Cuba liberta preso político que recusou acordo de exílio | Fábio Campana

Cuba liberta preso político que recusou acordo de exílio

Da Agência Brasil

O governo de Cuba libertou no sábado (13) o prisioneiro político Arnaldo Ramos Lauzurique, um dos 13 dissidentes que recusaram um acordo de exílio em troca da liberdade. Ele ficará em liberdade condicional em sua casa na capital cubana, Havana.

Lauzurique é um dos 52 presos políticos cubanos que o presidente Raúl Castro concordou em libertar em julho. De acordo com sua esposa, Lidia Lima, o casal vai ficar em Cuba, porque, na idade que se encontram, é difícil começar a vida em outro lugar.

Mais velho dos 75 dissidentes do regime presos em 2003, Lauzurique foi condenado a 18 anos de prisão por suas atividades políticas.

Outro prisioneiro, Luis Enrique Ferrer Garcia, aceitou o acordo de exílio na Espanha e deve partir em breve.

Em julho, o presidente Raúl Castro tinha anunciado que libertaria 52 prisioneiros políticos nos quatro meses seguintes. Trinta e nove pessoas foram soltas e estão vivendo na Espanha.


5 comentários

  1. Itapará
    segunda-feira, 15 de novembro de 2010 – 14:07 hs

    Cumprir pena em casa não é libertação Fábio Campana.

  2. AMELIO RAL AAS
    segunda-feira, 15 de novembro de 2010 – 15:23 hs

    este admiravel povo cubano,ate os presos politicos sao diferentes dos nossos ,enquanto um tanto deles escapavam que nem coelhos assustados ,os cubanos enfrentam no seu propio pais,as agruras dos conflitos por liberdade.os nossos presos e exilados ,foram para diversos paises ,vivendo como nababos e os que aqui ficaram eguentaram o tranco morreram a mingua ou estao pobres., os vivos como fhc , serra dilma ,ziraldo e outros tantos estao com o boi na sombra,muito diferente desses bravos cubanos

  3. antonio carlos
    segunda-feira, 15 de novembro de 2010 – 17:01 hs

    O irmão ditador de Cuba do turno está dando o braço a torcer. Nada como um dia atrás do outro, nesta batida Cuba vai libertar todos os presos políticos. Agora quero ver o que vai dizer o companheiro presidente, que comparou os prisioneiros políticos cubanos a bandidos. Será que os ditadores cubanos estão loucos, e pondo bandidos na rua ? É bom a polícia local ficar atenta, ACarlos

  4. amelio ral aas
    segunda-feira, 15 de novembro de 2010 – 23:00 hs

    Se cuba lança quero ver cuba lança

  5. PERCI LIMA
    segunda-feira, 15 de novembro de 2010 – 23:38 hs

    ESPERO QUE NUM FUTURO NÃO MAIS TÃO LONGO, AQUELA ILHA MARAVILHOSA COM O SEU POVO MARAVILHOSO, SEJA LIBERADA DAQUELES COMUNISTAS AMALDIÇOADOS.

    QUEM VIVER, VERÁ!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*