Beto na TV: vou colocar mais policiais na rua, por um Paraná sem toque de recolher | Fábio Campana

Beto na TV: vou colocar mais policiais na rua, por um Paraná sem toque de recolher

Em seu programa na TV no início da tarde desta sexta-feira (20), Beto Richa apresentou propostas para trazer mais segurança às famílias paranaenses e melhorar a qualidade dos serviços de saúde.

Beto disse que vai aumentar a presença de policiais na rua e abrir guerra contra o crack. Sou, dentre os candidatos que se apresentam, o único que já lidou com o problema, implantando a primeira Secretaria Antidrogas do Brasil, lembrou Beto. Quero ser governador de um Paraná sem toque de recolher. Quero viver em um Paraná seguro. Vamos reestruturar os módulos Policiais e a Patrulha Rural, garantindo a segurança na cidade e no campo.

Beto também anunciou que as polícias civil e federal e a Interpol vão atuar em conjunto para tirar o Paraná da rota do tráfico de armas e drogas. Vamos declarar guerra ao crack. Atuaremos com firmeza na repressão e também salvar vidas, criando Centros de Recuperação de usuários de drogas, disse Beto.

Mais Saúde, com aval de José Serra

Beto anunciou a criação dos Centros de Especialidades Médicas e dos Mutirões de Especialidades, que vão acelerar as consultas médicas. Quando o assunto é saúde, não podemos cruzar os braços?, afirmou Beto. As pessoas terão atendimento rápido em casos que hoje demoram meses.

Beto Richa disse que vai levar para todo o estado o programa Mãe Paranaense, que vai oferecer atenção integral para a gestante e o bebê. José Serra, candidato do PSDB à Presidência da República, disse que Beto será lembrado como o governador da Saúde. Eu digo isso porque conheço as ideias do Beto e tudo o que ele já fez nesta área em Curitiba, afirmou Serra.


24 comentários

  1. Carol
    sexta-feira, 20 de agosto de 2010 – 15:38 hs

    Eu não voto em candidato que diz que vai colocar policias na rua. O que vai adiantar? Prender todo mundo? Sou a favor da saúde, da educação e da distribuição de renda, cortando de ver o mal pela raiz.

  2. paulo
    sexta-feira, 20 de agosto de 2010 – 16:01 hs

    LEMBRAM DOS POLICIAS HOMENAGEADOS PELO GOVERNO DO REQUIÃO E FORAM FLAGRADOS ROUBANDO CARROS NO LARGO DA ORDEM????
    POIS É… SÓ AUMENTAR EFETIVO NÃO ADIANTA!!
    IMAGINA UM BATALHÃO INTEIRO DE LADRÕES DE CARRO COM MEDALHA NO PEITO?????

  3. asshi
    sexta-feira, 20 de agosto de 2010 – 16:11 hs

    Tiro no pé e bala perdida.
    Estas frases reforçam o lado que pertence.
    Na minha cidade, policia chega para buscar morto ou para prender os candidatos a morto. E por outro lado, em Curitiba cuidam da rua XV, que já é monitorada popr câmera. Eis a questão.
    O problema de enfrentamento a violência passa por restruturação, equilibro social, cultural e principalmente acesso a tudo que eles negam. Dinheiro, lazer, roupas, carro, etc…

  4. Vila S.Pedro
    sexta-feira, 20 de agosto de 2010 – 16:27 hs

    Essa campanha do Beto eh muito mentirosa… A população tem que abrir o Olho

    Quando era prefeito, Beto tbem era responsavel pela segurança em Curitiba…e nada fez para melhorar… vide a Guarda Municipal, que nunca foi tão maltratada por um prefeito.

    E Diz que vai declarar guerra ao Crack e que criou a Secretária Antidrogas em Ctba… Me digam.. pra que? Ela reduziu a criminalidade? basta olhar para os jornais para ver que não…

    E pior…diz que tem experiência no assunto… só se for experiencia em não saber o que fazer…

    E tem mais… Diz que vai criar a secretária antidrogas estadual…. Aí cabem duas perguntas:

    Não funcionou em um municipio, vai funcionar em 399?

