Carli Filho sai do Tribunal do Júri sob os gritos de assassino | Fábio Campana

Carli Filho sai do Tribunal do Júri sob os gritos de assassino

Ex-deputado declarou no interrogatório que não se lembra do acidente que vitimou duas pessoas

Do Paraná Online

Foto: Franklin de Freitas

O ex-deputado estadual Fernando Ribas Carli Filho já deixou a 2ª Vara do Tribunal do Júri de Curitiba por volta das 15h da tarde de hoje (10), após o interrogatório sobre o acidente. Ele saiu rapidamente e logo entrou no carro, não sem antes ouvir pessoas que o chamaram de assassino. Manifestantes colaram adesivos com a frase “190km/h é crime, queremos paz no trânsito” no veículo do ex-deputado. Assim como na fase do inquérito policial, ele declarou no interrogatório que não se lembra do acidente que vitimou duas pessoas.

A sessão durou menos de uma hora e o juiz disse que o parecer sobre o interrogatório não deve ser dado hoje, além de afirmar que duas testemunhas ainda não foram ouvidas.

Carli Filho chegou à 2ª Vara do Tribunal do Júri de Curitiba por volta das 13h15 desta terça-feira. Segundo Arlete Ana Belmiak, advogada que auxilia na acusação, Carli entrou pelos fundos do tribunal, em um acesso secundário.

Após chegar em silêncio, o ex-deputado foi direto para a sala de audiência, onde foi interrogado. A família e amigos dos dois jovens mortos no acidente esperavam o início da sessão em frente ao tribunal, mas não chegaram a ver o ex-deputado.

O juiz deve definir ainda hoje se Ribas Carli vai ou não a júri popular por ter provocado um acidente de trânsito em maio do ano passado, que matou duas pessoas. Ele aguarda agora o depoimento de duas testemunhas para anunciar se o réu será julgado por duplo homicídio doloso, com pena de até 30 anos de prisão, ou por crime de trânsito, com pena bem mais branda.


20 comentários

  1. É...
    terça-feira, 10 de agosto de 2010 – 17:00 hs

    Como se ele fosse o unico………

  2. Tuku Nare
    terça-feira, 10 de agosto de 2010 – 17:06 hs

    se fosse um pobre, falaria ate o que nao fez, por pressao do ministerio publico,
    fato cosumado envarios julgamentos, da pobreza no estado.

  3. CEL. ANTONIO BENTO
    terça-feira, 10 de agosto de 2010 – 17:10 hs

    PERGUNTAR NÃO OFENDE: QUEM ERA O MOTORISTA DO OUTRO CARRO ENVOLVIDO NO ACIDENTE???

  4. JOMAR FERREIRA
    terça-feira, 10 de agosto de 2010 – 17:21 hs

    VERGONHA ESSE GAROTO É UM ABUSADO,MATOU E NÃO LEMBRA, COMO O POVO VOTA NUM MENINO TÃO MAL CRIADO PELOS PAIS, ELE ATÉ NÃO TEM CULPA,QUE DEVERIA PAGAR PELO CRIME DO GAROTÃO ERA O PAI E MÃE QUE NÃO SOUBERAM DAR EDUCAÇÃO CRISTÃ E SOCIAL PARA O REBENTO QUE NÃO LEMBRA NADA, MENTIROSO.

  5. Anônimo
    terça-feira, 10 de agosto de 2010 – 17:47 hs

    anda pouco o cara, que respeito com o povo., tem que ser rico.

  6. João
    terça-feira, 10 de agosto de 2010 – 18:38 hs

    Ele devia contar quem o perseguia no “tal” dia!

  7. Bruxa do 71
    terça-feira, 10 de agosto de 2010 – 18:42 hs

    E voltamos aos tempos da inquisição…

    Joguem o cara na fogueira.

    Do jeito como falam, esqueçam o estado democrático de direito.

  8. gustavo claudinu
    terça-feira, 10 de agosto de 2010 – 18:43 hs

    O JOVEM EX-DEPUTADO TEM QUE PAGAR, MAS PELO QUE EU SEI, O PAI DELE E SENHOR DE RESPEITO QUE CONHECO BEM, SINTO MUITA PENA DA FAMILIA DE E DAS FAMILIAS DAS VITIMAS, O MAIOR CASTIGO DELE FOI FICAR VIVO, CARREGAR ESSE PESO NAS COSTAS, E O SOBRINHO DO REQUIAO QUE COMETEU O MESMO, EH CANDIDADO. O JOVEM EX-DEPUTADO TINHA UM FUTURO BRILHANTE, SERIA O FUTURO PREFEITO DE GUARAPUAVA, HOJE ESTA VIRADO NISSO DAI, POR MAIS QUE MUITO DINHEIRO, POR MAIS QUE CHAMEM ELE DE FILHINHO DE PAPAI, QUERO VER SE ALGUEM TROCA DE LUGAR COM ELE, ELE ACABOU COM AS FAMILIAS DAS VITIMAS , ACABOU COM A VIDA DELE, PODE IR PRESO, MAS NESSA VIDA O PESO DE DUAS MORTES NINGUEM TIRA DAS COSTAS DELE.

  9. Guarapuavano
    terça-feira, 10 de agosto de 2010 – 19:16 hs

    E Agora o Carli colocou o filho mais novo como dandidato a deputado estudal! Bernardo Carli pelo PSDB! será q o povo vai eleger o filho mais novo do CARLI ?????

