Dr. Rosinha defende CSS para quem ganha acima de R$ 3,5 mil | Fábio Campana

Dr. Rosinha defende CSS para quem ganha acima de R$ 3,5 mil

Da Banda B

O deputado federal Dr. Rosinha (PT-PR) defendeu nesta segunda-feira (15) a aprovação, pelo Congresso Nacional, da Contribuição Social para a Saúde (CSS). Rosinha propõe que, ao aprovar a regulamentação da Emenda Constitucional 29, que trata do financiamento do SUS (Sistema Único de Saúde), o Congresso defina um percentual de contribuição sobre as movimentações financeiras da ordem de 0,3%, e não de apenas 0,1%, como consta do destaque a ser votado.

“A CSS seria cobrada apenas das movimentações bancárias superiores a R$ 3.500 por mês, e sua arrecadação, depositada diretamente no Fundo Nacional de Saúde”, defende o parlamentar petista. “Essa faixa de isenção excluiria a maioria dos brasileiros da cobrança”, comenta.

De acordo com a proposta, um correntista que movimente R$ 5 mil por mês pagaria a alíquota de 0,3% sobre os R$ 1.500 que excedem a faixa de isenção, o que resultaria numa contribuição de apenas R$ 4,50.

Do total arrecadado, Dr. Rosinha defende que 20% dos recursos sejam transferidos para os Estados, e 30%, para os municípios. “As prefeituras têm hoje uma carga maior de responsabilidade em relação ao SUS do que os governos estaduais”, diz.

“Demonizar a CPMF”

Médico pediatra e militante da área de saúde pública, o deputado também critica a cobertura feita pela mídia acerca do assunto. “A velha mídia repete o que já fez no final de 2007, quando, aliada à oposição, a uma elite empresarial e a sonegadores de impostos, agiu para demonizar a CPMF. Com isso, ajudou a retirar 40 bilhões de reais por ano do governo Lula, mais da metade destinada à saúde.”

Com uma alíquota de 0,38%, a antiga CPMF destinava 51% de seus recursos ao Ministério da Saúde. Outros 25%, à Previdência, para o pagamento da aposentadoria dos trabalhadores rurais e os 24% restantes eram reservados para o fundo de combate à miséria, gerenciado pelo Ministério do Desenvolvimento Social, responsável pelo programa Bolsa Família. A CSS seria uma contribuição destinada exclusivamente para a saúde.

Entre os aspectos positivos da CSS, além do seu caráter de distribuição de renda, Rosinha cita o combate à sonegação e à lavagem de dinheiro, aliado à facilidade de recolhimento e de fiscalização.


25 comentários

  1. bimbo
    terça-feira, 16 de novembro de 2010 – 11:16 hs

    É só o PT parar de “desviar” dinheiro que até sobra prá todo mundo.

  2. jose
    terça-feira, 16 de novembro de 2010 – 11:17 hs

    http://xoimposto.com.br/

  3. Jose
    terça-feira, 16 de novembro de 2010 – 11:17 hs

    Acho que deve observar o nº de dependentes que esta pessoa mantem com seus R$ 3.500,00, porque não é justo um pai de família que tem filhos contribua com o mesmo percentual.

    SOU contra este imposto aberrante

  4. Rudimar
    terça-feira, 16 de novembro de 2010 – 11:22 hs

    “Ótima” sugestão do Dr. Rosinha. Outra: CSS de 90% sobre os vencimentos dos deputados federais, senadores, governadores e presidentA.

    ———-

    CSS = estelionato eleitoral!!!

  5. Ammarante mello rego
    terça-feira, 16 de novembro de 2010 – 11:30 hs

    APOIADO DR rOSINHA,ISSO QUE E” DEPUTADO QUE TRABALHA PELO MENOS REMUNERADO

  6. Paulo Bogart
    terça-feira, 16 de novembro de 2010 – 11:52 hs

    Ladrões inescrupulosos!!!

    Luis Inácio, Dilma Roussef, DR Rosinha!!!

  7. GUY
    terça-feira, 16 de novembro de 2010 – 12:01 hs

    FALTA SERIEDADE E COMPETÊNCIA DE GESTÃO, ASSIM QUALQUER TIRIRICA GOVERNA ESTE PAÍS.
    ESTE DEPUTADO E OUTROS VELHACOS E BOSSAIS DA POLÍTICA BRASILEIRA QUE ACHAM COMO ÚNICA SOLUÇÃO, PARA GOVERNAR, O AUMENTO DA CARGA TRIBUTÁRIA, DEVERIAM PARTICIPAR DA REALIDADE BRASILEIRA E DEIXAREM DE SER PARASITAS DA NAÇÃO.
    SÃO ALIENADOS, PRECISAM TRABALHAR ÀS SUAS CUSTAS PARA SENTIREM QUANTO É AMARGO E SACRIFICANTE PARA CIDADÃO BRASILEIRO PAGAR SUAS MORDOMIAS.
    PAREM DE GASTAR INUTILMENTE OS IMPOSTOS QUE JÁ PAGAMOS !!!

