Excluída falha mecânica em acidente da praça Tiradentes | Fábio Campana

Excluída falha mecânica em acidente da praça Tiradentes

Do Bem Paraná

Laudo técnico do Instituto de Criminalística não apontou nenhuma irregularidade

Está excluída totalmente a hipótese de falha mecânica no ônibus ligeirinho da linha Colombo/CIC onde duas pessoas morreram e 30 ficaram feridas na praça Tiradentes, em junho desde ano. Laudo técnico do Instituto de Criminalística não apontou nenhuma irregularidade nos freios e nos pedais do veículo.

Em entrevista ao Paraná TV, 1º Edição, o delegado de trânsito Armando Braga afirmou que após esta conclusão da perícia, o motorista do ligeirinho será intimado novamente para prestar esclarecimentos. “Não houve falha técnica, o que houve foi falha humana. O motorista não conseguiu imobilizar e administrar o veículo”, disse.

Inicialmente foi levantada a hipótese de que o motorista tenha sofrido um mal súbito, porém na mesma tarde do acidente, ela foi descartada depois que exames não detectaram qualquer anormalidade no motorista.

Ainda segundo o delegado de trânsito, as simulações foram feitas com o próprio veículo e também, posteriormente, com outro idêntico. “Mesmo com a carcaça destruída, o motor estava impacto, o que possibilitou usá-lo nas perícias. O resultado foi o mesmo em ambos – não houve qualquer falha técnica”, explicou.

O relatório dos laudos técnicos e periciais será somado ao inquérito que investiga as causas do acidente.


5 comentários

  1. Ani
    sexta-feira, 10 de setembro de 2010 – 15:30 hs

    Sempre é assim,sobra para os mais fracos.Que absurdo!

  2. XULIPA
    sexta-feira, 10 de setembro de 2010 – 15:32 hs

    A corda vai estorar do lado mais fraco.

  3. sábado, 11 de setembro de 2010 – 19:05 hs

    Infelizmente eu estava presente no momento deste acidente.
    Antes de fazer a curva e ir em direção à calçada, o ligeirinho atingiu o ônibus que eu estava (Pinhais C. Comprido), ao qual estava parado. Mesmo assim, a aceleração do Colombo / CIC continou.
    É claro que a URBS nem a empresa responsável pelo veículo serão culpados, obviamente a culpa cairá sobre o motorista.

    “Assustador é quando se descobre, que tudo deu em nada, e que só morre pobre.” – Racionais

  4. reginaldo aparecido de souza
    sábado, 11 de setembro de 2010 – 23:24 hs

    o candidato ao governo do partido dos tucanalhias ja comesou ha subi ha preçaõ~dos 45 en jaguariaiva o betaõ e sua pesquisa ja deu o que tinha de da hagora e´ osmar que ta liderando so naõ~encherga quen naõ~que

  5. chaves
    domingo, 12 de setembro de 2010 – 10:40 hs

    Mesmo com testemunhas de dentro do ônibus que ouviram um estouro grande e virão o motorista tentando manobrar,não conseguindo!!!!
    Que estranho!!!!!
    Mais já era de se esperar esse tipo de coisa.
    Mais, e naquele acidente em que a porta abriu e uma moça morreu ao cair do ônibus lotado???
    E naqueles outros, em que a plataforma da porta se abriu e acertou uma pessoa na calçada???
    Esses não tiveram laudos???

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*