    Criar mais secretárias não é a mesma coisa que “aparelhar o estado com a companheirada”?

  5. JR
    sexta-feira, 20 de agosto de 2010 – 17:03 hs

    Nao basta somente mais policia. A policia tem que ser estruturada, melhores salarios, melhores condiçoes de trabalho, e um bom treinamento tanto para Civil como para Militar, o resto é balela para ganhar votos.

  6. Prof. Kleberson
    sexta-feira, 20 de agosto de 2010 – 17:07 hs

    populismo de 5ª categoria.

  7. sexta-feira, 20 de agosto de 2010 – 17:09 hs

    Aos apedeutas:

    Metas de BETO : Educação, Saúde e SE-GU-RAN-ÇA

  8. sexta-feira, 20 de agosto de 2010 – 17:32 hs

    Como é feito os programas políticos,agora na hora do almoço o sr.RAMSO ops OSMAR falou a mesma coisa,e tem figurinhas que escrevem para o blog sem estar atento ao que seu candidato fala,falaram da fala do Beto e acabaram por falar também do sr.RAMSO ops OSMAR.
    Agora gostaria que o povo assistisse a apenas alguns programas majoritários ao governo estadual,falam sempre as mesmas coisas.
    Agora,discurso demagogo é a da sra. CAROL,que escreveu : “….Sou a favor da saúde, da educação e da distribuição de renda, cortando de ver o mal pela raiz.”
    Estes problemas já existem a tempos,imaginem um candidato falar isto no Rio de Janeiro,amanhece peneirado de balas,que não são doces….por isso que a PTzada ainda está no governo.
    vai demorar muito para o povo expulsar do poder o sr.Pansuti e o sr.Duce,enquanto isto não acontecer fica difícil agradar a gregos e troianos….

  9. Reinaldo
    sexta-feira, 20 de agosto de 2010 – 18:43 hs

    Bem.. pelo menos ele falou alguma coisa sobre segurança. Não tenho nenhum amigo na policia, alias quando precisei ela não apareceu.
    Agora… tem muita gente seria na policia ! O que precisa, é tem gente do ramo na Secretária de Seg. Pública e um Comandante sério.
    O que precisa acabar é aquela velha sabedoria dos pilantras neste pais.”FAZ POR QUE NÃO ACONTECE NADA”.

  10. Rock
    sexta-feira, 20 de agosto de 2010 – 18:45 hs

    Bom o menino Governou Curitiba 5 anos, disse também que fez a secretária anti drogas, a qual não recuperou ninguém ou prendeu algum traficante, serviu so para promover ele e o secretário agora candidato a Dep. Federal, é so andar pelas ruas de Curitiba que a gente vai perceber que a secretária anti drogas não atua em lugar algum e se tornou um cabide de emprego de amigos.

  11. joao carlos
    sexta-feira, 20 de agosto de 2010 – 18:57 hs

    CAROL; PAULO;ASSHI;pricipalmente voce prof. KLEBERSON vamos servir o crack em bandeijas com bordas douradas ou vamos trazer da Holanda a praça para fumar maconha e cheirar cocaina, isso é mais importante. Talves voces não tenham na familia alguem com esse problema, não falem besteiras, vão ver o que a droga faz na pessoa e na familia, eu não acredito no que voces falam parabens pela colocações.

  12. VERGONHA NO PARANÁ
    sexta-feira, 20 de agosto de 2010 – 18:58 hs

    O Governo precisa tomar 2 atitudes com relação aos policiais civis e militares:

    1) que os muitos POLICIAIS CIVIS à disposição dos deputados (concursados e pendurados em escritórios fantasmas, comissionados como seguranças ou cabos eleitorais) voltem a fazer o trabalho de investigação para que a população seja atendida;

    2) que os vergonhosos “dias de DESCANSO” (quarta-feira e sexta-feira) dos POLICIAIS MILITARES que trabalham no Quartel / administração e Guatupê acabem. Esses militares são pagos com dinheiro público para dar segurança à população.

    Que o novo governador acabe com essa vergonha e ponha A POLÍCIA NA RUA. Basta!!!!!!!

    Na maioria dos bairros de Curitiba não se encontram viaturas nem policiais, ficamos horas sem encontrá-los em lugar nenhum, à mercê dos bandidos..

