'Cala boca Dilma' faz sucesso no twitter | Fábio Campana

‘Cala boca Dilma’ faz sucesso no twitter

Desirée Miranda, O Globo e Reuters via blog no Noblat

Depois do ‘cala boca Galvão, foi a vez de o ‘cala boca Dilma’ aparecer, nesta terça-feira, entre as mensagens mais postadas no Brasil pelo Twitter. Os comentários no microblog se referiam ao erro da candidata do PT durante entrevista no Jornal Nacional ao dizer “a Baixada Santista aqui no Rio”, que logo depois corrigiu. Dilma também figurou entre os tópicos mais comentados para o bem ou para o mal no microblog no mundo inteiro.

Em visita a Belo Horizonte (MG) nesta terça-feira, a candidata do PT provocou o candidato tucano, José Serra, quanto à promessa do presidenciável de dobrar os recursos para o programa Bolsa Família.

Sem citar o nome do adversário, Dilma ironizou a promessa, dizendo que em São Paulo houve redução de valores nos programas sociais:

– Vamos avaliar o que as pessoas fizeram. Por exemplo, fala-se o seguinte: ‘Eu vou dobrar o Bolsa Família’. Vai dobrar o Bolsa Família. Perfeitamente. Por que que quando estava no governo do estado de São Paulo reduziu os programas de transferência de renda, como o Renda Cidadã? – questionou.


28 comentários

  1. Renato
    terça-feira, 10 de agosto de 2010 – 21:37 hs

    Quero ver o tendenciosismo do JN amanhã, com Serra entrevistado. É facil não deixar Dilma falar, nem Marina… É fácil ficar criticando o Governo atual e se esquecer do que passou.
    Quero saber se Bonner e Fátima terão a coragem de perguntar a Serra todos os erros do passado como fizeram com Dilma e Marina. Será que a obra do Metro de SP que desabou matando pessoas vai vir à baila? Será que a ponte que desabou para diminuição de gastos vai aparecer? Será que a Máfia das Sanguessugas quando Ministro do FHC, que foi tão torpe quanto o Mensalão do PT, vai aparecer amanhã? Eu arrisco um palpite: NÃO!

  2. Carlos
    terça-feira, 10 de agosto de 2010 – 21:38 hs

    A esta certa o Serra fez um péssimo governo em São Paulo.
    Funcionários da Saúde e Segurança Pública mal pagos.

  3. terça-feira, 10 de agosto de 2010 – 22:27 hs

    “(…)” E tem a suposta máfia da Merenda das Escola Publicas, que envolve, Marta Suplicy (PT), José SERRA (PSDB) e o Kassab (DEM), nas respectivas gestões municipais. Vai aparecer… (?)
    A empresa tem ramificações pelas prefeituras dos três partidos, e vários problemas em todos os municípios onde presta o Serviço TERCEIRIZADO de distribução de merenda e alimentação a crianças, idosos e hospitais. Tendo sido publicada várias denúncias, incluso, em rede NACIONAL, na chamada TV Aberta.
    Certo, de cada um dos eleitores deste país quer saber tudo, de todos ELES (candidatos) que pretender gerenciar o BRASIL, a oita economia do mundo e um dos maiores exportadores e importadores mundiais.
    Eu quero ver o Circo Pegar FOGO!
    Ahahahahah…

  4. Andressa
    terça-feira, 10 de agosto de 2010 – 23:09 hs

    Esses idiotas do PT estavam atacando o vereador Professor Galdino, agora dançou com a guerrilheira!
    TOMA seus idiotas! Quem ri por último ri melhor! hahahahaha.

  5. Lelo
    quarta-feira, 11 de agosto de 2010 – 0:06 hs

    Nossa quanta criatividade! Mesmo se ela fechar a boca já ganhou….Dá-lhe Dilma. E deixe os Bonner da vida fazendo o papel de paspalho sem educação que fez ontem!

