Lula desvia da polêmica e minimiza declarações do papa sobre aborto | Fábio Campana

Lula desvia da polêmica e minimiza declarações do papa sobre aborto

Do Blog do Josias

Lula esteve no Salão do Automóvel, em São Paulo. Antes de ir embora, pilotou uma entrevista.

Inquirido sobre as declarações feitas na véspera pelo papa Bento 16, cuidou de desviar da polêmica:

“Eu não vi nenhuma novidade na declaração do papa. Esse é o comportamento da Igreja Católica desde que ela existe”.

Bento 16 condenara o aborto. E dissera a bispos brasileiros que eles tem “o grave dever” de emitir juízo moral inclusive sobre questões políticas.

Suas declarações foram interpretadas como um endosso aos clérigos que vociferam contra Dilma Rousseff e o PT.

Lula, porém, contornou a carapuça: “Toda a vez que você perguntar ao papa sobre a questão do aborto, ele vai dizer exatamente o que disse o papa”.

Não acha que alguns bispos brasileiros exorbitaram? “Eu não acho que foi além [da conta]”, disse Lula. “Cada um faz de acordo com a sua consciência”.

“Esse é um país democrático, laico. Portanto, as pessoas se manifestam como quiserem. A liberdade é boa por isso”.

No mais, lamentou que a campanha tenha desandado para a baixaria. “Eu fiquei triste porque a campanha teve um nível muito baixo…”

“…Eu acho que a candidata Dilma foi vítima de um preconceito e, mais uma vez, mostrado de forma arraigada contra a mulher brasileira…”

“…De qualquer forma, o Brasil vai dar mais uma demonstração de consolidação da democracia”. Sobre as baixarias do petismo, não disse palavra.

Ao se despedir, Lula desejou “boa eleição” aos repórteres. Emendou: “Se não tiver candidato, ainda estiver indefinido, vote na minha candidata”.


11 comentários

  1. Anônimo
    sexta-feira, 29 de outubro de 2010 – 19:04 hs

    Dizer que o Brasil é democrático e laico é de uma nulidade imensurável. O Brasil não é laico coisa alguma, tem centenas de milhões de fiéis e dezenas de milhares de clérigos e religiões. O Estado brasileiro, este sim é laico, o que, também, não significa nada, pois, apenas economiza os salários dos padres e bispos, que antes eram funcionários públicos, coisas que a maioria da ignrância nacional não sabe. Assim, como a religião oficial era a católica e os padres e bispos influenciavam a vida social, o Estado e a política também, influenciavam a Igreja, pois a nomeação dos bispos era privilégio do Imperador. No caso, assim como os pastores e outros clérigos dão seu pitaco usando sua autoridade religiosa sobre seus fiéis, o papa e outros, também, podem abrir o bico como bem lhes convier. Isso é democracia e não laicismo do Brasil. Lula devia ficar de boca fechada às vésperas da eleição.

  2. antonio carlos
    sexta-feira, 29 de outubro de 2010 – 19:27 hs

    O presidente desta vez fez bem, como não tinha argumentos para defender o aborto preferiu ficar quieto. Parece que ele está aprendendo, pena que foi só agora no final do mandato. ACarlos

  3. Atanagildo da Rosa Pinto
    sexta-feira, 29 de outubro de 2010 – 20:26 hs

    Que me desculpe os Lullistas, mas ESTE CARA JÁ ESTÁ ABUSANDO DE NOSSA PACIÊNCIA. Vá dizer bobagen assi lá em……….Cuba.

  4. Palhaçada
    sexta-feira, 29 de outubro de 2010 – 20:41 hs

    Lembram-se daquela menina do Recife que foi estuprada pelo padastro e que para salvar a vida da menina os médicos tiveram que proceder o aborto? Pois é, os pais da mesma, a menina e a equipe médica, que salvou a menina, foram excomungados pelo Dom José Cardoso.

    Infelizmente a Igreja Católica tem suas premissas ajustáveis devido às suas próprias conveniências. Seria interessante os ditos católicos estudar mais afundo o que a verdadeira igreja, católica apostolica romana, prega acerca da morte. Comecem por Êxodo (21,12 – 21,16) terminando em Apocalipse 13,10. E agora veem, do nada, defender a vida?

    Enfim, estas intervenções da igreja no poder não são recentes. Cabe ao povo entender que o Brasil é um Estado laico e que, independentemente em quem votar, faça-o com consciência e responsabilidade.

  5. CAÇADOR DE PETISTAS
    sábado, 30 de outubro de 2010 – 9:12 hs

    Quer escoander o que Lula?

