Justiça autoriza transferência de presos do Rio para o Paraná | Fábio Campana

Justiça autoriza transferência de presos
do Rio para o Paraná

Foto: Reuters

Hudson Corrêa do Uol

A pedido do governo do Estado, a Justiça Estadual do Rio autorizou a transferência de oito presos para a penitenciária federal de Catanduvas (a 487 km de Curitiba), divulgou no início da tarde desta quarta-feira o Tribunal de Justiça. O grupo estaria envolvido nos ataques feitos por criminosos no Rio e iniciados no fim de semana.

Na penitenciária paranaense está Márcio dos Santos Nepomuceno, o Marcinho VP, um dos chefes do Comando Vermelho. Há suspeitas que a ordem para os arrastões e incêndios a carros e ônibus tenha partido de Catanduvas. Marcinho VP deve ser transferido para penitenciária federal de Porto Velho, mas ainda não há confirmação oficial disso.

Segundo o TJ do Rio, os presos que serão transferidos são Willian Rodrigues Vieira, o Robocop, Márcio Aurélio Martinez Martelo, o Bolado, Antonio Jorge Gonçalves dos Santos, o Tony Senhor das Armas, Wanderson da Silva Brito, o Paquito, Roberto Célio Lopes, o Robertinho do Vigário, Marcelo Tavares da Silva, o Marcelo Abóbora, Claudio Henrique Mendes dos Santos, o Chuca ou Dr. Santos, e Mauri Alves Ribeiro Filho, o Cocó.


ATAQUES

A onda de ataques começou no último domingo (21). Criminosos fazem arrastões e queimam veículos. Na segunda, o secretário de Segurança do Estado, José Mariano Beltrame, disse que novos ataques podem acontecer de ‘traficantes emburrados’, em retaliação às UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora) e a transferência de presos para presídios federais.

No mesmo dia, o governador do Estado, Sérgio Cabral, disse que a reação dos bandidos tem ligação com a política de ocupar favelas com as UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora). Nesta quarta, Cabral afirmou, em entrevista à rádio CBN, que a onda de arrastões e incêndios de veículos são ‘desespero de marginais’.

Os ataques ocorreram em diferentes pontos –na via Dutra, nas zonas norte e oeste da cidade, na Baixada Fluminense e na região metropolitana do Rio. Ao todo, entre a noite de terça e esta quarta-feira foram incendiados ao menos 19 veículos –12 carros, uma van e seis ônibus.


10 comentários

  1. Borduna
    quarta-feira, 24 de novembro de 2010 – 16:20 hs

    E isso resolve o que, se eles tem celular e internet na cadeia?

  2. Maria Angela
    quarta-feira, 24 de novembro de 2010 – 17:00 hs

    O que adianta transferir os presos para penitenciária se eles conseguem dar ordens… e causar esse caos… de dentro das penitenciárias… com ajuda até mesmo dos advogados… pelo amor de Deus…. que mundo é esse??????

  3. Cascavel
    quarta-feira, 24 de novembro de 2010 – 17:41 hs

    Precisa mudar a lei e as conversas de advogados com criminosos deveriam ser monitoradas pela segurança com escuta e imagem destes encontros.

  4. Joãozinho
    quarta-feira, 24 de novembro de 2010 – 18:39 hs

    Quando TERRORISTAS invadiram São Paulo. o PT disse que era culpa do governo de SP e AGORA LULA???

    Amigo de Lula (cabral) aprendeu direitinho, só lorota ao POVO,a VIOLENCIA

  5. Jiboia
    quarta-feira, 24 de novembro de 2010 – 19:21 hs

    Joaozinho,nego veio, caçador de p….t,temque faser DNA,para ver a paternidade de voces,voces chegam a beira do facismo com suas ponderaçoes sobre o pt .va” na cidade de montes claros ,minas gerais terra do seu queridinho aecio posinho e fala mal do lula,sabe o que vai acontecer,o mineiro vai mandar singelamente voces se calar,porque o mineiro nao agride,mas conhece de politica como ninguem

  6. ELIANE
    quarta-feira, 24 de novembro de 2010 – 19:40 hs

    Essas encrencas mandam para o Paraná, recurso para o estado que é bom não vem.

