Terno usado por Lula em posse é arrematado por R$ 500 mil em leilão | Fábio Campana

Terno usado por Lula em posse é arrematado por R$ 500 mil em leilão

Do G1/Globo.com

A expectativa ficou para o final e deixou todos surpresos. Depois de quase três horas, saiu a última e mais cara das peças de um leilão beneficente que reuniu artistas e empresários em um bar da Zona Sul de São Paulo, na noite desta segunda-feira (16) : o terno que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva usou na primeira posse, em 2003. O empresário Eike Batista arrematou o traje por R$ 500 mil – o lance inicial era de R$ 100 mil. A roupa não foi exposta.

Em um rápido discurso, Eike foi além. Anunciou que dobraria em doações todo o valor arrecadado no leilão, cujo objetivo é ajudar um projeto de alfabetização na favela de Paraisópolis, a segunda maior de São Paulo. “Minha obrigação é provocar os outros empresários. Dobro tudo o que foi colocado aqui hoje”, afirmou o empresário do ramo de mineração.

De acordo com assessores do evento, as informações preliminares eram de que o leilão tinha arrecadado cerca de R$ 2 milhões. Se a promessa de Eike se cumprir, o valor sobe para R$ 4 milhões. Os recursos irão para a Escola do Povo, que tem por meta alfabetizar 15 mil jovens e adultos de Paraisópolis. O catálogo mostrava que pelo menos 80 peças foram ofertadas aos cerca de 300 convidados que pagaram R$ 500 (o casal) e foram ao bar da Vila Olímpia. O preço incluía um jantar.

Uma das atrações do leilão, que começou por volta de 21h30, foi a guitarra autografada por Mick Jagger. O empresário Renato de Magalhães, que não posou para fotos, bancou o primeiro lance, de R$ 50 mil. Disputou com outro concorrente, mas acabou ficando com a peça por R$ 70 mil. “Eu sou fã do Mick Jagger”, contou ele, discreto em sua mesa. Mesmo tocando só violão, admitiu estar intencionado a levar o instrumento para a casa “desde o início” do evento. “Ela vai ficar guardadinha.”

Influência

O principal organizador do leilão foi o cabeleireiro Wanderley Nunes, que usou sua influência entre as celebridades nacionais e internacionais em prol da causa. “É muito difícil estar aqui. Enterrei meu pai hoje, às 17h. Ele tinha 95 anos e foi meu grande inspirador”, contou ele, logo no começo do encontro.

Madrinha do leilão e amiga de Wanderley Nunes, a primeira-dama Marisa Letícia optou pela discrição. Chegou com o cabeleireiro às 20h40 e só saiu da mesa do canto – ela jantou ao lado de Eike Batista – no fim do evento, quando anunciaram o lote 54, com o terno do presidente. Marisa brincou com Nunes, afirmando que a roupa “valia mais” do que os R$ 100 mil iniciais. Foi aí que Eike subiu a oferta para R$ 200 mil e lançou em seguida os R$ 500 mil.

Antes de ir embora a primeira-dama agradeceu a contribuição de todos. Gilson Rodrigues, presidente da União dos Moradores de Paraisópolis, sugeriu que o terno ficasse exposto dentro da favela. Naquele momento, ninguém se opôs.

Lance a lance

Estavam entre os itens, um capacete do piloto Emerson Fittipaldi, comprado por R$ 30 mil, uma jaqueta e camiseta do modelo Jesus Luz, levados por R$ 8.500, e um DVD e o livro do seriado americano Sex and the City, arrematados por R$ 7 mil. Esta doação foi feita pela protagonista Sarah Jessica Parker, como informou a organização da festa. Um dos lotes mais disputados, lance a lance, foi o de número 9, que continha um uniforme completo, além de uma camisa, do jogador Kaká e três camisas, doadas por Alexandre Pato, Pelé e Ronaldo. Tudo saiu por R$ 55 mil.

Bono Vox

Quem ficou feliz da vida foi Cristina Proença, uma das sócias do Buddha Bar, onde ocorreu o leilão. Sem concorrentes, ela ficou, por R$ 10 mil, com o boné autografado por Bono Vox. “Sempre fui muito fã dele. Quando o Wanderley falou que teria esse boné no leilão, eu disse que ia levar, mas não acreditava nisso”, disse a moça.

Eike Batista também arrematou outra peça valiosa: o Rolex de ouro doado pelo apresentador Fausto Silva. Sem dificuldades, levou o acessório por R$ 80 mil. Ainda foram ofertados vestidos, joias, bolsas, sapatos e até um conjunto de cozinha com panelas, uma cafeteira de luxo, talheres, fogão e batedeira. O prefeito da cidade, Gilberto Kassab, que não estava presente, doou um quadro com a imagem do Vale do Anhangabaú. O comprador pagou R$ 6.500.

