Mais um recorde do Paraná: prostituição infantil nas estradas | Fábio Campana

Mais um recorde do Paraná: prostituição infantil nas estradas

Da coluna “Radar”, do jornalista Lauro Jardim, na revista Veja:

Infância corrompida

Um cruzamento inédito feito pelo CNJ com base em dados da Polícia Rodoviária Federal revelou a existência de 1.850 pontos de prostituição infantil nas estradas federais.

O levantamento também derrubou o mito de que o Norte e Nordeste teriam a maior concentração desses locais.

O Paraná foi o estado com a maior incidência de pontos de prostituição.


13 comentários

  1. Prof. Teodoro
    terça-feira, 23 de novembro de 2010 – 16:37 hs

    Triste abandono por parte da família desestruturada, e por parte também das autoridades do estado do Paraná, que não tem nenhum projeto de atendimento para estes casos!
    Enquanto se observa isso, o governador Pessuti viaja para a Italia e quer dar baile no Palácio Iguaçu, “falta de vergonha na cara”!!!!!!

  2. Sandro
    terça-feira, 23 de novembro de 2010 – 16:58 hs

    Sr. Fabio, segundo dica do manual de redação e estilo do Estadão, o termo estado quando designar uma Unidade da Federação, grafa-se com maiúsculo. Portanto é o correto é o Paraná foi o Estado, com maiúsculo e não minúsculo como constou em seu blog!

  3. Borduna
    terça-feira, 23 de novembro de 2010 – 17:49 hs

    Quando encontro separartistas querendo desmembrar o Nordeste do resto do país, sempre os lembro de que o Nordeste é aqui. Vão pras ruas e vejam…..

  4. Ed
    terça-feira, 23 de novembro de 2010 – 19:53 hs

    A Dilma vai acab ar com tudo isso! Não a elegeram?

  5. GUarapuavano
    terça-feira, 23 de novembro de 2010 – 21:00 hs

    Olha aqui na terra dos Carlis(Guarapuava) tem prostituição da 277, mas todo mundo vê, menos as autoridades DA CIDADE. CRIANÇA DE 10 A 14 ANOS. ISSO ACONTECE TODOS OS DIAS.

  6. john james preston
    quarta-feira, 24 de novembro de 2010 – 5:56 hs

    Parabens ao Requiao pelo belo trabalho social que fez nos ultimos 8 anos.

    Como a reportagem mostra claramente, o Parana’ realmente e’ um exemplo de formacao humana, respeito aos cidadaos, dignidade e seguranca publica.

    /

    Viva o Requiao!!!

  7. Parreiras Rodrigues
    quarta-feira, 24 de novembro de 2010 – 9:37 hs

    Mas, virtualmente, o Paraná é o melhor em Educação, Segurança, Saúde, etéque, etéque…tsk, tsk.

    Fico me perguntando como tem gente que ainda acredita em Requião, e o admira. Parecem aqueles lóques que pagam milagres e passagens pro céu nos templos de certas igrejas…

  8. DIEGO
    quarta-feira, 24 de novembro de 2010 – 11:15 hs

    O que deve ser prestado a atenção, E LEVAR EM CONSIDERAÇÃO QUE NO ESTADO DO PARANÁ, não se “maqueia” informações, os profissionais daqui, levam seu trabalho a sério, por isso, somos tão “ruins” … por exemplo, casos de dengue, infecções hospitalares, h1n1 entre outros…
    SE O PARANÁ, É ASSIM, NÃO CONSIGO ACREDITAR , QUE EM RODOVIAS COMO TRANSAMAZONICA, E DIVERSAS NO ACRE, E NO NORTÃO DO BRASIL, OCORRAM MENOS CASOS QUE NO PARANÁ… QUEM VIVER VERÁ…

  9. quarta-feira, 24 de novembro de 2010 – 11:19 hs

    Esta denúncia a RPC já fez,com filmagens na entrada de Paranaguá onde encontra-se o maior problema, pela quantidade de crianças que fazem programas com caminhoneiros inescrupulosos o dia todo,de madrugada,caminhoneiros que não tem vergonha na cara de violentar a infância daquelas crianças,e o que adiantou tamanha denúncia,o Poder Público fez alguma coisa?????
    As Promotorias de Defesa ficam de mãos atadas,pois, não há policiamento,não há combustível para as viaturas, não há pessoal disponível, não há abrigos para estas crianças,mas, há sim dinheiro para contratar os melhores e mais caros organizadores de eventos do Paraná ou quem sabe do Brasil,a peso de ouro,e as crianças continuam sendo assediadas,obrigadas pelos malandros ,pelos pais a entrar nesta vida,mas, dinheiro para a farra da reinauguração do Palácio Iguaçu tem,veja povo paranaense o quanto vale a irresponsabilidade dos desvairados no poder temporário causando indiretamente e diretamente tais atos inconsequentes…quando na realidades quantos casas lares poderiam ser construidas e abrigar estas crianças mal tratadas por um governo que nem foi eleito pelos paranaenses e torram nossos impostos com festas inescrupulosas.