  6. Alessandro T
    quarta-feira, 11 de agosto de 2010 – 0:19 hs

    O Jornal Nacional é mesmo tendencioso.
    Não perguntou à Dilma sobre sua história de envolvimento com a criminalidade, tanto no início da sua “carreira” como agora.
    No princípio, envolvimento com assaltos, sequestros e até homicídio. Agora, com as FARC – a maior fornecedora de drogas do Brasil.
    Não perguntaram pra ela também sobre as mentiras no seu currículo acadêmico (o Lates), sobre a reunião com a Lina Vieira, sobre o apagão que ela disse ter sido pela chuva (apesar dos técnicos que disseram ter sido por falta de planejamento), não perguntaram sobre o Foro de São Paulo, organização que foi fundada pelo Lula e reúne mais de uma dezena de entidades, como PT e grupos narcoterroristas como as FARC.
    Não perguntaram sobre sua religião, já que há pouco tempo (em 2008, se não me falhe a memória, na revista “Caros Amigos”) ela disse claramente não acreditar em Deus – só uma “energia”, um negócio lá que nada tem a ver com Nosso Senhor do cristianismo.
    Ainda sobre religião, o casal do JN também não perguntou o que ela foi fazer em cultos religiosos – como uma missa católica – apesar de demonstrar total confusão com os ritos e falta de conhecimento (a ponto de chamar Nossa Senhora de “deusa mulher”).

    Bom, se os jornalistas do JN perguntassem tudo isso também, teriam que trocar o usual “boa noite” por CALA BOCA DILMA!!!!

  7. Maria Gorete Manoel
    quarta-feira, 11 de agosto de 2010 – 1:05 hs

    Dor de cotovelo da tucalhada!

    Dá-lhes Dilma!

  8. Anônimo
    quarta-feira, 11 de agosto de 2010 – 8:03 hs

    mao de ferro no brasil., to fora aqui é brasil., vou de JOSÈ SERRA E BETO RICHA>

  9. Capitão Gancho
    quarta-feira, 11 de agosto de 2010 – 8:17 hs

    O melhor mesmo, foi a Fátima mandando o Bonner ficar quieto.
    DEIXE A CANDITADA FALAR, WILLIAN
    Ou seja,

    CALA BOCA WILLIAN

  10. Macanudo
    quarta-feira, 11 de agosto de 2010 – 8:26 hs

    Ela se referia a torcida do santos na baixada fluminense, pô!

  11. Duval Simões Araújo-Londrina
    quarta-feira, 11 de agosto de 2010 – 10:20 hs

    Cala a boca Dilmagda!
    E Lula continua fazendo campanha com avião e funcionários do governo, no horário de expediente. E o que é pior recebendo salários e vantagens para fazer campanha. E os brasileiros ralando para pagar impostos altos para sustentar essa gangue petista.
    Enquanto isso a Justiça Eleitoral, para não enxergar nada, está com três vendas nos olhos. É brincadeira!

  12. jptorres
    quarta-feira, 11 de agosto de 2010 – 10:55 hs

    Primeiro Turno?

    De Marcos Coimbra, sociólogo e presidente do Instituto Vox Populi

    A cada momento, as eleições suscitam perguntas diferentes. Já foram várias: Dilma decolará? Serra será candidato? Marina vai empolgar? Quanto de sua popularidade Lula conseguirá transferir?

    A mais nova e interessante diz respeito a um cenário que muitos consideravam impensável há pouco tempo: será que Dilma vai ganhar no primeiro turno?

    Algumas pessoas acham que apenas formular essa pergunta é tomar partido de Dilma, querer que ela vença ou torcer por ela. São os que supõem que a hipótese é tão absurda que só faria sentido na cabeça de um “dilmista”.

    Na verdade, não. São cada vez mais numerosos os analistas que trabalham com essa possibilidade. Até quem sempre raciocinou unicamente com a situação inversa, de Serra vencer no primeiro turno, hoje admite que ela exista e que está se tornando a cada dia mais provável.

    Já faz tempo, no entanto, que as pesquisas permitiam antevê-la. A rigor, desde o final do ano passado, quando Serra ainda estava com folgada dianteira. Bastava levar em conta o que diziam as pessoas que conseguiam estabelecer a ligação entre Dilma e Lula.

