BNDES diz hoje se aceita oferta de Curitiba | Fábio Campana

BNDES diz hoje se aceita oferta de Curitiba

Da Gazeta do Povo

O Banco Nacional de Desenvol­­vi­­mento (BNDES) deverá responder hoje se aceita os títulos de potencial construtivo da cidade de Curi­­tiba como garantia para emprestar cerca de R$ 90 milhões para o Atlé­­tico reformular e finalizar a Arena da Baixada nos moldes exigidos pela Fifa para a Copa de 2014. Uma reunião entre o presidente do banco, Luciano Coutinho, e o Comitê Executivo da Copa está marcada nesta tarde, no Rio de Janeiro.

“Já está na hora de termos uma resposta”, afirmou ontem Wilson Portes, o secretário-executivo do Comitê. De acordo com ele, na reunião será detalhado melhor como funcionam os títulos de potencial construtivo – que serão cedidos ao Atlético no mesmo valor do empréstimo que seria contraído junto ao BNDES e, depois, poderão ser vendidos.

Logo após essa conversa sairia a tão esperada resposta. Inicial­­mente, quem faria a explanação seria Luiz Fernando Jamur, secretário do governo municipal. Con­­tudo, ontem ele ainda não tinha confirmada sua ida ao evento.

O encontro foi pedido pelo go­­vernador do estado, Orlando Pes­­suti. Era para ter ocorrido na se­­gunda-feira, mas foi adiado pois Coutinho retornava do Japão. Tam­­bém participará do encontro o prefeito de Curitiba, Luciano Ducci, e Luiz de Carvalho, o gestor da capital para a Copa de 2014.

De acordo com fontes no governo estadual, o otimismo quanto à aceitação pelo BNDES dos títulos de potencial construtivo da cidade de Curitiba como garantia teria dado uma diminuída. Por isso, o encontro de hoje foi agendado com a intervenção do Ministro do Planejamento, Paulo Bernardo.

Caso as garantias sejam rejeitadas, o comitê afirma que teria novas alternativas para conseguir o financiamento para a Arena da Baixada, sem revelar, no entanto, quais seriam elas. Se forem aceitas, o pedido de empréstimo ainda teria de ser oficializado ao banco.

A comitiva do estado deverá viajar pela manhã, quando tentará, também, agendar uma visita com o presidente da CBF, Ricardo Teixeira.


4 comentários

  1. PAULO
    quarta-feira, 4 de agosto de 2010 – 10:58 hs

    …E A QUADRILHA SE ORGANIZA!!!!!!!!!!!!!
    POBRE CURITIBA, POBRE PARANÁ!

  2. garça do caximba
    quarta-feira, 4 de agosto de 2010 – 11:33 hs

    quero esse dinheiro para acabar com o lixão e esgoto no bairro é para isso que este banco foi criado não para o futebol,seus incompedentes.

  3. Jose Carlos
    quarta-feira, 4 de agosto de 2010 – 15:15 hs

    Olha, se o BNDES aceitar estes títulos vou, também, solicitar um financiamento e apresentar como garantia alguns bônus de guerra de meu avô, uns terrenos no céu, de frente para o jardim do Éden, que foram adquiridos da Igreja do Divino Lucro; umas cartas de indulgência plena, concedidas pelo Vaticano à minha bisavó e um certificado de bondade que ganhei na campanha do leite em 1971… de leve…

  4. Eduardo Santana
    quarta-feira, 4 de agosto de 2010 – 18:12 hs

    Atirei o pau nos coxa e nos paranaenses de “cabeça de ervilha”!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*