoria( oficiais) ganharam em média mais de 3.000 mil reais de aumento os SOLDADOS que fazem a coisa andar, vão ganhar isso de viér a 4 fase MISEROS 360 REAIS.

  11. Prof Vivi
    domingo, 28 de novembro de 2010 – 16:28 hs

    Sou professora e os avanços aconteceram, principalmente na primeira gestão do governador Requião. Não reconhecer isto é burrice, porém, na segunda gestão não senti muita firmeza, enrolaram demais e deixaram promessas de campanha sem cumprir. Acho que foi aí que o Requião perdeu muitos votos para o senado, inclusive o meu.

  12. MAJOR PU
    domingo, 28 de novembro de 2010 – 18:37 hs

    Realmente promoveram somente peixes, eu fiquei de fora, mais faz parte. ESPERAR O GOV REQUIÃO VOLTAR, E CMTE PROMOVEU IRMÃO A CEL COMO SERÁ O DESCONFORTO PMPR.
    A COMUNICAÇÃO ESTA VERGONHA TO FORA.
    Delegado da PF me excluiu, e ainda querem por DEL FEDERAL SESP- vergonha não connhece o Paraná.

    A PM esta equilibrada com a Policia Civil na SESP. Fora FEDERAL.

    BETO não aprove a PEC 64 será o fim do sonho de nossos filhos seguirem carreira CPM.

  13. PESSUTTI PROMOVE PFem A CEL
    domingo, 28 de novembro de 2010 – 18:54 hs

    CAIA A PEC 64 ,
    SR BETO RICHA A SESP PRECIDA DE CORONEL NO COMANDO.
    PARABENS PROMOÇÃO CEL MIRIAN OSGA NOBREGAÁ TROPA PMPF ESTA COM MORAL, TIO BOB DE MUITO BALÃO NELA POIS A MESMA E SERIA E COMPETENTE

    É SO OBSERVAR O EQUILIBRIO TANTO NA PMPR E NA POLICIA CIVIL.;
    NADA DE DELEGADO FEDERAL AINDA MAIS EX CHEFE GABINETE REQUIÃO.

    TEMOS NOMES DE OFICIAIS OPERACIONAIS E COMPETENTES

    CEL ITAMAR E MALUCELLI, ITAMAR PENA IRMÃO APOIOU OSMAR.
    CEL MALUCELI SOUBE TRATAR A TROPA NAS CATEGORIA PRA~ÇAS E OFICIAIS.
    COMPETENTE E ADMINISTRADOS TEM RELAÇÃO COM CLASSE EMPRESARIAL, COMPETENTE

    CEL MALU NA SESP COMO SECRETÁRIO E DIRETOR GERAL DR. NEWTON ROCHA TEREMOS EQUILIBRIO NAS FORÇAS E OS BANDIDOS NÃO VIRÃO AO PARANÁ

    SR GOVERNADO BETO RICHA NÃO DEIXE REQUIAO POR TABELA COMANDAR SESP ATRAVES DE SEU EX CEHFE GABINETE

  14. Ed
    domingo, 28 de novembro de 2010 – 22:56 hs

    A questão não é quanto ganha um ou outro; mas sim o cara cumprir e honrar o que prometeu; o cara tem que honrar o bigode e a barba que tem. Se não pode cumprir, não prometa. Minha avó dizia: ofertar e não dar faz o bobo se alegrar. Ninguém da tropa pediu a 4ª parcela, foram eles quem cantaram alto como galinha, anunciando tal reestruturação. Agora que cumpram!

  15. paulo
    segunda-feira, 29 de novembro de 2010 – 13:10 hs

    Brincadeira um capitão vir fazer discurso de apoio a essa reestruturação do inferno, se eu tivesse participado desta rasteira nos praças eu tambem estaria babando nos ovos do Rquião.

  16. LEO APDG
    segunda-feira, 29 de novembro de 2010 – 23:39 hs

    HUMMMMMMMMMMMMMM.