    Entre os que sabiam que ela era a candidata do presidente, a liderança do ex-governador desaparecia e os dois ficavam com a mesma intenção de voto. Mas, ao considerar o perfil socioeconômico dos que não sabiam, via-se que ela tinha grande potencial de crescimento, bastando, para isso, que a informação aumentasse e alcançasse os segmentos mais propensos a votar em seu nome.

    De dezembro em diante, as pesquisas foram mostrando que, a cada ponto que subia o conhecimento de que ela era a candidata de Lula, aumentavam suas intenções de voto. Ou seja, embora Serra continuasse liderando, sua vantagem era frágil, pois se sustentava em algo que a campanha eleitoral se encarregaria de alterar. Era a desinformação que lhe dava vantagem, e essa tenderia a desaparecer à medida que a eleição se avizinhasse.

    Lula fez o que estava ao seu alcance para que cada vez mais pessoas identificassem Dilma como sua candidata. Levou-a a todos os palanques, convidou-a para inaugurações e solenidades, viajou com ela Brasil afora. Mas foi a imprensa quem mais contribuiu para que seu objetivo – universalizar a informação de que ele a apoiava – fosse sendo progressivamente atingido.

    Em 2010, fora seus discursos para as platéias reunidas nesses eventos, Lula só se dirigiu diretamente ao conjunto dos eleitores para falar em Dilma uma vez: quando estrelou os comerciais e o programa partidário do PT em maio. Apenas nessa oportunidade usou uma mídia de massa para falar olhando nos olhos do eleitor e pedir seu voto.

    Hoje, cerca de 80% dos eleitores são capazes de associar Dilma a Lula, mas menos de 25% dizem conhecê-la bem. Faltam 20% que sequer a conhecem e há uma larga fatia que somente sabe seu nome.

    Engana-se quem olha seus atuais 40% de intenções de voto como teto. Ela chegou a esse patamar através de um processo de difusão da informação que alcançou o eleitor popular fundamentalmente através do chamado “boca a boca”. Nele, a bem dizer, a televisão foi apenas coadjuvante.

    Quando, a partir da semana que vem, a propaganda eleitoral começar e Lula passar a aparecer diariamente no programa e nos comerciais na TV e no rádio, Dilma deverá entrar em uma nova etapa de crescimento. Até onde irá, é difícil dizer.

    Como as perspectivas de crescimento de Serra são reduzidas, a esperança de quem quer dois turnos se deslocou para Marina e os pequenos candidatos. Mas a mídia que terão é tão exígua (Marina, por exemplo, disporá de um único comercial em horário nobre por semana) que é pouco provável que sejam sequer percebidos pela maioria do eleitorado.

    É por essas (e outras) que quem entende de eleição cada vez mais considera possível a vitória, em primeiro turno, da candidata de Lula.

    Siga o Blog do Noblat no twitter

  13. Adriano
    quarta-feira, 11 de agosto de 2010 – 11:07 hs

    Estamos formando um comitê : #CALABOCADIMA eita muié idiota e topeira

  14. Antony
    quarta-feira, 11 de agosto de 2010 – 11:15 hs

    #CALABOCADILMA!
    CALA-TE!
    CALA-TE PTZADA!

  15. ILDO BALDO
    quarta-feira, 11 de agosto de 2010 – 11:26 hs

    SÓ QUE ELA VAI SER A MAIS VOTADA DO BRASIL E GANHAR NO PRIMEIRO TURNO
    OS TUCANOS E DEM DIZEM CALA BOCA DILMA
    O RESTO QUE É A MAIORIA DIZ CONTA TUDO O QUE SABE
    DOS MENSALEIROS DO PSDB E DEM
    O PT NÂO SE CALA
    O PT CALA O PSDB
    O PT VAI ENVELOPAR OS TUCANOS E MANDAREM DE PRESENTE ÂOS EUROPEUS E AMERICANOS

    CALA BOCA TUCANADAS

  16. Roberto Santos
    quarta-feira, 11 de agosto de 2010 – 11:57 hs

    78% da população não lê jornal,revista,não acessa noticiário via internet.88% não gosta de falar em política, e pasmen quase 90% não tem curso superior.Esta nação ignora o que é democracia, não é filiada em partido político, mas adora novela, futebol e mais só olha para seu próprio umbigo e adora a lei de Gerson.Educação em todos os níveis e classes sociais talvez um dia resolvam fazer que esta seja uma Nação séria, ética e sem corrupção.