    O PROJETO DE ABORTO FAZ PARTE DO PROGRAMA DE GOVERNO DE SUA CÂNDIDATA DESQUALIFICADA. NÃO ADIANTEA ESCONDER COMO DE COSTUME, EMPURRAR O LIXO PRA DEBAIXO DO TAPETE. O POVO TEM QUE SABER QUEM É O CÂNDIDATO QUE VAI GOVERNAR O BRASIL PELOS PRÓXIMOS QUATRO ANOS.

    SR. LULA DA SILVA, O NEGÓCIO NÃO É BRINCADEIRA NÃO, VAMOS TRATAR DESTE ASSUNTO COM SERIEDADE, NÃO DA FORMA QUE VOCÊS DO PT VEM FAZENDO. SE LIGA LULA, SE LIGA.

    NÃO MERECEMOS ESTE LIXO, CHAMADO DILMA, SUA CÂNDIDATA VIRTUAL.

    45 NELES

  6. araucaria_br@
    sábado, 30 de outubro de 2010 – 10:26 hs

    Falavam q o lula ia comer criançcinhas lembram?Nao comeu e nem pedofilo ele é!!!

  7. JAMELÃO
    sábado, 30 de outubro de 2010 – 10:46 hs

    A realização do aborto fora das condições legais de hoje é daconsciência de cada uma. Portanto nada vai mudar, a não ser o término de clínicas clandestinas de aborto existentes atualmente e o risco que elas provocam nas mulheres que por sua consciência e livre arbitrio optaram por fazer aborto.
    Aos puritanos, se pensar bem a pilula também não deixa um ser humano nascer, adiferença é que a pilula sequer deixar vingar a vida.
    Atire aprimeira pedra quem ainda não usou.

    Seja consciente vote Serra13.

  8. SYLVIO SEBASTIANI
    sábado, 30 de outubro de 2010 – 10:50 hs

    A declaração do Papa foi sintomática, foi com certeza provocada por “alguém”, pois foi muito séria, pesada, objetiva, em cima de uma eleição no país mais católico do mundo. Foi um recado à todos os representantes da Igreja católica no Brasil. Não gostei da declaração do Frei Beto, quando disse:”PENA QUE O PAPA TENHA VIRADO CABO LEITORAL”.A declaração do Papa, não foi politica, foi apenas a afirmação da orientação da Igreja Católica, tal qual de outras Igrejas existentes, com o mesmo pensamento sobre o fato do aborto.Agora que faz politica é esse que usa a condição de Frei, colocando seu nome posteriormente de Beto. Beto do que, qual o nome verdadeiro desse Beto.Não me preocupo, pois com certeza minha familia é de origem e praticante do catolicismo, mais que ele, estudei sempre em Colegio de |Padre, São Bento, Santo Agostinho e Santa Maria. Minha avó paterna, levava do sobrenome de Sarto,nasceu em Rovigo, beira do Rio Pó, na Italia. Veja o sobrenome do Papa Pio X: Giusepe Sarto.

  9. Gabiria
    sábado, 30 de outubro de 2010 – 10:54 hs

    O Papa é homem. Deixe isso para as mulheres discutirem.

  10. Michel Deolindo
    sábado, 30 de outubro de 2010 – 17:42 hs

    Melhor faria o Papa se não tivesse ocultado e compactuado todos esses anos com padres e bispos pedofilos dentro da igreja catolica, que como como catolico não aceito e não aprovo. Que gerou inumeras condenações pela justiça, obrigando a igreja a pagar uma quantidade grande de dinheiro, e depois ele vem candidamente e pede desculpas como se isso fosse o suficiente. Também deveria cuidar melhor do banco do vaticano que está envolvido com lavagem de dinheiro, com a máfia e outras coisas escrabosas: não aprovo e isto não tem nada a ver com religião é de atitudes humanas que estamos falando.
    O papa atual, que quando jovem foi da juventude nazista quer impor
    seus valores em nosso país. Melhor faria se desse pitacos na politica interna de outros países catolicos em que a descrmilizaçao do aborto foi aprovada ( França, Itália, Portugal, etc). Vamos cumprir nosso destino. Foi o Serra que quando ministro, de forma acertada aliás assinou o documento que regulamenta os casos de aborto dentro do SUS, tratanto o problema como de saúde publica. Como trabalhador e como ser humano, como catolico não aprovo e não recomendo o aborto, mas não posso ignorar que 3.500.000 de mulheres o façam de forma clandestina e que 60.000 se internem nos hospitais publicos gerando custos e despesas desnecessárias além de sofrimento humano. 2 a cada dois dias morrem.

  11. sábado, 30 de outubro de 2010 – 19:02 hs

    O PAPA É POP O PAPA NÃO POUPA NINGUÉM………………
    O PAPA DEVIA MANDAR UMA ORIENTAÇÃO A RESPEITO DA PEDOFILIA NO BRASIL.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*