  10. NÁGILA
    terça-feira, 10 de agosto de 2010 – 19:36 hs

    QUE PENINHAAAAAAAAAAAA….ELE NÃO LEMBRA????? E AS FAMILIAS QUE PERDERAM SEUS FILHOS?????
    QTA FALTA DE RESPEITO!!!!!! VAMOS AGUARDAR …. ESTAMOS DE OLHO….QUEREMOS VER QUAL SERÁ A SUA PUNIÇÃO!!!!!!!
    PELO AMOR DE DEUS!!!!!!!!ATÉ QDO VAMOS SUPORTAR VER “”GRANDES”” ADVOGADOS ORIENTANDO CULPADOS ??????????

  11. Tchê
    terça-feira, 10 de agosto de 2010 – 19:44 hs

    Tinha que estar PRESO !! Bebado assassino !

  12. Juca
    terça-feira, 10 de agosto de 2010 – 21:16 hs

    Caraca… como ele tá feio…. ficou desfigurado mesmo…

    Talvez essa já tenha sido uma pena para ele cumprir…

    Mudou totalmente o rosto “apresentável” de outrora….

  13. indignada
    quarta-feira, 11 de agosto de 2010 – 0:02 hs

    PROBLEMA MAIOR NÃO É O EX NOBRE DEPUTADO SAIR LIVRE.
    TRISTE É VER A CAMPANHA EM TORNO DO CAÇULA, QUE ALIAS TIROU O SOBRENOME CARLI DE SUA CANDIDATURA. AGORA É BERNARDO RIBAS SEGUNDO SE SABE ESTÁ FORTE FORA DE GPVA, COM PROPAGANDA FALSA. POR FAVOR DIVULGUEM, NÃO DEIXEM MAIS UM REBENTO CARLI CHEGAR A ASSEMBLEIA

  14. Lelo
    quarta-feira, 11 de agosto de 2010 – 9:19 hs

    Todos merecem respeito! Claro que dirigir embriagado não raras vezes causa desgraças dessa monta, mas por óbvio o rapaz não tinha intenção de matar ninguém!

  15. cejota
    quarta-feira, 11 de agosto de 2010 – 11:54 hs

    Sofri um acidente a mais de 40 anos atras.
    Tive fratura de craneo, com 5 dias de coma, a beira da morte.
    Pois bem, o deputado está falando a verdade: sabe que fez, sabe que bebeu, sabe que fez besteira, porque lhe foi contado ,mas, realmente não se lembra , acredito piamente nele.
    Porém, o fato de não se lembrar, não o exime de culpa

  16. ARAUJO
    quarta-feira, 11 de agosto de 2010 – 13:42 hs

    E o pai desse assassino, já soltou seu outro filho como candidato a Dep. Estadual, deveria primeiro educar seus filhos pra depois pensar em ser candidato. “abram os olhos para esses mafiosos”

  17. Primo Rico
    quarta-feira, 11 de agosto de 2010 – 14:45 hs

    Se fosse um “Zé Povinho”, estaria com as calças na mão. Se já não estivesse preso, com certeza, o seria, Esse país não é sério. O cara bebe o que pode e o que não pode, sai em seu carro de luxo em alta velocidade, sem carteira de motorista, cheio de multas por crimes de transito em seu curriculum, é sim um “filhinho de papai”. Matou dois jovens depois de voar com seu automóvel sob a cabeça deles, que também possuíam famílias e as deixaram em pedaços…
    Outrora deputado, servia para perpetuar os interesses familiares, tendo em vista, ser mais um fantoche sem interesse em legislar buscando leis sérias que levassem reais benefícios a população. Pois é, se tivéssemos leis que prestam, se o país, o Estado e a cidade possuíssem políticos comprometidos com suas investiduras, talvez, Carli Filho estivesse respondendo a seu crime preso e aguardando julgamento adequadamente alojado numa penitenciária.

  18. aiatolá
    quarta-feira, 11 de agosto de 2010 – 16:23 hs

    Esse ex deputado tinha que está era na cadeia, um mau carater desse ainda consegue se eleger deputado, vcs que o elegeram, são babacas, o certo era colocar esse pé inchado na cadeia até mofá. infelizmente nossas leis são muito fraquinhas principalmente esta que pune os acidentes de transito com vítimas fatal. Só quero ver se esse juiz tem peito para mandar ele infame para o tribunal do juri. Se isto acontecer vou soltaar uma duzia do foguetes em comemoração. Esta é a briga do milhão comtra o tostão, vamos ver se pela primeira vez neste país o tostão sai na frente.

  19. Observador(es)
    sexta-feira, 13 de agosto de 2010 – 17:55 hs

    Ainda que a lei dos homens falhe a divina nao falhará! tenho certeza absoluta que as lagrimas de sangue derramadas pelas famílias da vítimas desse “elemento” nao serao em vao. A justica quem deve PAGA e quem merece RECEBE. Esse “elemento” está manchado de sangue inocente, pensa que sairá impune mas já é um amaldicoado. A vida dá muitas voltas! Que receba em dobro por tudo que causou.

  20. Observador(es)
    sexta-feira, 13 de agosto de 2010 – 17:59 hs

    Lelo diz que “todos merecem respeito! Claro que dirigir embriagado não raras vezes causa desgraças dessa monta, mas por óbvio o rapaz não tinha intenção de matar ninguém”!
    Eu digo: “tomara que encontres um bêbado que pense da mesma maneira que você numa curva da vida e te acerte! depois é obvio que dirá que nao queria matar ninguem”…
    HIPÓCRITA

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*