  7. Jiboia
    quarta-feira, 24 de novembro de 2010 – 21:00 hs

    ta faltando nalista o joaozinho,pt o nego veio,vulgo negoveio mesmo eo caçador de petista,vulgo impala das pradarias

  8. Francisco Carlos
    quinta-feira, 25 de novembro de 2010 – 10:04 hs

    E nós, o povo, que acabamos sustentando toda essa bandidada. Até quando? Somente a “pena capital” poderia tentar freiar esta situação caótica.

  9. De olho
    quinta-feira, 25 de novembro de 2010 – 11:37 hs

    Que inteligentes!!!!!!!!!!
    Treazer do Rio os donos das favelas e vidas cariocas, bem para o presidio de onde sairam as ordem para os ataques……..
    Já sei!!!! Deixando todos eles juntos evita-se o gasto com mensageiros que podem ser descobertos pelos agentes penitenciários.
    Ou será que já estão programando as festas de final de ano, então todos os amigos querem ficar juntos!!!??? Deve ser isso, né?
    Que inteligencia………………pena não termos pena de morte institucionalizada, porque na prática ela acontece todo dia….para quem não é do bonde.

  10. joão carlos sorcesse
    quinta-feira, 25 de novembro de 2010 – 14:13 hs

    CIDADE MARAVILHOSA
    O IBOPE

    Cantada em verso e prosa milhares de vezes e incansaveis novelas que mostram Rio de Janeiro Maravilhoso, todos os dias, o dia inteiro., inclusive aqui no Paraná.
    Dai aquele cidadão do interior do Brasil que não tem o que comer, mas tem uma televisão, sua esposa e seus filhos olham aquilo, toda hora e imaginam que tudo lá é maravilhoso, A imagem do cristo redentor de braços abertos, como que acolhesse quem chega. eles confiam no PLIN PLIN e demais redes, mais que em eles mesmos. Enfim, vendem o pedaço de chão de onde saia o sustento e a integridade. Depois da lavagem cerebral concluida da televisão Brasileira.
    Vamos morar no Rio de Janeiro. Chegam, sem casa definida, preços altissimos de aluguéis, resta a favela. Saude péssima, salários baixos, mas de 10000 vivendo na mesma situação. Dai vem o Prefeito da área, tu vai trabalhar e tua mulher e teus filhos vão servir ao tráfego.
    Dai ocorre essa realidade que está ai em todos os telefornais, agora o trabalhador virou bandido, traficante, levando tiro.
    Agora vem o IBOPE novamente, violencia gera lucros, altas propagandas no tempo de TV.
    Cade a responsabilidade social da midia Brasileira, induz e promove levianamente migraçoes para lugares que não tem a minima estrutura. Acontece até hoje em maior quantidade para Rio de Janeiro e SP, porque as sedes e os programas direcionados a todo o Pais saem desses dos estados, os melhores, os bem estruturados, segundo a midia. Provado pelo alto indice populacional existente, de maioria imigrantes.
    O resto do Brasil mais evoluido, assite a filmes, onde a violencia, sexo e as drogas são normais, quanto mais tiro melhor, carnificina, tudo vale para induzir nas nossa crianças e criar na mente delas que isso é normal e faz parte da cidade grande.
    Está na hora de mudar a lei de concessões de direitos de televisão e radiodifusão no Brasil, Presidente Dilma, Congresso, está na hora de mudar e salvar o povo Brasileiro, principalmente as crianças, as futuras geraçoes de Brasileirinhos.
    Cade a familia, cade a igreja, cade DEUS.

    João carlos

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*