  17. quarta-feira, 11 de agosto de 2010 – 13:04 hs

    então: CALA BOCA DILMA !!!!!!!!!

  18. moacir
    quarta-feira, 11 de agosto de 2010 – 13:59 hs

    Falhou, não colou. No Trending: Worldwide do twitter não aparece Cala Boca Dilma. Já a expressão Dilma, sem sinal de apoio, já está entre os 10 mais “twittados”.

  19. Ricardo
    quarta-feira, 11 de agosto de 2010 – 15:46 hs

    É muito fraquinha em debate e em entrevista, ela fala um pouquinho melhor em palanque quando não se trata de entrevista e sim de testos já lidos e relidos. Não tem proposta nenhuma de governo, a cada 10 palavras que fala tem que citar o nome do molusco. Dai cai na mão de jornalistas experientes da no que deu mesmo, isso prar mim já era esperado,não era novidade nenhuma.

  20. OSSOBUCO
    quarta-feira, 11 de agosto de 2010 – 16:30 hs

    Eu prefiro o “Cala boca Bonner”!

  21. antonio carlos
    quarta-feira, 11 de agosto de 2010 – 17:45 hs

    A candidata petista pensa que todo mundo só que viver do Bolsa-Família. Eu não. E assim pensando manda bala em quem fala em mudar o programa. Infelizmente a petista aposta todas as fichas nos beneficiários do programa. Que pena, pensava que ela quisesse administrar um País para todos nós, mas parece que não. Uma pena. Entre falar besteira e ficar quieta, fique quieta. ACarlos

  22. Rosilene
    quarta-feira, 11 de agosto de 2010 – 19:05 hs

    Tem que mandar mesmo calar a boca dessa ex-terrorista, radical, ilegal, fantoche, que foi maquiada para parecer uma suave boa senhora, que ousou dizer que será a mãe dos brasileiros. Conversa de ditador, conhecemos de longa data. Pobre do povo brasileiro, acreditando na bruxa má, se deixando engordar, para ser devorado.

  23. Alessandro T
    quarta-feira, 11 de agosto de 2010 – 21:37 hs

    É isso aí ANTÔNIO CARLOS. Quem espera mais da vida do que bolsa miséria não vota nessa porcaria.
    E para o MOACIR: Tentou TT’s Brasil? CALA BOCA DILMA não sai de lá.

  24. nina
    quarta-feira, 11 de agosto de 2010 – 21:58 hs

    mas quero tanto que a Dilma se eleja!!!!!!pra ver todo mundo ter que engolir os votos!!!!! esse governo pt é um farsa!!!!

  25. Nara
    sábado, 14 de agosto de 2010 – 23:39 hs

    Essa vai ser boa mesmo…essa terrorista será eleita e o povo brasileiro vai passar mais 4 anos comendo fracasso com farinha…se tiver farinha né?….

  26. Renato
    quinta-feira, 26 de agosto de 2010 – 11:22 hs

    Mandar alguém calar a boca é ferir o princípio constitucional da liberdade de expressão. Quem não quer ouvir mude de canal; quem não quer ler o que está escrito que não leia.

  27. Rosani
    sexta-feira, 24 de setembro de 2010 – 1:53 hs

    Temos que fazer esta marionete calar esta boca horrivel mesmo, pq se ela conseguir o que quer, aí sim vcs verão o cala boca que ela vai dar no povo!
    ACORDA BRASILLLLL

  28. terça-feira, 26 de outubro de 2010 – 20:07 hs

    EU PREFIRO JOSE SERRA ELE FAZ MAIS COIZA TA SUA SUA SUA SABIA QUE O SERRA VAI GANHAR TA SUA DILMA EU TENHO SERTEZA TA SUA

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*