Em votação contra o Irã na ONU, Brasil se abstém | Fábio Campana

Em votação contra o Irã na ONU, Brasil se abstém

Cristina Fibe da Folha.com

A ONU (Organização das Nações Unidas) aprovou nesta quinta-feira resolução que expressa “preocupação profunda com as recorrentes violações dos direitos humanos” no Irã. O Brasil, que em junho votou contra nova rodada de sanções impostas pela ONU ao país persa, optou pela abstenção.

A resolução, patrocinada por 42 países liderados pelo Canadá, condena “a tortura, a alta incidência de aplicação de pena de morte, inclusive contra pessoas menores de 18 anos, a violência contra a mulher e a perseguição contra minorias étnicas”.

Ao defender a proposta, o representante canadense, John McNee, afirmou que “apedrejamentos, chibatadas, amputações, execuções de adolescentes, execuções por estrangulamento e discriminação contra mulheres e minorias não podem ser ignorados”.

Neste ano, o caso da iraniana Sakineh Ashtiani, acusada de adultério e de ser coautora do assassinato de seu marido, ganhou repercussão mundial. Sakineh foi condenada à morte por apedrejamento pelo primeiro crime e por enforcamento pelo segundo.

Não se sabe se o julgamento está concluído nem quando a pena imposta a Sakineh, presa desde 2006, pode ser implementada.

Para o canadense, desde o ano passado houve uma “lamentável” deterioração na habilidade do governo do Irã de garantir os direitos humanos de seu povo, apesar de repetidos apelos da comunidade internacional.

A resolução foi aprovada por 80 votos a 44, com 57 abstenções, e deve ser adotada pela Assembleia Geral da ONU a partir do próximo mês.

A delegação brasileira, ao justificar o seu voto, destacou pontos de preocupação com os direitos humanos no Irã, mas afirmou acreditar que a resolução é “produto de um processo que precisa ser melhorado”.

“As resoluções [referentes ao Irã] são as únicas que não passam por um processo de consultas abertas e transparentes”, afirmou o Brasil.

“Além disso, a maneira pela qual algumas situações de direitos humanos são destacadas, enquanto outras não são, serve apenas para reforçar o argumento de que questões de direitos humanos são tratadas de forma seletiva e politizada.”

O Brasil reforçou que também se preocupa com os direitos humanos no Irã, especialmente no que se refere às mulheres. O país mencionou ainda a importância de respeitar direitos civis e políticos e a liberdade de expressão e opinião.


10 comentários

  1. Dannyboy
    sábado, 20 de novembro de 2010 – 18:00 hs

    A Dilma falou na campanha que era a favor da vida.

    Agora seu governo se absteve de votar a favor da vida.

  2. Ibn Aziz
    sábado, 20 de novembro de 2010 – 18:45 hs

    Só uma retificação Fábio: onde se lê “Brasil se abstém’ leia-se: “governo lula se abstém ou governo do pt se abstém ou governo de plantão se abstém”. Nós brasileiros não temos nada a ver com essa desastrosa política exterior dos atuais mandatários deste País e suas gafes rotineiras.

  3. Vigilante do Portão
    sábado, 20 de novembro de 2010 – 19:00 hs

    Podemos entender assim:

    O BRASIL DÁ O MAIOR APOIO AO APEDREJAMENTO DE MULHERES ADÚLTERAS.

    Cuidado, pode virar Lei.
    O governo Dilma tem maioria….

  4. Joãozinho
    sábado, 20 de novembro de 2010 – 19:10 hs

    dilMENTIRA já se elegeu …agora, a Mulhrerada que se dane

    VERGONHA NACIONAL !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  5. PERCI LIMA
    domingo, 21 de novembro de 2010 – 2:12 hs

    É LAMENTÁVEL A ATITUDE DO BRASIL COM RELAÇÃO A VIOLAÇÃO DE DIREITOS HUMANOS.

    O GOVERNO BRASILEIRO, ASSIM COMO O IRANIANO TEM QUE ACORDAR, AFINAL ESTAMOS NO SÉCULO XXI E NÃO NA IDADE DAS TREVAS.

    O GOVERNO BRASILEIRO TEM QUE ENTENDER QUE SOMOS AUTO SUFICIENTES EM PETRÓLEO E NÃO TEMOS QUE NOS SUBMETER AOS CAPRICHOS DOS PAÍSES PRODUTORES DE PETRÓLEO.

    DEVERAS, LAMENTÁVEL, “SEO” LULA!

  6. valéria prochmann
    domingo, 21 de novembro de 2010 – 4:51 hs

    mais uma vez, a postura de omissão é vergonhosa para nós, brasileiros, diante de tantas barbaridades q têm sido cometidas contra os direitos humanos pela atual teocracia iraniana…

  7. CAÇADOR DE PETISTAS
    domingo, 21 de novembro de 2010 – 8:16 hs

    A escalada das milícias como a que domina o Irã provocará mais tumultos ainda no Mundo. Todas elas tem um quê de nacional-socialismo e xenofobia. Basta ver como essa história começou antes da Segunda Guerra Mundial com a aproximação do líder espiritual islâmico, o Mufti do Egito e Hitler, resultando até na formação de uma divisão SS/Islâmica. O Partido Baath (aliado do PT) sírio, radical que quer o fim de Israel tem a mesma origem. Existe fartas referências sobre isso em boas fontes na Internet porém, é fácil observar de que, o povo iraniano está entre a faca e o queijo.

    Não tão distante da ditadura Irâniana, o brasil (sim, no diminutivo, com o advento petista fascista de Lula da Silva no poder) também é manietado por um governo Ditatoria estilo Irâniniano. Os “militantes” do Grande Partido. Existe regime pior que esse que o Lula-molusco-corrupto implantou???? Estão acima das leis, flagrados com a mão na lama, exigem “respeito à história política”. Quem não conhece a história de Sarney no Maranhão. Sessenta anos explorando o povo e amelhando patrimônio escuso. merece ser amigo do Lula.

    Pobre Brasil.

  8. Borduna
    domingo, 21 de novembro de 2010 – 11:17 hs

    Esqueçam o que a Dilma falou na campanha. Agora é mandato. Vcs ainda não aprenderam que quando se chega no governo tudo muda…..

  9. Amelio ral aas
    domingo, 21 de novembro de 2010 – 22:33 hs

    se preocupamos com nossa republiqueta o resto que cuide da sua

  10. antonio carlos
    segunda-feira, 22 de novembro de 2010 – 21:51 hs

    A que ponto chegamos, apoiar a ditadura facista iraniana. Jamais pensei que a nossa diplomacia conseguisse ir tão baixo. E foi. Espero que a companheira presidenta oriente melhor a nossa diplomacia, para que não incorramos em episódios tão vergonhosos e vexatórios como este. Felizmente o companheiro presidente, e este chanceler estão de partida, mas aproveitaram a ocasião de nos cobrir de vergonha, e o fizeram. O barão do Rio Branco deve estar se revirando no túmulo. ACarlos

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*