Serra e Dilma polarizam debate, com foco em saúde e emprego | Fábio Campana

Serra e Dilma polarizam debate, com foco em saúde e emprego


Tucano criticou o abandono dos mutirões de cirurgias da época em que era ministro e a petista comparou os 14 milhões de empregos da era Lula com os 5 milhões de FHC; Marina teve participação tímida e Plínio atacou ‘bom-mocismo’ de todos os rivais

Gabriel Manzano, de O Estado de S.Paulo

O primeiro debate entre presidenciáveis na TV, que ontem reuniu, na Band, os candidatos José Serra (PSDB), Dilma Rousseff (PT), Marina Silva (PV) e Plínio de Arruda Sampaio (PSOL), acabou se transformando em um duelo entre os dois primeiros, que Serra tentou puxar para a saúde e Dilma para números e realizações do governo Lula.

Em um dos poucos momentos mais fortes, o tucano chamou de “cruel” o abandono dos mutirões de cirurgias pelo atual governo e a petista comparou os 14 milhões de empregos da era Lula com os 5 milhões do governo FHC.

Foi um confronto morno, sem emoção, a não ser nas curtas e duras críticas de Plínio aos demais. Dilma sobreviveu, com certo nervosismo e algumas frases longas e genéricas, ao seu primeiro grande teste público. Ao final do programa – que foi moderado por Ricardo Boechat, e tendo como perguntadores os jornalistas Joelmir Betting e José Paulo de Andrade – a petista conseguiu passar os avanços do governo Lula e Serra, além de exibir sua familiaridade com a saúde, prometeu “estatizar” de novo empresas como os Correios, que em sua opinião foram aparelhados pelo PT.

Os quatro responderam sem surpresas à primeira questão, sobre qual seria sua prioridade entre saúde, educação e segurança. Plínio advertiu que nesses três “há um problema de desigualdade social” a ser enfrentado “com firmeza”. Marina, com voz rouca, ressaltou educação, “porque a desinformação é responsável pela falta de oportunidade”, mas elegeu a saúde, “porque o brasileiro não pode esperar mais nenhum momento”. Serra disse que os três “são como três órgãos do corpo humano” e já adiantou que “criará um ministério para a segurança pública”. Dilma disse que uma gestão não pode ter a prioridade pedida na pergunta, “tem de atender aos três, que são os pilares de um governo”.

O embate Serra-Dilma começou em seguida. O tucano “convocou” Dilma para citar “as posições concretas” sobre os três temas. Ela agradeceu a chance de retomar o assunto e mencionou as unidades de polícia pacificadora (UPPs) do Rio. Na réplica, Serra citou “a consulta e o exame”, esquecidos nos projetos de saúde, e introduziu na conversa os mutirões de saúde – tema que tornaria a mencionar nas fases seguintes do debate, já que Dilma discordou deles, por “não serem políticas estruturantes”.

Dilma reagiu introduzindo a comparação Lula-FHC perguntando a Serra “qual a aprendizagem” como oposição e como situação? Ele avisou que como oposição, nunca jogou “no quanto pior, melhor”. E que tratou a oposição “como adversária, não como inimiga”. Marina reclamou da incapacidade de PT e PSDB de um “realinhamento histórico”.

Movimentos sociais. Plínio arrastou Dilma para uma longa discussão de desmatamento, código florestal e limite das propriedades e jornada de trabalho. A petista pediu “respeito aos movimentos sociais”, dizendo que não é papel do governo determinar a jornada.

Dilma provocou Serra sobre empregos, perguntando com vai fazer, depois de um governo que criou 14 milhões de empregos formais. Ele reagiu. “Não tem de fazer campanha com olho no retrovisor”, disse o tucano. E a petista: “Acho confortável que esqueça o passado, mas não acho prudente. Em plena crise, tiramos 24 milhões de pessoas da pobreza”. O tucano escapou criticando o estado das estradas federais. E em seguida quis saber por que o governo federal “está discriminando” entidades como as Apaes. O ex-ministra caiu na provocação: Ele cobrou: “Você, como ministra muito forte, como deixou que isso acontecesse?”

Na fase das perguntas de jornalistas, Joelmir perguntou a Dilma sobre os altos juros cobrados pelo atual governo. “Ela explicou que, com a estabilidade, eles tendem a cair. E José Paulo de Andrade questionou Serra sobre privatizações. Ele disse que “o Brasil continua com a maior taxa de juros do mundo”. E vendeu a “nota fiscal brasileira”. Sobre privatizações, prometeu: “Vou valorizar o patrimônio público. Não vou arrebentar empresas importantes, como os Correios.”