  8. Joãozinho
    terça-feira, 16 de novembro de 2010 – 12:19 hs

    IMPOSTO NÃO !!!!!!!!!!!!!!!!!

    Essa Turma precisa é de VERGONHA NA CARA e parar de explorar o povo

  9. terça-feira, 16 de novembro de 2010 – 12:31 hs

    Sabe quando Dr.Rosinha que esta grana vai direto para o Fundo Nacional de Saúde,nem o FHC e o Lula cumpriram com o que determinava a Lei que criou a CPMF.Imaginem agora com uma “presidenta” que nomeia uma cabelereira como membro de uma Comissão de Transição de Governo,então , o sr.deputado “ACHA” que vai ser cumprido algo??????Santa ingenuidade,e eu que o admirava como deputado federal,é tudo igual….ME ENGANA QUE EU GOSTO………
    É bom o sr. começar a cobrar da companherada um ato sério,principalmente para curar a saúde deste povo tão sofrido,e o sr. sabe o que é povo sofrido,pois, lembro de ver o sr. a beira de uma estrada atendendo a uma mulher e uma criança que caminhavam pela 277 sentido Paranaguá,e, olha que não era nem época de campanha eleitoral,não sei o que mudou dr.Rosinha se o sr. ou o PT,este “poder” é fogo….

  10. Raul Maleatto
    terça-feira, 16 de novembro de 2010 – 12:53 hs

    Nossa, que deputado com visão pouco global das coisas. Conforme o colega ali de cima disse, ele deveria ao menos verificar o número de dependentes das pessoas. Sem falar que 3.500 não estará ajudando a classe média. Por que ele não defende que pessoas com salários acima de 20 mil paguem esta contribuição?

    De qualquer forma, gostei da sugestão do outro colega ali:

    http://www.xoimposto.com.br

  11. Raul Maleatto
    terça-feira, 16 de novembro de 2010 – 12:54 hs

    Perdão, as duas sugestões que ressaltei em meu comentário foram dadas pelo mesmo colega em 2 comentários distintos.

  12. Peter
    terça-feira, 16 de novembro de 2010 – 12:55 hs

    Se fosse o Serra ou a oposição pedindo esta “contribuição” obrigatória, Dr. Rosinha junto com seu partido seriam os primeiros a reclamar. É só fecharem o balcão de negócios na Casa Civil e gerenciarem o SUS com mais eficiência que sobra dinheiro.

  13. ELIANE
    terça-feira, 16 de novembro de 2010 – 13:18 hs

    Que cobre dos políticos que ganham um absurdo e não do povo.

  14. GNR15
    terça-feira, 16 de novembro de 2010 – 13:31 hs

    Covardes, porque não discutem a Reforma Tributária, se aprovarem aumento de imposto é porque a Reforma Tributária não vai sair.

  15. sergio londrina
    terça-feira, 16 de novembro de 2010 – 13:34 hs

    COM ESSA BARBA DE MOISES SO FALTA UM CAJADO E ABRIR O MAR VERMELHO E AUMENTAR MAIS UMAS CINCO LEIS NAS TABUAS DOS MANDAMENTOS ,DEPOIS VOLTAR AS PLANICIES DOS CAMPOS GERAIS

  16. Defer
    terça-feira, 16 de novembro de 2010 – 14:23 hs

    primeiro que para ser doutor tem que ter doutorado, ou seja já usa tal nome sem te-lo direito, pratica normal da dona dilma dizer que fez algumas pós mas nunca apareceu em sala de aula e muito menos terminou tais pós.

    entao seu rosinha cala-te a boca individuo sem escrupulos.

    o senhor como deputado federal fiscalize os bandidos que tem cargos ao atual governo lula e ao proximo da dilma e ponha os bandidos mais rapido na cadeia, feito isso, nao prescisa ficar aumentando imposto para o brasileiro pagar, tamos cansado desta mente pequena e imbecil de politicos como voce seu rosinha.
    Chega de impostos!!!!!

  17. terça-feira, 16 de novembro de 2010 – 14:31 hs

    DR ROSINHA: EU ACREDITO QUE REDUZIR DESPESAS DO GOVERNO SERIA O IDEAL NO MOMENTO.
    QUE TAL UMA REFORMA FISCAL, ADMINISTRATIVA, NO GONGRESSO FEDERAL, MINISTÉRIOS, NOS ESTADOS E MUNÍCIPIOS.

  18. Eroclides
    terça-feira, 16 de novembro de 2010 – 14:37 hs

    Ridículo…Mais verbas para roubalheira…..Os políticos que parem de roubas e trabalhar somente nas campnhas eleitorais que sobra dinheiro para tudo, inclusive para manter um sistema de saúda digno e competente.