  13. JOAO ALVES
    sexta-feira, 20 de agosto de 2010 – 19:23 hs

    SE O NOVO GOVERNADOR COLOCASSE TODOS OS POLICIAIS QUE HOJE TRABLHAN COM SERVIÇOS BUROCRATICOS NA RUAS SERI JA UM BOM COMEÇO POLICIA E PRA FICAR NA RUA CUIDANDO DO POVO E NAO CUIDANDE DE ESCRITORIO E NEM DE CONCERTO DE CARROS ANDANDO POR OFICINAS POLICIA E POLICIA MECANICO EMECANICO

  14. antonio carlos
    sexta-feira, 20 de agosto de 2010 – 21:12 hs

    Pena que o lulinha, se lembram dele? era aquele menino mau, metido a secretário de InSegurança, não é mais secretário. Ele iria se revirar na cadeira de secretário. Não era ele dizia que aqui no Paraná estavamos todos numa boa, estava tudo sob controle? Só faltou ele dizer que estavamos no céu, porque Deus já era governador. Talvez por isto faltem tantos policiais, eles eram desnecessários, a criminalidade quase não existia, para quê gastar com polícia então? Felizmente tem gente que não é assim, e viu que é preciso aumentar os efetivos das polícias. E com urgência. ACarlos

  15. JR
    sexta-feira, 20 de agosto de 2010 – 21:56 hs

    Vejam esta materia enquanto o Governador Viaja. a segurança e tratada dessa maneira.
    http://www.parana-online.com.br/editoria/cidades/news/470063/?noticia=POLICIA+CIVIL+AINDA+NAO+TREINOU+APROVADOS+EM+CONCURSO

  16. Tuku Nare
    sexta-feira, 20 de agosto de 2010 – 22:08 hs

    AI que bom, se o Beto ganhar, eu vou zuar a noite inteira, com a proteçao
    que ele nos dara, com esse montao de policia para nos guardar.

  17. Observador
    sexta-feira, 20 de agosto de 2010 – 22:42 hs

    Provavelmente oBeto esteja referindo a mais policiais, não em bandidos fardados…

  18. Luis Break
    sexta-feira, 20 de agosto de 2010 – 23:45 hs

    Se Beto Richa diz eu vou fazer! Tenha certeza e fará mesmo.

  19. Vigilante do Portão
    sábado, 21 de agosto de 2010 – 8:52 hs

    FIQUEI IMPRESSIONADO COM O APARATO POLICIAL.

    Dia desses, começo da tarde, transitando pela Alferes Poli, deparei-me com uma “comitiva” de carros da polícia, eram dezenas, talvez mais de 50, todos com as sirenes ligadas, vindo pela Visconde, em direção à praça Rui Barbosa. Era uma concentração, preparando uma grande operação de combate ao tráfico de drogas.

    Tudo muito bonito, COISA DE MARQUETEIRO.

    Ora, operações contra traficantes exigem sigilo e rapidez. Fazer esse estardalhaço todo, serve apenas para “espantar os peixes grandes”, deixando apenas “os bagrinhos” para serem pegos.

    É uma FARSA, verddadeiro jogo de cena. O objetivo é dar a impressão de que a polícia está combatendo o crime.

    Logo estarão nas ruas as famosas duplas de policiais, tipo “cosme e Damião”, vão circular nas movimentadas ruas da capital e das principais cidades do interior. Acabada a eleição, terminam as rondas, os policiais “somem” das ruas, tudo volta ao normal.

    O expediente é velho, o Lerner criou os “tótens”, justamente em agosto, em ano de eleição; Alguns ainda resistem como monumentos ao desperdício de dinheiro público, servido de poste para os cachorros.

    Requião é especialista em factoides, retirava os policiais do serviço interno e colocava nas ruas, passada a eleição, voltavam aos quartéis.

    Espero que o Beto melhore a segurança. Contratar mais policiais, é só uma pequena parte da tarefa. Melhorar salários, profissionalizar equipes, dar condições materias (reequipar a Criminalística e o IML, por exemplo), serão bastante úteis.