Muitos itens não comprados foram automaticamente colocados na internet para um possível lance posterior. Um deles foi a guitarra doada pela banda Scorpions. Outro foi o quadro que Jay Milder pintou há 36 anos. O artista estava no bar. Mesmo com a insistência de Wanderley Nunes, a peça não saiu. O leiloeiro Luiz Fernando Dutra, da Dutra Leilões, admitiu que é mais difícil trabalhar em um evento beneficente. “Sem sombra de dúvida. Você tem que usar todo o apelo porque a generosidade tem que ser tocada.”

Tanto que o começo do evento foi meio frio. Dutra chamou Wanderley Nunes e até o humorista Tom Cavalcante para ajudar a “tocar” os convidados e incentivá-los a erguer o braço.


10 comentários

  1. Anônimo
    terça-feira, 17 de agosto de 2010 – 14:05 hs

    500, mil, só isso?!?!?!?!
    muito pouco…

  2. O Povo
    terça-feira, 17 de agosto de 2010 – 14:32 hs

    Com os favorecimentos ilícitos e visíveis que o Mega Empresário Eike Batista recebeu nos últimos tempos do governo Lula do PT, o valor de R$500.000,00 (quinhentos mil reais) para ele não é absolutamente nada, é hoje considerado o homem mais rico do Brasil,com um patrimônio muito respeitado, recentemente uma de suas plataformas de exploração de gás natural, localizou no Maranhão e Tocantins o equivalente a uma produção que representaria 50% do tototal de gás hoje importado da Bolívia para o Brasil, mas suas “licenças ambientais” e favorecimentos em licitações públicas de vários interesses que possuem o credenciam para ser realmente um “caixa de apoio” ao Lula e ao PT Nacional!!!!!!!!!! “Ele pratica boas ações com o dinheiro do Povo do Brasil que lhe é passado via governo federal”, uma verdadeira fraude e falta de vergonha, caso de polícia e CPI!!!!!!!!

  3. CAÇADOR DE PETISTAS
    terça-feira, 17 de agosto de 2010 – 15:02 hs

    Mas, que vergonha.
    Sinceramente, quem arrematou é um grande imbecil. Nem de presente.Este terno, nem pra limpar a bunda. Coitada da bunda.

    Tenha ombridade Lula da Silva e admita que seu sucesso se deve ao plano Real. Que crise econômic o Sr. pegou?

    Fora malandro petista.
    Brasi, rumo a Vezezuela.

  4. Santino Moreira dos Santos
    terça-feira, 17 de agosto de 2010 – 17:00 hs

    Gostaria que esse CAÇADOR DE PETISTAS fizesse seus comentários idiotas em todos os blogs deste país. Assim Dilma venceria as eleições já no primeiro turno com mais de 90%. Não esqueçam. Quanto mais vocês batem, mais ela cresce.

  5. Zangado
    terça-feira, 17 de agosto de 2010 – 17:20 hs

    Esses 500 mil irão nos custar, depois das eleições, 500 milhões e nós – o povo otário do Brasil – iremos pagar essa fatiota e as posteriores maracutaias, pois, esse Eike, que eu saiba não queima dinheiro “dele” e nem é aloprado …

  6. Lorena Meyers
    terça-feira, 17 de agosto de 2010 – 17:37 hs

    Dilma em festa regada a champagne francês e caviar da Lily Marinho.
    Dona Marisa madrinha do leilão das celebridades e ricaços.

    Hahahahahaha…gostaram do melado, hein?!

    Que tal criar uma griffe?: a Daslula.
    Très chic.

  7. Carlos
    terça-feira, 17 de agosto de 2010 – 18:58 hs

    Pela informação desta matéria São Paulo tem muito analfabeto ainda, será que é porque o governo do estado não investiu em educação?
    Quem era o governador até o inicio do ano?
    Sinal que o Serra não se preocupa em investir na educação.
    Por isso não devemos votar nele.

  8. terça-feira, 17 de agosto de 2010 – 19:26 hs

    A Turma do PT não sabe mais o que fazer para ROUBAR O POVO

    Agora inventaram até leilão , sempre tem um espertalhão para fazer de conta.

  9. quarta-feira, 18 de agosto de 2010 – 0:38 hs

    Como tem idiota neste Brasil,este tal de Eike quando comprou a Vale do Rio Doce,seu pai era ministro de minas e energia do FHC,ninguém falou nada,ficou o dito pelo não dito,bastou o metalúrgico assumir o governo que ele tornou-se uma das maiores fortunas do mundo,graças ao metalúrgico,nada mais leal do que arrematar um terninho Armani passado pela inútil da dona Marisa por somente R$500mil.
    Quanta gente passando fome e este FDP prestigia um desmiolado pagando esta bagatela…sifu Brasil,e, se não cuidarmos a riqueza do país ficará centralizada nas mãos deste sujeito,acompanhado é claro pelos guerrilheiros…

  10. mantovani
    quarta-feira, 18 de agosto de 2010 – 8:10 hs

    É, tem gente que tem gosto de porco, mesmo. Afff!!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*