Governo do Estado corta recursos para hospitais | Fábio Campana

Governo do Estado corta recursos para hospitais

Nada é tão ruim que não possa piorar. A área de saúde no Paraná, que já ia mal nos anos Requião, vai piorar agora. O Governo do Estado enviou ofício aos hospitais que mantêm contratos de gestão do SUS e determinou um corte linear de 8% nas faturas de julho e agosto. Ou seja, avisou que vai pagar apenas 92% dos serviços destes meses, a maior parte de serviços já prestados, pois já estamos no final de agosto. O corte de repasse atinge mais de 500 hospitais em todo o Estado, a maioria hospitais filantrópicos. Os hospitais estão sendo orientados por suas federações a cobrar na Justiça o serviço prestado. “O Governo do Estado vai perder as ações, pois são serviços já contratados e já realizados”, diz uma autoridade do setor. O problema é que, com o risco de não receber, a maioria dos hospitais diminuiu o atendimento à população, pois não vai prestar um serviço sabendo que não tem a garantia de receber dentro do cronograma normal.


20 comentários

  1. Irmã Catarina dos pobres
    segunda-feira, 23 de agosto de 2010 – 18:49 hs

    É uma calamidade a saude brasileira pela falta de recursos, a segurança um caos é gente morrendo todos os dias, assalto virou uma atividade normal só falta ser regulamentado pelos deputados, greve na previdência social doentes sem receber seus beneficios e passando fome, agora vem o Presidente e a Dilmona falando que esta tudo otimo, pelo amor de deus, só nos resta encomendar um caixão de defunto e pagar em suave prestações nos bancos protegidos e indicados pelo governo federal,

  2. MARIA
    segunda-feira, 23 de agosto de 2010 – 19:48 hs

    O Serra foi o melhor ministro da saúde que tivemos, isto não acontecia. A saúde vai mal, a segurança nem se fala….O que é isso, não podemos deixar que continue,tem que haver mudanças já! Serra presidente e Beto governador!
    Acorda paraenses, se o Beto será eleito o nosso governador, precisamos eleger também o Ricardo Barros e Fruet para senador!
    Maria

  3. paulo
    segunda-feira, 23 de agosto de 2010 – 19:50 hs

    ATÉ TU, PESSUTI??????

  4. marjorie
    segunda-feira, 23 de agosto de 2010 – 19:58 hs

    EITA!!!! ESSE É O GOVERNO QUE NA TELINHA DEFENDE OS MAIS CARENTES, OS POBRES, QUE BACANA QUE JÁ ESTÃO MOSTRANDO A C A R A !!!!! ACORDA PARANÁ!!!!!!

  5. dalton gonçalves
    segunda-feira, 23 de agosto de 2010 – 20:10 hs

    Srs.
    O Pior aconteceu com a LDO-2011(Lei de Diretrizes Orçamentarias), elasborada pelo Ministerio do Planejamento, comando por Paulo Bernardo. É isso mesmo Paulo Bernardo, no seu artigo n. 36 proibe a transferencia de recursos federais para as obras em andamento para filantdropias nacionais. Diversas, num numero de 150 aproximandamente tem obras com recursos federais. Principalmente as Apaes. Agora vão se tornar em elefantes brancos. Tudo por causa da miope e sem responabilidade social do Sr. Paulo Bernardo, patrono e marido da candidata Gleisi.

  6. antonio carlos
    segunda-feira, 23 de agosto de 2010 – 20:26 hs

    O secretário da Saúde deveria ser demitido, ou se demitir, quem é que vai arcar com os 8% que vão faltar? Ele é que não . Nem o Estado . Então quem vai? Quem sempre pagou, o eleitor, que é borbadeado com a propaganda dos tantos hospitais e clínicas que o governo inaugurou. E vai pagar esperarando nas filas, na falta de leitos, na falta de vagas de UTI. As Santas Casas e os hospitais filantrópicos, que já vivem à beira da falência, agora vão para o buraco mesmo. Antes até da eleição. Engana que eu gosto. ACarlos

  7. joao APENAS UM CIDADÃO
    segunda-feira, 23 de agosto de 2010 – 20:45 hs

    …isso só vem comprovar minha teoria: ALGUNS CANDIDATOS PERDEM A ELEIÇÃO PARA SEUS ADVERSÁRIOS…OUTROS, PERDEM PARA SUA PRÓPRIA ASSESSORIA…e tenho dito.

