Arrancada de Marina, voto de SP e queda de Dilma na classe C explicam o 2º turno | Fábio Campana

Arrancada de Marina, voto de SP e queda de Dilma na classe C explicam o 2º turno

Da Folha.com

Votações com tendência de alta para Marina Silva (PV) e José Serra (PSDB) levaram a eleição presidencial de 2010 ao segundo turno.

Já Dilma Rousseff (PT) manteve sua trajetória de perda de apoio das últimas semanas. De franca favorita até meados de setembro, terá de enfrentar Serra no próximo dia 31 de outubro.

O resultado de ontem repete o padrão das eleições presidenciais desde 1994.

Desde então, os melhores colocados ou vencedores no primeiro turno tiveram pouco menos ou pouco mais de 50% dos votos válidos.

O resultado das urnas também seguiu e reforçou a tendência captada pelas últimas pesquisas eleitorais realizadas pelo Datafolha.

Elas começaram a sinalizar a partir de terça passada a probabilidade de haver uma nova rodada eleitoral.

As pesquisas captaram três tendências principais, confirmadas pelos resultados da votação de ontem:

1) O desembarque de parcela expressiva do eleitorado da candidatura Dilma, especialmente entre os eleitores da chamada nova classe C (com renda mensal entre R$ 1.020 e R$ 2.550) e entre os menos escolarizados;

2) Uma “onda verde” a favor de Marina nessa mesma classe C, com tendência de crescimento no Sul, Sudeste e Nordeste; e um apoio inédito do eleitorado feminino na reta final da campanha;

3) Um movimento de recuperação das intenções de voto de Serra em sua base eleitoral, São Paulo (maior colégio eleitoral do país, com 30,3 milhões de eleitores); e sua vitória no “arco do agronegócio”, que compreende Paraná, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Rondônia.

Entre esses fatores, pesaram mais a arrancada de Marina e a queda de Dilma. Em dez dias, a candidata do PV cresceu 5,5 pontos percentuais, considerando os votos válidos; Dilma recuou 7. Serra subiu 1,7 ponto.

Assim, ganha relevância no segundo turno o espólio eleitoral da candidata do PV e seu posicionamento em favor ou não de PSDB ou PT.

Após a contagem dos votos, Marina quase conseguiu dobrar o total de sufrágios válidos que tinha projetados no início do ano em relação aos que efetivamente conquistou no primeiro turno.

Segundo projeção do Datafolha realizada na semana passada, 51% dos eleitores de Marina migrariam para a candidatura Serra em um eventual segundo turno.

Dilma receberia o apoio de 31%. Outros 15% dizem que votariam em branco ou anulariam o voto. E 3% responderam ainda não ter decidido o que fazer em uma eventual segunda rodada eleitoral.

Segundo projeções do Datafolha feitas antes da votação de ontem, Dilma teria 53% das intenções de voto no segundo turno. Serra, 39%.

Mantida a migração de votos de Marina no dia 31 de outubro para os dois candidatos projetada pelo Datafolha, do total de votos de Dilma, 8% viriam dos eleitores da candidata do PV. No caso de Serra, seriam 18%.

A imposição de um segundo turno para Dilma pelos eleitores começou a ganhar corpo a partir da segunda quinzena de setembro.

A então favorita nesta eleição passou a cair nas pesquisas por conta dos escândalos envolvendo a quebra de sigilos fiscais de tucanos e a queda de sua ex-braço direito na Casa Civil, Erenice Guerra.

Entre a eclosão dos escândalos e a véspera da eleição, Dilma perdeu seis pontos junto aos eleitores com renda familiar mensal entre dois e cinco salários mínimos.

Cerca de 36% dos eleitores pertencem a essa faixa de renda, que agrupa a nova classe C brasileira.

Ironicamente, o mesmo eleitorado que progrediu economicamente no governo Lula obrigará Dilma a se submeter a nova votação.


11 comentários

  1. Benhur
    segunda-feira, 4 de outubro de 2010 – 9:52 hs

    Nas urnas a verdade nua e crua, os intitutos de pesquisa brasileiros não mecerem um pingo de respeito.
    No 2º turno vai ser um bota fora Pt forever!!!

  2. Regina
    segunda-feira, 4 de outubro de 2010 – 11:33 hs

    Isso sem contar que interferem na opinião do eleitor. Sabe-se lá quantos votos eles não tiraram do Serra, dando pra Dilma a vitória no primeiro turno com numeros exorbitantes, já a partir de agosto, e deixando Serra e Marina lá embaixo. A Marina teve o dobro da votação, que eles previam a maioria do tempo.

