Decreto de Pessuti cria comitê de precatórios | Fábio Campana

Decreto de Pessuti cria comitê de precatórios

Por Luciana Pombo no Jornal do Estado

Um decreto assinado pelo governador Orlando Pessuti cria um Comitê de Controle de Pagamento de Precatórios para analisar a troca de impostos e créditos do Paraná por precatórios.

O decreto 8022 foi assinado no dia 16 de agosto, antes da viagem de Pessuti para Nova York, onde ele participa de evento na Bolsa de Valores.

O comitê será formado por três integrantes da Procuradoria Geral do Estado (PGE), Secretaria de Estado da Fazenda e Secretaria de Estado de Planejamento. As pastas estão atualmente no comando de Marco Antonio Lima Berberi, Heron Arzua e Allan Jones dos Santos, respectivamente.


12 comentários

  1. Ary Kara
    segunda-feira, 23 de agosto de 2010 – 17:10 hs

    Detalhe o Ministerio Publico tinha se pronunciado sobre o tema e falou que e inconstitucional.

    Agora devido aos doadores de campanha condicionarem as doações ao perdão fiscal e o aceite de precatorios, cito Nutrimental, Natura, Mufatto, Condor. Pessuti se viu obrigado a faze-los através de Decreto.

    Pessuti assalta os cofres do estado quando permite, e faz tal conluia.

    Com a palavra Pela PGE é a Vera Grace Paranaguá Cunha
    *33388083

  2. Cereal
    segunda-feira, 23 de agosto de 2010 – 17:45 hs

    Pego aposta que um candidato a vice governador saberá aproveitar muito bem a possibilidade de não pagar impostos com a troca de precatórios.

    Já que estava difícil passar a lei….

    Liberou a farra via Decreto!!!

  3. Ita
    segunda-feira, 23 de agosto de 2010 – 17:55 hs

    Parabéns ao Pesuti.
    É importante que isto seja fiscalizado para que o Estado não saia perdendo.

  4. Grilo
    segunda-feira, 23 de agosto de 2010 – 18:19 hs

    O Pansutti poderia ter chamado este COMITÊ de COMISSÃO!!!

    Nestes últimos 4 meses vamos assistir série de atos suspeitos como esse.

    Tá certo o Requião, pois sabem as sacanagens que tem por trás dos precatórios e as COMISSÕES envolvidas.

  5. comandante
    segunda-feira, 23 de agosto de 2010 – 19:33 hs

    Comissão de precatório…porque não pagam os precatórios dos servidores públicos aposentados?…..

  6. musca domestica
    segunda-feira, 23 de agosto de 2010 – 19:56 hs

    Sociedade de empreitada (OSMASSUTI)

  7. Lelo
    segunda-feira, 23 de agosto de 2010 – 20:20 hs

    Isso, realmente, é o final dos tempos! É como criança faz besteira e sai correndo, coisa típica do Pessuti! Quem não conhece, compra!

  8. Juca Tomaz
    segunda-feira, 23 de agosto de 2010 – 20:59 hs

    A intenção do Pessutão (et caterva) é salavar a pele da indústra da família do vice de Osmar Dias. O menino Loures se elegeu dep. federal porque os capitães da indústra do PR abriram-lhe a cornucópia. E só foi convidado para vice de Osmar para que este tivesse a certeza de burras cheias. De algum lugar tem de sair o dinheiro. Ententeram??!!

  9. Kaio Orikazawa
    segunda-feira, 23 de agosto de 2010 – 21:30 hs

    COMO INVERTEM AS COISAS. O Estado é condenado por algo que deve em ação judicial que possivelmente durou anos, décadas e NÃO PAGA. Então esses que tem a receber do governo não podem trocar esses créditos por impostos que está devendo??? Me belisca que eu estou sonhando. Onde já se viu uma coisa dessas. Se o PRECATÓRIO É PODRE É PORQUE O GOVERNO NÃO HONROU O PAGAMENTO. Agora imposto tem que pagar né. Imagina se você deixa de pagar um imposto, tomam sua casa, seu carro, tudo que você tem e ainda pode ir preso.

  10. Rasputim
    segunda-feira, 23 de agosto de 2010 – 23:44 hs

    Só quem não tem precatórios para receber, alias que não tem nada para receber em lugar algum, se manifesta contrario. É a pura autofagia paranaense. Não devemos dar ouvidos aos trambiqueiros. Estes são anarquistas. É o mesmo que apoiar aqueles sujeitos que parcelam as compras dando cheques pré datados, pretendam agora que a loja não tenha nenhum direito de querer receber seus cheques. Estelionatários, paguem suas contas ou calem-se. Vergonhoso é isso de defender o calote.

  11. Olympio Vai Falar
    terça-feira, 24 de agosto de 2010 – 0:39 hs

    O Procurador Geral de Justiça que havia dito que o projeto de lei era absolutamente inconstitucional vai dizer o que agora…

    Via decreto é mais inconstitucional ainda…

    Quem investiu nesse “projeto” perdeu, pois vai ser dificil exigir de um promotor “mudar” o entendimento já divulgado.

    Agora não passa mais nada. Os deputados foram excluidos da discussão necessária na Assembleia. O governador sentiu que teria dificuldades e tentou se impor passando por cima da Assembleia. O pior foi a fuga para a Disney.

    OSMAR, POR QUE TE CALAS SOBRE AS RECENTES MEDIDAS DE PESSUTI (SEU ALIADO)??

    Osmar, o senhor apoia o empresariado que não paga imposto e se beneficia de subterfugios como compra de precatórios por 50% do valor da dívida??

    Quem vai pagar imposto em dia desse jeito?? Ou sai REFIS ou compensação…. coitado do empresário que paga impostos em dia!!!

    Depois o Estado quebra e os governantes deixam o cargo e a bronca para o sucessor, com cofres vazios.

    Vamos Osmar, fala aí – como faz seu outro aliado, o Requião…

    O dia que seus aliados tiverem uma posição parecida sobre algo eu voto no senhor, ou seja, NUNCA!

  12. domingo, 29 de agosto de 2010 – 11:31 hs

    NÃO ESQUECAMOS , PRECATÓRIO É O MAIS PURO CALOTE DOS GOVERNOS , QUE DEVERIA DAR EXEMPLOS . Procure precatorio federal , existe mas possuem valor digno , pois são liquidados em seus respectivos vencimentos . PARABÈNS PESSUTI , pela coragem , e se o decreto acaba beneficiando grupos de empresarios , NÃO PODEMOS ESQUECER QUE O CULPADO È O ESTADO que não honra seus compromissos . E SENHORES DEPUTADOS VOTEM CONTRA O DECRETO , PORÈM EXIGA QUE O ESTADO PAGUE O QUE DEVE AO POVO .

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*