O que será que o Lupi vai dizer agora? | Fábio Campana

O que será que o Lupi
vai dizer agora?

O que será que o ministro do Trabalho e presidente de honra do PDT, Carlos Lupi, vai dizer quando souber que Osmar Dias (PDT) tentou por duas vezes acabar com um dos maiores benefícios dos trabalhadores? O senador Osmar Dias apresentou no Congresso Nacional duas propostas para acabar com a indenização de 40% sobre o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), benefício em dinheiro que o trabalhador recebe em caso de demissão sem justa causa. Lupi foi um dos principais articuladores da candidatura de Osmar ao Governo do Paraná. Parece que o ministro não conhecia esse detalhe do FGTS no passado de Osmar…


8 comentários

  1. sábado, 18 de setembro de 2010 – 23:10 hs

    São todos da mesma laia PT/PDT/MST enganadores do povo

  2. Norte do Paraná!!!
    sábado, 18 de setembro de 2010 – 23:59 hs

    Sabe o que ele vai dizer, Os-mar-dias pobre me da nojo, reclama de tudo, ja não chega a bolsa.

  3. Ricardo Soares Prestes
    domingo, 19 de setembro de 2010 – 9:08 hs

    O Magri, ex-ministro do Trabalho, aquele que inventou o imexível, que levava cachorro dele em veículo do Ministério do Trabalho para o veterinério, que fez umas trampolinagens naquela pasta no governo Collor (aliás, amigo do Lula e da Dilma) é “santo” perto desse Lupi, amigo do Osmar e do Picler!
    Vamos salvar o Paraná desses Trampas!

  4. HENRY
    domingo, 19 de setembro de 2010 – 10:36 hs

    O LUPI E O SENADOR OSMAR “indeciso” DIAS, TAMBÉM PODIA EXPLICAR ESSA NOTA ABAIXO:
    “Alguém pode se dispor a ser presidente da República e não enxergar um propinoduto instalado a um palmo de seu nariz, um balcão de negócios?”, indagou ontem o senador Álvaro Dias (PSDB-PR). “Enquanto os brasileiros morriam de gripe, inclusive mulheres grávidas, o governo roubava o dinheiro da saúde”, afirmou.

    Segundo a revista Veja, funcionários da Casa Civil teriam recebido pacotes de dinheiro, contendo R$ 200 mil, supostamente pela intermediação de um contrato de R$ 34,7 milhões para a compra emergencial do medicamento Tamiflu, usado no tratamento da gripe H1N1. No total, o Ministério da Saúde gastou R$ 400 milhões, em sete compras do medicamento.

  5. domingo, 19 de setembro de 2010 – 11:24 hs

    Então povo paranaense este é o candidato do Partido dos Trabalhadores,do PMDB e do PDT,então trabalhadores ,é este sr. que quer v~e-los na marginalidade,na lama….
    QUEM AINDA VAI VOTAR NESTE RAMSO ops OSMAR??????

  6. mariele
    domingo, 19 de setembro de 2010 – 14:13 hs

    É um barbudo laranja, até que enfim teve coragem para alguma coisa, assumiu SOZINHO a cor laranja,que , por sinal, é a sua cara. Laranjão!!!!!!!!!

  7. Só no Brasil, Venezuela, Cuba
    domingo, 19 de setembro de 2010 – 14:13 hs

    Só nestes países com “sólida democracia presidencialista” é que os presidentes entram de cabeça e alma na campanha, usando recursos públicos federais e todo o peso do cargo. Atitudes anti-republicanas e mais puxada para caudilhismo. Algo tem de mudar para que depois não nos queixemos que isto aqui está virando uma Venezuela do Chaves…

  8. cesar
    domingo, 19 de setembro de 2010 – 18:50 hs

    NUNCA LI TANTA MENTIRA…
    EM UMUARAMA E REGIÃO O QUE VIMOS FOI CARREATAS COM MUITOS CARROS, MUITA GENTE NA LUTA POR UM PARANA CADA VEZ MELHOR.
    DESCULPE MAS QUEM POSTOU COMENTÁRIO CONTRA O OSMAR E LULA E QUE ESTÁO
    MORRRRRRRRRRRRRRENDO DE INVEJA. BANDO DE TUCANADA QUE NÃO FIZERAM NADA PELO PAIS.
    E GUARDEM OS FOGOS, POIS COM CERTEZA NA PROXIMA PESQUISA É OSMAR NA CABEÇA.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*