  3. CONCEIÇÃO
    segunda-feira, 4 de outubro de 2010 – 12:23 hs

    graças ao povo evangelico que somam mais de 20% que ajudaram na queda de DILMA. ela vai continuar caindo.
    para nós ela é uma anti Cristo e seu vice um satanista.

  4. Jairo Antonio Broch
    segunda-feira, 4 de outubro de 2010 – 12:49 hs

    Benhur, favor consultar o JdeB (Jornal de Beltrão), edição do dia 04 de outubro, para ter uma opinião mais clara sobre alguns institutos.
    A Radar Estatística anunciou dia 01 de outubro pesquisa ao governo do Paraná, a qual bateu com o resultado das urnas.
    Agora é Serra!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  5. justino bonifacio martins
    segunda-feira, 4 de outubro de 2010 – 13:44 hs

    Marina, tal qual Eloisa Helena, exerceu o papel do quintacolunismo na política nacional.
    JBM

  6. Duval Simões Araújo-Londrina
    segunda-feira, 4 de outubro de 2010 – 13:58 hs

    Convenhamos: a candidata do PT é péssima. Se trabalhar bem, principalmente na mídia, ainda dá para virar esse jogo.
    O povo gosta de Lula, mas não gostou de sua candidata.
    Serra é confiável e tem que mostrar que quer, pode e vai melhorar o Brasil.
    Eu acredito.
    Se viramos no sul. Dá pra virar no resto do país.

  7. Theódor Badotti
    segunda-feira, 4 de outubro de 2010 – 18:02 hs

    Pois eu acho que conseguimos derrotar os maiores carniceiros nas eleicoes, que sao os institutos de pesquisa. Ja estavamos naquela de perguntar o que vem antes, a pesquisa ou a opiniao??

  8. SO PROMESSAS
    segunda-feira, 4 de outubro de 2010 – 18:42 hs

    A PROMESSA DE SERRA DE DAR AUMENTO PARA SALARIO MINIMO SURTIU EFEITO…TAMBEM O AUMENTO PARA OS APOSENTADOS DE 10%…..QUERO VER ELE CUMPRIR.

  9. DILMA SEM CONDIÇÕES
    segunda-feira, 4 de outubro de 2010 – 19:41 hs

    A DILMA AVENTUREIRA SE FOSSE OUVIDA POR MAIS UM DOIS OU TRES DEBATES, COM CERTEZA FICARIA ABAIXO DE MARINA. A MELHOR COISA É ELA FICAR DE BOCA FECHDA, PORQUE NAO SABE RESPONDER A NENHUMA PERGUNTA COM CONHECIMENTO, COMPETÊNCIA, COM PREPARO E MOSTRA O TOTAL DESCONHECIMENTO DELA A RESPEITO DE ASSUNTOS BÁSICOS E DESCONHECE POR COMPLETO OS PROBLEMAS BRASILEIROS. ELA GAGUEJA TANTO E MEXE TANTO OS BRAÇOS, MAS NAO RESPONDEU NADA NUNCA COM CONHECIMENTO. RESUMINDO: É BURRA MESMO E NAO TEM CONDIÇÕES PARA OCUPAR UM CARGO DE PRESIDENTE. AH… E SEU VICE LIDA COM SATANISMO E ELE QUE PRETENDE SER PRESIDENTE NO LUGAR DELA. FORA DILMA, FORA SEU VICE SATANISTA E O POVO QUE CRÊ EM DEUS NAO DEVE DAR VOTO PRA ESSE TIPO DE GENTE QUE QUER O PODER POR INTERESSES ESCUSOS… PARANA VAMOS BANIR O PT DE UMA VEZ DO PODER…

  10. comandante
    terça-feira, 5 de outubro de 2010 – 1:39 hs

    A VITORIA DE MARINA DEVE-SE TAMBÉM AOS ACADÊMICOS DE TODAS AS UNIVERSIDADES DO BRASIL…EXCETO TALVEZ POR ALGUNS PROFESSORES DAS UNIVERSIDADES FEDERAIS (CHEIAS DE INTEGRANTES DO MST E DE SINDICALISTAS DO PT)…

    PARABÉNS ACADÊMICOS…..VCS SÃO O FUTURO DO BRASIL.

  11. Adelio de Carli
    terça-feira, 5 de outubro de 2010 – 9:08 hs

    O Serra deveria se espelhar no Obama e por o slogan “Sim nós podemos” e caminhar para uma grande vitória. Se mudar o vice, sugiro o Gustavo Fruet…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*