  17. Cezarneski
    terça-feira, 30 de novembro de 2010 – 17:04 hs

    Tudo é possível quando se trata com pessoas que
    não honram o que falam.

  18. Eu Mesmo
    quinta-feira, 2 de dezembro de 2010 – 3:45 hs

    Brincadeira hein oficial, vai latir pra lá meu !!!!!!! cambada de vagabundos que só estragam a policia. que isso….

  19. Netto
    segunda-feira, 6 de dezembro de 2010 – 11:54 hs

    Vejamos com um pouco de coerência e menos nervosismo.
    Realmente dizer que vai fazer e não fazer, vindo de um estadista é um disparate. Não há o que esperar de quem diz algo que não cumpre.
    O fato dos Oficiais da PM receber um salário maior do que as Praças é algo natural em qualquer lugar onde a democracia impere.
    Não há como funcionários que estão na base de qualquer atividade recebam salários maiores dos que os que estão na direção.
    A vida é assim, o mundo é assim.
    Eu fui Praça e hoje sou Oficial. Com muito orgulho em ambos os casos. Jamais reclamei, sempre lutei, estudei e fiz por merecer cada promoção, cada avanço que tive.
    O despeito de alguns não serve de base para termos opiniões embasadas a respeito da PMPR que não é nossa……é do povo do Paraná.

  20. Anônimo
    segunda-feira, 6 de dezembro de 2010 – 14:47 hs

    cade o nosso reajuste

  21. anonimo
    segunda-feira, 6 de dezembro de 2010 – 23:57 hs

    Beto Richa foi eleito com apoio geral dos policiais militares, espero que ele tenha a honra e a vontade de melhorar as condições dos integrantes policia militar, a exemplo do que foi seu pai grande Governador JOSÉ RICHA. Aprovando a PEC 64 e não aceitanto a cobrança previdenciaria dos inativos. Posto que os inativos não podem arcar com a irresponsabilidade de Jaime Lerner e Requião e agora Pessuti que deixaram de repassar o dinheiro para a Paranaprevidencia.

  22. luiz
    segunda-feira, 13 de dezembro de 2010 – 17:59 hs

    filho de oficial vai ter que estudar igual a filho de praça.

  23. Praça decepcionado
    terça-feira, 14 de dezembro de 2010 – 1:19 hs

    É claro que os Oficiais não querem a aprovação e implantação da PEC 64, pois uma das mudanças é a exigência do curso de Direito para ingressar no oficialato, sendo assim tudo fica mais difícil para eles, como por exemplo: colocar seus filhinhos no CFO da APMG pela “porta dos fundos” como sempre o fazem. Outra questão que os incomoda, é que será muito mais difícil enfiar garganta abaixo as truculências, absurdos e desmandos em pessoas com um pouco mais de idade do que os garotinhos saídos do CPM, ainda mais com formação jurídica, mentes abertas, que questionam tudo, e o pior, questionam dentro da legalidade. E tem mais, os instrutores do CFO vão ter que se preparar para dar aulas, pois, até agora só enrolaram, mas, agora como um instrutor na área de direito vai fingir que ensina um Bacharel. E como vão pedir aumento diferenciado só para Coronéis, se os salários das Praças estarão atrelados ao dos oficiais através do subsídio e escalonamento.

    Desmilitarização, Unificação, Valorização Profissional, esse é o caminho.

    Por favor parem de brincar com a segurança pública, parem de fazer politicagem nojenta, parem de usar a PM como massa de manobra, como fantoches.

  24. Reclamildo
    terça-feira, 14 de dezembro de 2010 – 9:34 hs

    Eu quero saber onde foi parar a polícia, pois na rua ela não está!!!

  25. terça-feira, 21 de dezembro de 2010 – 15:51 hs

    gente..para de reclamar… costume ignorante… se buscar a Deus é mais garantido doque fika implorando soluções pra qualquer homem…. Deus pode fazer vc triunfar com o que vc tem !!