  10. Cajucy
    quarta-feira, 24 de novembro de 2010 – 11:49 hs

    Então vale a pergunta: o que diz, dessa honraria às avessas, o ilustre Senador da República RR, que até então era o governador do Paraná, por duas gestões e cujo governo deveria ter combatido drasticamente essa mazela?
    Que herança maldita é essa deixada para os paranaenses, além da repercussão nacional de tais números? Será que o ex-governador teria alguma coisa a dizer ou justificar aos paranaenses?
    Afinal, esses números sobre a prostituição infantil no Paraná, entre outros são fatos. Não é bazófia!

  11. CAÇADOR DE PETISTAS
    quarta-feira, 24 de novembro de 2010 – 12:24 hs

    O problema não é só a falta de criatividade marqueteira do turismo brasileiro que insiste em vender as bundas de Copacabana.

    Para acabar com mais essa vergonha, antes é preciso diminuir o nível da hipocrisia nacional.

    Estive em Fortaleza há alguns anos e visitei todos os hotéis razoáveis da cidade.

    Em quase todas as recepções dos hotéis mais caros da avenida Beira-Mar havia um cartaz da campanha contra a prostituição infantil alertando aos turistas estrangeiros que isso é um crime por aqui e as autoridades brasileiras iriam punir rigorosamente os tarados.

    Seria até bacana, se não bastasse atravessar a avenida extremamente bem policiada para encontrar putas jovens trabalhando.

    Como explicar para os italianos grosseiros e alemães gordos que o combate à protituição infantil é sério no Brasil, se há mulheres oferecendo o corpo tranquilamente a menos de 10 metros de um policial?

    Os guardiões da ética e da moral nacional ficaram ofendidos com o dedo médio de 2 americanos erguidos para a Polícia Federal.

    Fizeram o maior bafafá. Mas não vejo nenhum estrangeiro comedor de criancinhas no noticiário… Depois fazem piada de português.

  12. Marco Poleto
    sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011 – 12:46 hs

    NÃO DEVEMOS ACHAR QUE QUEM TEM QUE RESOLVER NOSSOS PROBLEMAS SÃO OS OUTROS. NÃO ADIANTA PENSAR ME MUDAR O MUNDO SE NÃO PENSARMOS EM MUDAR NOS MESMOS.
    JULGAR E ACHAR CULPADO É FÁCIL O DIFÍCIL É QUANDO JULGAMOS E VEMOS QUE O CULPADO SOMOS NÓS.
    O TRAFICANTE VENDE A DROGA – ALGUÉM VAI LÁ PRA COMPRAR.
    A PROSTITUTA ESTÁ PARA FAZER O PROGRAMA – ALGUÉM A PERMITIU.
    A CULPA DISSO É DA DILMA?

  13. Marco Poleto
    sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011 – 12:52 hs

    AH! NÃO DIGAM OU ACHEM QUE ISSO SÓ OCORRE NO PARANÁ NÃO.
    AQUI NO RIO DE JANEIRO, NOS MORROS E NO ASFALTO É TUDO PARECIDO.
    SABE O QUE É “MELHOR”? ALGUNS PROGRAMAS DE TV INCENTIVAM ISSO ATRAVÉS DAS MENSAGENS SUBLIMINARES.
    ESTA SEMANA O PROGRAMA MATINAL DA RECORD FALA SOBRE PROSTITUIÇÃO. FALA TAMBÉM DE PROSTITUTA E TRAVESTIS QUE GANHAM ATÉ R$3000,00 POR NOITE FAZENDO PROGRAMA. PÔ NUM HORÁRIO MATINAL, A CRIANÇA HOUVE ISSO…JÁ ERA! SEU FUTURO JÁ ESTÁ QUASE TRAÇADO.
    É ISSO QUE DEVEMOS NOS PREOCUPAR. COMO ISSO CHEGA AOS TELESPECTADORES. O MARKETING SOBRE A PROSTITUIÇÃO TÁ MUITO FORTE, AINDA MAIS CHEGANDO A COPA, AS OLIMPÍADAS.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*