    Milagres não existem, não vai ser de um dia para outro. Contratar mais policiais, exige concurso público, treinamento na valorosa Escola de Polícia”, estágio com acompanhamento, coisa de vários meses, talvez dois ou tres anos.
    Da mesma forma, melhorar salários, depende do comportamento da arrecadação e até de ajuda do governo federal (esse é omisso de tudo).

  20. Mustafah
    sábado, 21 de agosto de 2010 – 16:01 hs

    A Polícia paranaense chegou a sua pior situação em toda a história nesse triste final do desGoverno Requião, nossa PM está totalmente desmoralizada junto a população do interior do Estado, seus oficiais estão mais empenhados em puxar o saco de políticos do que cumprirem suas funções de comando e supervisão. A corrupção graça em meio ao corpo policial, desmotivado, vie um salve-se que puder.

  21. Vale do Ivai
    sábado, 21 de agosto de 2010 – 23:02 hs

    Policiais desmotivados, baixos salários e os miseros policiais que ainda restam estão fazendo relatórios e mais relatórios para que os chefes ganhem promoções, é um absurdo total policia tem que estar na rua combatendo o crime e não sentado em uma cadeira o dia todo fazendo serviço burocrático e cuidando de presos, chega de demagogia e dizer que tudo está bem, o povo não aguenta mais tanta violência, mas para que por policia na rua para prender e não ter aonde deixar pois as cadeias estão lotadas de presos “pobres é claro” em locais insalubres e desumanos até para trabalhar nestes locais é perigoso e os policiais que trabalham nas carceragens deveriam ganhar adicional de insalubridade e de risco de vida, é uma vergonha, salve se quem puder.

  22. Tinho
    domingo, 22 de agosto de 2010 – 0:02 hs

    A questão do efetivo da PM, necessita de uma decisão
    firme do próximo Governador, para aumentar o número
    de policiais nas ruas.
    É preciso fechar os quarteis totalmente e sem apadrinhamento, colocar todos os burocratas no policiamento, inclusive os coroneis.
    Acabar com as folgas nas quarta e sexta-feiras, vez de folga esses
    policiais tem que fazer policiamento pra mostrar segurança e os
    oficiais juntos, para fazer jus ao que ganham.
    Que os oficiais passem a usar os seus carros particulares ou
    ônibos para ir ao trabalho como os praças, e coloquem as suas viatura a disposição dos praças no policiamento.
    Escalar também os motoristas dos oficiais para o policiaimento.

  23. Renato
    terça-feira, 24 de agosto de 2010 – 11:14 hs

    Gente, ele criou a secretaria anti-drogas mas seu pessoal nem sabe o número para ligar… Colocar um monte de policiais nas ruas despreparados é a mesma coisa que essa frase que ele mesmo proferiu sobre sua sogra ser funcionária fantasma e ter aliados corruptos do escandalo da AL: “Se aqueles que estão comigo hoje tiveram problemas no passado, eu não tenho compromisso com o erro”. Eu já ouvi isso no Jornal Nacional, na boca do Serra, sobre o mensaleiro Roberto Jeferson estar em sua campanha: “Roberto Jeferson não participou do Mensalão, tanto que nem foi julgado. Eu não tenho compromisso com o erro”. Parece que todo tucano fala a mesma coisa. Pessimo exemplo, Richinha.

  24. terça-feira, 24 de agosto de 2010 – 11:58 hs

    o período de greve dos policiais civis não aumentou a criminalidade. Colocar policiais na rua é ato de quem não conhece a realidade do paraná, de quem sempre viveu encastelaod no poder. precisamos de ação social, mais escolas e menos presidios, mais professores e menos policiais, mais alunos em tempo integral nas escolas e não na peninteciária. Diminuo o tráfico em foz do iguaçu pra menos de 20% com uma única medida, mas os irracionais preferem contratar policiais. Foz do Iguaçu tem todas as policiais constituídas no país (PF, aeroporturário, maritima , fronteiras, aeronautica, marinha e execercito, militar, civil e guarda municipal) e é a cidade mais violentes para jovens do brasil. Quem acha que policiais vão diminuir criminalidade estão enganados, venhas em foz do iguaçu e confiram.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*