  26. Anônimo
    quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011 – 15:47 hs

    Queria saber quando é que nosso Exmo. Sr. Governador do Estado do Paraná, vai pagar o subsídio (PEC64), pois o prazo é de 180 dias, ou seja vence em abril e ja estamos cansados de balela, conversa, falsas promessas e etc, talvez os oficiais não gostem, pois quem mais tem a perder são eles e não nós praças, pois eles perdem as gratificações, como por exemplo, não terem direito mais a ganhar por aula dada na APMG, pois afinal de contas, ja ganham um salário ótimo demais para não fazerem nada, e instruir é um dever dos mesmos, para isso são oficiais, não precisando ganhar por hora aula, absurdo, outra coisa que revolta a classe dos folgados, chamados “coçam o saco” é que não vão poder mais entrar sem ter nivel superior ou seja formado em direito, espero que nosso novo Governador comece a enxergar os erros do passado e ao menos tente arrmar as cagadas deixadas para trás
    Só gostaria de lembrar a todos que durante todos esses anos que estive na corporação, da qual me orgulho muito, sempre foi nós praças que fizemos história na PMPR, linhas de frente e nunca fomos reconhecidos apresar de sermos a maioria, pois sempre tem um idiota para levar a fama sem ter feito nada, a não ser esperar para dar uma entrevista junto aos órgãos de comunicação, somente para aparecer dizendo porque a PM é isso a PM é aquilo, mas nunca esteve junto na maioria das ações, só sabem mandar, que seria de nossa corporação, se não fosse nos praças, porque oficiais não servem pra nada, a não ser dar ordens e ficar atras de uma mesa assinando papéis e elaborando partes e mais partes, com intu´´ito de prejudicar, punir, com FATD de coisas desnecessárias ao meu ver, coisas que as vezes são bobagens, mas pelo simples fato de prejudicar bons profissionais, titando o incentivo de muitos e é por esse motivo que a nossa PMPR, trabalha com um efetivo reduzido, graças a esses oficiais que tem uma mentalidade pequena, por isso existe muitos pedidos e aposentadoria, baixas, pois ninguém mais quer ficar, ta na hota de nossos oficiais começarem a mudar, serem mais amigos dos praças e não só pensar em prejudicar, pois não é dessa forma que vamos construir uma boa Polícia.

  27. observador
    quinta-feira, 14 de abril de 2011 – 11:50 hs

    ja é abril.. se nao tivermos resposta,, basta impetrar Mandado de Segurança e forçar o estado a cumprir a Constituição Estadual (emenda 29)

  28. EU POLICIAL
    quarta-feira, 7 de setembro de 2011 – 23:45 hs

    SE ESTAVA TUDO CERTO, PORQUE AINDA NÃO FOI IMPLANTADO EM NOSSA FOLHA O ALUDIDO “AUMENTO SALARIAL”, ME DEDICO MUITO PELA GLORIOSA, MAS TUDO ESTÁ AUMENTANDO DE PREÇO, PÃO , LEITE, ÀGUA, LUZ, ÔNIBUS , IMPOSTOS, E, NOSSO SALÁRIO CONTINUA ESTAGNADO E BAIXO.

    A PMPR DO PARANÁ MERECE AUMENTO, ELA É EFICIENTE, FUNCIONA, É SÓ ANALIZAR O ÍNDICE DE BANDIDOS QUE VEM AQUI E SEFOD….. é NOIS QUE SEGURA ESSA ONDA, É NOSSA CARA QUE DAMOS A TAPA, E NOSSA FAMÍLIA MILITAR RECLAMA AUMENTO, PRECISAMOS DE RECURSOS PARA NOSSAS FAMÍLIAS.
    DESABAFEI!!!!!!!!!!!!
    EU POLICIAL

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*