21 comentários

  1. sexta-feira, 6 de agosto de 2010 – 10:48 hs

    agora e tete a tete, a dona dilma tem q caminhar com as próprias pernas e mostrar sua exeperiencia e seu conteudo pessoal.
    claramente ela estava nervosa e confunça…

  2. Ani
    sexta-feira, 6 de agosto de 2010 – 11:15 hs

    Dilma engasgou,errou a concordancia ,trocou palavras,gaguejou etc Só falou bem quando falou do Lula.Zero para ela

  3. Carrano Montego Canet Lobo Jr.
    sexta-feira, 6 de agosto de 2010 – 11:30 hs

    neste debate observei que a droga afetou e muito o cerebro da Dilma…. nada mais

  4. Pina
    sexta-feira, 6 de agosto de 2010 – 11:33 hs

    O debate estava difícil de aguentar, muito monotono e chato, o jogo entre Inter e São Paulo estava mais interessante e dinâmico, infelizmente este modelo engessado de debate já rendeu o que podia, quando a gente assiste parece uma repetição daqueles assistidos nos anos 90!!!!!!!!!

  5. Da Poltrona
    sexta-feira, 6 de agosto de 2010 – 11:42 hs

    Na minha modesta opinião, Serra mostrou-se o que é – o mais preparado a exercer a presidência. Marina surpreendeu pela sua desenvoltura em apresentar seus argumentos. Plinio Sampaio quis se apresentar diferente de todos, mas sua posição, apelando ao radical do que pela sua ótica à raiz dos problemas enfocados, poderia ser mais interessante ao debate. Dilma mostrou-se o que é também, um poste, cheio de slogans mal decorados e muito mal expostos. Será uma temeridade à nação elegê-la.

  6. sexta-feira, 6 de agosto de 2010 – 11:43 hs

    Quem é dilmá sem o Muleta ??

    lulumuleta esteve ontem com os Marinhos pedindo mais exposição delle junto a “kumpanheira” na programação da Globo

    Se ella está tãooo bem porque cometer mais um crime e enganar o povo ?

  7. Profº Abel de Geografia
    sexta-feira, 6 de agosto de 2010 – 11:53 hs

    O debate da Band foi bom para que pudessemos ver de fato a posição dos candidatos a presidência da República.
    O presidenciável José Serra em seu slogan o Brasil pode mais o que percebi respostas sem muita expressão.
    Falou muito dos multirões da saúde, mas se pensarmos o que são multirões é mais uma causa emergêncial e não um programa de saúde, quando foi perguntado sobre a criação de empregos não disse como irá manter o mesmo ritmo do atual governo, ou seja, desconversou e falou novamente sobre os multirões,sobre educação nem orginal foi disse que vai criar Protec que é igual o ProUNI e quando foi perguntado sobre as questões energitica (luz para todos) fez que não entendeu, ou seja, não tem um programa social sólido.
    Dilma mostrou que em seu primeiro desafio foi muito bem, esclarecendo a diferença de como se governa para todos, claro um pouco nervosa, mas mostrou proposta coerente, na questão da APAE quando foi questionada pode mostrar que MEC em nenhum momento os abandonou, mas sim poder faz a inclusão social destas pessoas, que tem muito ao nos ensinar, já que em Minas Gerais as APAES estavam com problemas. Por que então o governo do PSDB não resolveu atraves da secretário de educação?
    O Plinio muito radical, é um homem experiênte, inteligente etc…, mas inresponsavel em suas declarações,pois estamos numa época que não cabe na sociedade este tipo de política, tem que haver outras soluções para que possa governar, pois dizer que não vai pagar, que a distribuição de renda deve ser feita. Como?
    Marina falando sobre o seu passado, seu foco é Meio ambiente, educação e segurança mais ainda de forma dircursiva e não como proposta real.

  8. pescador
    sexta-feira, 6 de agosto de 2010 – 11:55 hs

    O Serra é o mais preparado para governar o Brasil a Dilma estava confusa so lendo papel e lembretes não sabia responder coisas sobre seus ministerio comparar FHC com LULA é uma comparação sem logica quando Sarney eo Collor foram presidente deixou o Brasil arebentado infração altisima eo plano real que o FHC elaborou controlou a infração ai o Brasil voutou a andar quem não se lembra daquela musica em homenagem ao FHC que dizia presidente do pé quente chegou na hora bendita.Melhor que você Dilma foi Plinio que pelomenos falhou e não inrolou como você.Serra foi deputado, ministro da saúde,prefeito da maior cidade do Brasil e governador e você como ministra quase não fes nada.