  8. Juca Tomaz
    segunda-feira, 23 de agosto de 2010 – 20:53 hs

    Prato cheio para o candidato do PSDB, se souber explorar. Esse corte é a mostra do que é o governo Requião-Pessuti, o qual o senador Osmar Dias agora defende e pelo qual morre de amores. Votem nele (Osmar) que o pior irá piorar mais ainda…

  9. preocupado com o interior
    segunda-feira, 23 de agosto de 2010 – 21:24 hs

    realmente o governo do paraná vem faltando com suas obrigações na área da saúde, bas ver nas regionais que está faltando medicamentos diversos para pessoas que alzaime e parkison, no interior quero ver como fica, pois há quase um mês não se tem esses medicamntos. Só foi o Pessutão entrar que as coisas pioraram, principalmentes em regionais que tem o comando do pessoal de Requi~~ão. Porisso é que temos de analisar bastante o nosso voto. É dado(obrigátório) por nós, para eles ganharem milhões mensais, Uma vergonha…Secretaria da Sáude tome providências para esses remédios voltem às regionais do Paraná.

  10. Antonio
    segunda-feira, 23 de agosto de 2010 – 21:35 hs

    calma Irmã Catarina vc ta com muito ódio no teu coração

  11. Antonio
    segunda-feira, 23 de agosto de 2010 – 21:37 hs

    Irmã se o Serra eo Beto ganhar vai ser pior,vc não lembra dos velhos tempos?

  12. paulo
    segunda-feira, 23 de agosto de 2010 – 21:40 hs

    Ô IRMÃZINHA DOS SANTOS PEDÓFILOS, O QUE CABE AO GOV FEDERAL, AO ESTADUAL E AO MUNICIPAL?
    VC SABE??
    OU É SÓ UIVO DE DESEPERO????

  13. segunda-feira, 23 de agosto de 2010 – 21:51 hs

    Deve estar faltando $$$ prá campanha,

    Foi cortado no país TODO.

    Coisas do “governo” PTista

  14. Ernesto Caetano
    segunda-feira, 23 de agosto de 2010 – 22:01 hs

    Depois o Requião vem falar que construiu hospitais!
    Nem aplicar o mínimo constitucional ele aplicou!
    Vamo aplicar no Requião uma Derrota Histórica!

  15. Jacarezinho
    segunda-feira, 23 de agosto de 2010 – 22:21 hs

    E atentem para as tais clínicas da mulher e da criança. Para começar, a prefeitura entra com o terreno, exigido em lugar visível. O governo constrói e equipa. Depois, o fumo, a prefeitura tem que pagar pediatra, obstetra, enfermeiro, etc. Presente de grego, confessam prefeitos de cidades pequenas.

  16. O Povo
    segunda-feira, 23 de agosto de 2010 – 23:15 hs

    Tira dinheiro da saúde e quer aplicar em estádio de futebol particular, com dinheiro público, é o fim da picada!
    Fora bando de incompetentes!
    Fora Requião e Pessuti!
    Fora Osmar e Petezada!

  17. Viilante do Portão
    terça-feira, 24 de agosto de 2010 – 2:48 hs

    É o “fim da picada”.
    A Dilma promete ampliar e melhorar o atendimento à saúde – ela mesmo confessou que o governo vai mal nessa área-;
    A Gleisinha, promete aposentar as donas Donas de Casa, mesmo aquelas que JAMAIS RECOLHERAM A CONTRIBUIÇÂO AO INSS.
    É uma afronta aos milhões de brasileiros que pagam o carnezinho ou descontam o INSS NA FONTE.

  18. Fora Pessuti
    terça-feira, 24 de agosto de 2010 – 9:05 hs

    É o Pançutão no governo! Não adianta, vice nunca devia deixar de ser o que é: vice. Apenas vice.
    Merda de país!

  19. saci
    terça-feira, 24 de agosto de 2010 – 10:04 hs

    o hospital angelina caron com certeza não será afetado por este corte, já que o dono é amigo pessoal do requião e do pançutti.

  20. Flor
    terça-feira, 24 de agosto de 2010 – 12:48 hs

    E o povo acredita que a Dilma vai mudar alguma coisa. Como pode o Brasil estar bem, se tem gente morrendo nas filas dos hospitais, será que o povo não vê isso? Só porque ganham cesta básica acha que o Lula foi o melhor presidente. Comida é importante, mas não adianta comer e morrer de fome nas filas dos hospitais, ou ser assaltado na esquina da sua casa.
    Precisamos de um presidente, que não nos dê cestas basicas, mas condições de irmos ao mercado e comprar o que queremos; precisamos de um presidente que disponibilize recursos para hospitais, nos dê segurança, escola, que nos dê um futuro, não esmolas como o Lula tem feito.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*