  19. Salete...
    terça-feira, 16 de novembro de 2010 – 15:25 hs

    o sunguinha de tricô vem com cada uma…

  20. Vergonha
    terça-feira, 16 de novembro de 2010 – 15:57 hs

    Todo e qualquer imposto novo gera o efeito cascata.

    Dr. Rosinha não entende nada de lei, só de discurso demagógico.

    É claro que todo o povo vai pagar a conta.

    Os empresários que pagarão a CSS repassarão esses custos nos serviços e produtos vendidos.

    Ou seja, a parcela do carne das casas bahia vai aumentar; a gasolina no posto tb e assim por diante.

  21. terça-feira, 16 de novembro de 2010 – 17:27 hs

    Pessoas que ganham vinte mil (se assaliado ou servidor) pagam 27,5% de IR; e pagam previdência (seja do Estado ou INSS) proporcional ao que ganham. Não ganho isso mas sei que não dá para sacrificar ainda mais o rendimento/salário do trabalhador/servidor com um governo que só sabe perdulário como o nosso. Que criem contribuição para custear a saúde sobre a aquisição de bens de luxo comprados do exterior; carros acima de r$ 150.000,00; vinhos caríssimos; obras de arte; jóias; sobre a construção/aquisição de imóves cujo valor esteja, por exemplo, acima de r$ 600.000,00 etc. Via de regra, esses itens entram no patrimônio do cidadão por conta da sonegação, de fraudes fiscais, pelo inadimplemento de obrigações trabalhistas e por ações ilícitas. Poucos são os que gastam a toa quando o dinheiro é proveniente do trabalho suado: pensa-se bem para gastá-lo”
    Que se tribute ainda mais transmissão causa mortes de grandes fortunas (já há o tributo estadual, ITCMD, que no Pr é de 4% para qualquer situação; não importa o valor da fortuna) COM CONTRIBUIÇÃO QUE RESPEITE O PRINCÍPIO DA CAPACIDADE CONTIBUITIVA.
    Outra pergunta: Porque nunca sabemos que tipo de serviço de saúde nos foi prestado e quanto será cobrado do Poder Público? Eu não me lembro de ter assinado qualquer documento que informasse, pelo estabelecimento credenciado, o tipo de serviço prestado e o valor a ser cobrado nas raríssimas vezes que busquei atendimento no SUS.
    Antes de avançar do salário do trabalhador (quem ganha vinte mil bruto, vai receber uns treze mil líquido, imagina quem ganha cinco mil!) que se estanque o ralo do desvio; da inúmeras aposentadorias pagas a quem não contribuiu; da inserção no sistema geral de pessoas que não contribuiram (rurículas,v.g., que deveriam ser custeados pelo tesouro e não pelo sistema previdenciário); que se coiba fraude de agentes credenciados constantemente divulgada pela imprensa.
    Basta!

  22. terça-feira, 16 de novembro de 2010 – 19:58 hs

    Haviam me falado que este Rozinha, na verdade nao o conheço e nem seu sexo, esta a favor para aumentar os imposto, esta pessoa sera que trabalha, tem alguma empresa para dar sua opiniao?

  23. PAULO
    terça-feira, 16 de novembro de 2010 – 21:49 hs

    QUEM MANDA O POVO BRASILEIRO VOTAR NESTA ^CUMPANHERADA^ QUE GOSTA MUITO MAIS DE DINHEIRO DO QUE ^TRABALHO^. DEVERIA SER CHAMADO DE PD (PARTIDO DINHEIRISTA) E NÃO PT. COM RECORDES DE ARRECADAÇÃO E NÃO ESTÃO SATISFEITOS. QUE CUECÃO ESPAÇOSO…

  24. Cascavel
    terça-feira, 16 de novembro de 2010 – 23:57 hs

    Parabéns Deputado Dr. Rosinha pela sua posição brilhante.
    Eu também sou a favor deste imposto sobre movimentação financeira para quem ganha acima deste valor de R$ 3.500,00, só poderia ser de 1% e não somente 0,30%.
    Também sou a favor de um imposto alto para remessa de dinheiro para o exterior.

  25. ELOHIN
    quarta-feira, 17 de novembro de 2010 – 10:58 hs

    Não falta dinheiro , falta administração dos recursos obtidos através dos impostos pagos por nos cidadãos contribuintes seja ele trabalhador ou aposentado que paga em desconto em folha, a grande maioria não sabe quanto e pago há um profissional da saúde seja medico ( consulta) seja ele de áreas ligada a exames ou a atendimento assistencial ( enfermeira) , não sabemos cobrar porque não sabemos o que pagamos , pagamos muito e recebemos menos , exigimos pouco de nossos representantes que deveriam ter o papel de nos representar e por assim cuidar dos nossos direitos . mas isso e outra historia .
    Há homem não tem de ter apelido de flor e se tiver tem de ser pelo menos cravo.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*