  9. cabeça do vale do paranapanema
    sexta-feira, 6 de agosto de 2010 – 12:04 hs

    EU gostei daquela parte quando a Dilma falou dos envistimentos eo Serra falou que ela não tinha corragem de andar de carro numa rodovia federal e como o Brasil quer creser se não investe em aeroportos os portos todos abandonados a sorte do Brasil é que a agricultura mesmo despresada pelo governo ainda produs muito vamos dar mais valor aos produtores rurais porque eles que seguram o brasil eo governo so investe no mst.Serra porque o Brasil pode muito mais 45 neles.

  10. pescador
    sexta-feira, 6 de agosto de 2010 – 12:36 hs

    Na minha opinião Serra nota 8, Plinio 5,Marina 3 e Dilma 2.

  11. trabaiadô
    sexta-feira, 6 de agosto de 2010 – 12:47 hs

    o arruda sampaio, está gagá. coisas típicas da idade,

    repetia as mesmas coisas p/ todos os assuntos, e se queixava o tempo todo de ser discriminado. o que claramente não houve, o tempo que ele estava com os pestistas derreteu seus neuronios.

    dilma , sem lula não existe, ficou muito clar. não tem idéias e luz própria, quer permanecer na sombra do cachaceiro lula

    marina, sem propostas,

    serra o único preparado, com conhecimento dos reais problemas do país. e vontade de melhorar o BRASIL.

    teremos segundo turno, certamente.

  12. joao carlos
    sexta-feira, 6 de agosto de 2010 – 13:03 hs

    esta candidata dilma e muito fraca para ser prisidente do brasil ela e muito nervosa e fraca para debate so fala bem perto do lula que vergonha lula e pt zzzzzzzzzzzzzada nos brasileiros nao meresemos isso

  13. J&P
    sexta-feira, 6 de agosto de 2010 – 13:10 hs

    E eu que achava que Dilma era inexperiente e até um pouco inteligente… No debate deu para perceber que eu estava enganado. Ela não é nem um pouco inteligente. É o verdadeiro POSTE que o Lula quer eleger e, se conseguir, triste será o nosso futuro.

  14. HENRY
    sexta-feira, 6 de agosto de 2010 – 13:56 hs

    ibipora… QUE EXPERIÊNCIA VOCE QUER QUE ELA MOSTRE? SÓ SE FOR A EXPERIENCIA DE TER SIDO UMA QUADRILHEIRA ASSALTANTE etc etc etc hehehehehehe

  15. EDGARD LUIZ
    sexta-feira, 6 de agosto de 2010 – 14:11 hs

    CONFUSA É POUCO. DILMÃO, ESTAVA TOTALMENTE CONFUSA, ENGESSADA E OCA. O SERRA DOS MALES AINDA FOI O MELHOR DA NOITE.

  16. sexta-feira, 6 de agosto de 2010 – 14:35 hs

    A Dilma, mas uma vez provou que é capaz derrotar o serra, em todas os debates futuro, e com o apoio do LULA, ela sera a nossa Presidente com CERTEZA, o SERRINHA MAS UMA VEZ SERRA DERROTADO.

  17. sexta-feira, 6 de agosto de 2010 – 14:37 hs

    No Parana o BETO, com certeza sera o proximo Governador, com Requião Senador e a Gleisi Senadora.

  18. OSSOBUCO
    sexta-feira, 6 de agosto de 2010 – 19:23 hs

    Serra é horrível, despreparado, mutirão é “quebra-galho”, não é política pública de saúde decente. lém disso, faz promessas a torto e a direita, sem compromisso, assim como fazem os políticos tradicionais, ninguém acredita nele!

  19. OSSOBUCO
    sexta-feira, 6 de agosto de 2010 – 19:36 hs

    Olha, se a oportunidade do Serra era o debate, então já era, o cara de pau saiu do jeito que entrou, com a mesma credibilidade, ou seja, nenhuma, já a Dilma saiu fortalecida, a imprensa bateu tanto nela que acabou beneficiando, pois criaram a expectativa que o Serra poderia espanca-la no debate, o que não ocorreu e nem poderia ocorrer, o Zé não tem discurso nem muito menos propostas, sua campanha já fez agua, é só esperar pelo naufrágio.

  20. carioca martez
    sexta-feira, 6 de agosto de 2010 – 20:56 hs

    Me poupe com essa dilma,tem que ser muito burro para nao perceber que e despreparada,vazia e nao tem a menor condiccao de ser presidente do brasil.vamo la serra vc sim sera, o nosso presidente,.

  21. Paulista
    segunda-feira, 13 de setembro de 2010 – 17:17 hs

    A Dilma é horrivel gente, o VICE dela mexe com coisas satânicas, vcs, evangelicos, catolicos, nao votem nela, primeiro ore, e peça a deus para mostrar pessoas melhores, conto c vcs!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*