Preocupada, equipe de Richa quer ver emendas ao orçamento | Fábio Campana

Preocupada, equipe de Richa quer ver emendas ao orçamento

A preocupação da moçada de Beto Richa é imensa. Há falta de informações sobre o que o governo ainda está gastando, em quanto está comprometendo (indiretamente) o orçamento do ano que vem, e os apertos de caixa que poderão se agravar se as emendas que os deputados desta legislatura podem aporesentar se mostrarem inadequadas ou abstrusas.

Pois, pois, para reduzir ansiedades e clarear um pouco o campo das controvérsias, o deputado Nereu Moura, do PMDB, presidente da Comissão de Orçamento da Assembleia, disse vai se reunir na semana que vem com a equipe de transição do novo governo para discutir a questão das emendas dos deputados.

Ele explica que aceitará emendas à Lei Orçamentária Anual do Paraná para 2011 até o dia de novembro. Cada deputado poderá apresentar emendas até um total de R$ 3 milhões. A expectativa é que o orçamento do estado para o ano que vem possa chegar a R$ 27 bilhões. Nereu afirmou a imprensa que o novo governador Beto Richa(PSDB) vai ter dificuldades em cumpriu suas promessas, pois a situação financeira do estado é dificil, em razão do aumento doss repasses ao fundo dos municipios, MPE e TJ, e ao aumento da folha de pagamento e de custeio causado pela contratação e manutenção em razão da construção de novos presidios, escolas e hospitais.


14 comentários

  1. Joao Batista de Almeida
    terça-feira, 26 de outubro de 2010 – 10:15 hs

    Beto voce sabe que a turma da oposição é a maioria no momento e com certeza vão querer fazer festa com chapéu alheio, fique de olho pois só assim poderá ter uma governabilidade a contento com seu plano de governo.

  2. Jose Carlos
    terça-feira, 26 de outubro de 2010 – 10:45 hs

    Harry Truman, diria nesta situação: “quem não aguenta o calor, que saia da cozinha”,,,

  3. joão carlos sorcesse
    terça-feira, 26 de outubro de 2010 – 10:54 hs

    A equipe do Beto Richa, tá preocupada, vai aumentar a preocupação. As propostas na campanha foram hollywoodianas.
    Quem fez o programa de governo do candidato eleito não calculou os custos lá vem bidi..
    Acho até que a equipe dele deve solicitar ajuda do Requião nessa futura administração.

    João carlos

  4. joão carlos sorcesse
    terça-feira, 26 de outubro de 2010 – 11:07 hs

    O candidato eleito não avaliou a situação financeira do estado, promessas lançadas ao ar, coisas de politico, não de administrador.
    Ainda acho que devemos fazer concurso e não eleição para adminstrar, Prefeituras (Aliás a de Curitiba tá um horror, a cidade tá largada). Precisamos de adminstradores e não de demagogos.

    João carlos

  5. terça-feira, 26 de outubro de 2010 – 11:37 hs

    Como anunciei dias atrás neste blog, estes canalhas de plantão estão aprontando dia a dia,em minha opinião a lei deveria ser mudada,principalmente em relação ao vice-governador,o qual não é leito pelo povo a nada,e, este vem assumir e empregar seus picaretas amiguinhos incompetentes para no fim causar este constrangimento ao futuro governador.
    Sr.Beto o sr.conhece muito bem estes deputados,pois, foi um deles.O sr. sabe também que está cheirando a uma proposta de barganha esta postura do dep. acima citado…
    Na nova lei visaria que em todas as ações dos vices teriam que ser primeiramente aprovadas pela votação conjunta de deputados com o aval e parecer positivo do Tribunal do Faz de Contas,uma lei da mordaça nos vices que não são eleitos a nada.Todas as suas ações serão acompanhadas de perto e com o parecer do TC comprovaria sua eficiência e sua responsabilidade criminal no mau uso do dinheiro público.Se nós ,como contribuintes,temos nossas contas vistoriadas pela Receita Federal,porque o TC não pode dar pareceres nas tentativas de desgovernados administradores,isto valeria apenas para o cargo de vice governador…
    Desta forma o novo governador não teria sustos ao receber o pepino de incompetentes como estes dois últimos Duce e Pansuti…grandes viajantes….

  6. MARIA
    terça-feira, 26 de outubro de 2010 – 11:41 hs

    Vá plantar banana, José Carlos.

  7. Campo mourao
    terça-feira, 26 de outubro de 2010 – 11:44 hs

    pior que tem gente que votou nesse nereu!

    que foi cumplice de todos os maus feitos do governo requiao

  8. zedopovo
    terça-feira, 26 de outubro de 2010 – 12:03 hs

    Beto, vai dar para cumprir tudo, para isso basta mandar embora e não recontratar os ditos cargos comissionados e tbem segurar a roubalheira. Dinheiro tem e competencia o quadro próprio tbem a possue. Aposte no funcionalismo e verá que tudo vai dar certo, aposte nos comissionados, puxa sacos e verá que a roubalheira não deixará vc cumprir com os compromissos assumidos na campanha. Eu sei o que digo………………a roubalheira foi tanta no tempo do Requião e teve gente que não aguentou a pressão, por não compactuar com isso que pediu para sair, transferências, aposentadorias, etc…………..

  9. zedopovo
    terça-feira, 26 de outubro de 2010 – 12:05 hs

    PS – gente boa do quadro próprio e até cargos comissionados, que por medo de irem presos no final do governo, pediram demissão………………..

  10. antonio
    terça-feira, 26 de outubro de 2010 – 13:14 hs

    Dinheiro tem e bastante. Essa conversa de orçamento apertado é papo de incompetente, mas se precisar fazer cortes que o faça em cima das emendas dos deputados.

  11. terça-feira, 26 de outubro de 2010 – 13:19 hs

    PUTZ… O BETINHO CHAMPAGNAT JÁ ESTÁ JUSTIFICANDO O NÃO CUMPRIMENTO DAS PROMESSAS DE CAMPANHA??????
    COMEÇOU CEDO A ESBÓRNIA!!!!!!!!!!!!!!!!
    É A CARA DO PSDB…..NÃO ESTUDA O ESTADO E PROMETE O IMPOSSÍVEL!!
    É O FUNDAMENTALISTA SERRA LÁ E O BETINHO CHAMPAGNAT CÁ!!
    O PARANÁ TÁ FEIO NA FITA!!!!!!!

  12. Antônio Nunes
    terça-feira, 26 de outubro de 2010 – 14:15 hs

    João Carlos, você será defenestrado de qual órgão estadual?
    E por que o teu chefe Requião não deixou o Estado em ordem?

  13. ro
    terça-feira, 26 de outubro de 2010 – 15:18 hs

    Isso que ele era o mais preparado, mais experiente, agora aguente, mas vc renunciar,kkkkkkk

  14. Viviane
    terça-feira, 26 de outubro de 2010 – 16:16 hs

    Continuo com a dúvida: se as receitas do estado estão uma m… como justificar a “cegueira” dos nossos ilustres deputados que não viram nada, nem os da chamada “oposição”?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*